08/10/2010

Imigrando: Novas Regras para Estudantes Internacionais

Olá Pessoal!

Dia 22 de Setembro de 2010 foi publicado uma série de medidas em relação aos estudantes internacionais da Irlanda, ou seja, um novo regime que será de muita importância para estudantes de nacionalidades diferentes daquelas da União Européia que entra em vigor dia 1 de Janeiro de 2011.

Tenho recebido muitos e-mails me perguntando sobre estas novas regras e acredito que este post poderá sanar eventuais dúvidas.
Vamos lá:

Considerações:

Estas regras cobrem os seguintes assuntos, muito embora nem todos eles sejam de relevância para a maioria dos estudantes:

1) Limite de tempo de permanência no país
2) Sistema de níveis para estudantes internacionais
3) Nível de Qualidade das insitutições de ensino
4) Sistema de licenciamento, regulamentação e inspeção
(Relevante às instiuições de ensino, por isso não irei discutir este assunto)
5) Sistema de vistos (Incluso nos assuntos 1 e 2 discutidos)
6) Permissão de trabalho para estudantes.

Atenção: Não há nenhuma nova regra em relação à dinheiro a ser trazido para o país, registro na GNIB, abertura de contas no banco ou obtenção do número de PPS.

Quem deseja obter o documento integralmente e em inglês, pode fazer o download dele aqui.

NOVAS MEDIDAS:

1) TEMPO DE PERMANÊNCIA, 2) SISTEMA DE NÍVEIS e 5) SISTEMA DE VISTOS

O sistema de educação para estudantes internacionais foi divido em dois segmentos:

* O Programa de Graduação (para alunos matriculados em cursos universitários que pertencem ao Nível 7 ou superior do National Framework of Qualifications – vejam tabela abaixo ou consultem o site www.nfq.ie).

* O Programa de Não-gradução ou de Línguas (para alunos matriculados em cursos de língua inglesa ou cursos acadêmicos que pertencem ao Nível 6 ou inferior do National Framework of Qualifications – vejam tabela abaixo ou consultem o site www.nfq.ie).

Tempo de permanência para estudantes do Programa de Não-gradução ou de Línguas

O tempo máximo de permanência de um estudante dentro do Programa de Não-gradução ou de Línguas no país é de 3 (três) anos.

Depois disto o estudante poderá renovar seu visto SOMENTE se estiver matriculado em um curso que pertence ao Nível 7 ou superior do National Framework of Qualifications, ou seja, ele terá de mudar para o Programa de Graduação, mostrando progressão nos estudos.

Estudantes do Programa de Graduação

Os estudantes que estão matriculados em cursos do Programa de Graduação deverão mostrar que estão progredindo em seus estudos para poder renovarem seus vistos. O Programa de Graduação deste estudante deve ter duração máxima de 7 anos.

O estudante internacional do Programa de Graduação poderá permanecer no país, como excessão, por no máximo 7 anos caso:
* Esteja matriculado em um curso de Doutorado ou participando de um programa de estudos prolongado (como medicina) e se não for possível completá-lo dentro deste período.

* O Ministro de Justice and Law Reform aprove, mediante a comprovação, que o estudante não pode completar o curso dentro deste período, como por exemplo, doença)

ATENÇÃO – estudantes do Programa de Graduação não podem “voltar” para o Programa de Não-graduação ou de Línguas.


Para os estudantes que já estão na Irlanda, medidas transicionais serão aplicadas.

MEDIDAS TRANSICIONAIS para estudantes que ESTÃO ATUALMENTE na Irlanda:

Para cursos que acabam ANTES de 1 de Janeiro de 2011:

Qualquer estudantes que tem permissão de permanecer no país (de acordo com o visto no passaporte de GNIB) que vence ANTES do dia 1 de Janeiro de 2011 estão sujeitos às antigas regras, ou seja, podem renovar seu curso normalmente, mas quando ele terminar, em 2011, as novas regras entrarão em vigor.

Para cursos que acabam NO DIA 1 de Janeiro de 2011 ou DEPOIS desta data que estão no país há MENOS de 3 anos como estudantes:

Estes estudantes (já estudando em cursos de língua inglesa ou cursos que não são universitários com data de término no dia 1 de janeiro de 2011 ou depois) que desejam renovar o visto de estudante, podem fazê-lo desde que estejam no país como estudantes por MENOS de 3 anos.

Para cursos que acabam NO DIA 1 de Janeiro de 2011 ou DEPOIS desta data que estão há MAIS de 3 anos no país como estudantes:

Estudantes que estão no país há mais de três anos (com visto de estudante) e estudam em cursos de língua inglesa ou cursos que não são universitários com data de término no dia 1 de janeiro de 2011 ou depois poderão renovar seus vistos SOMENTE se estiverem matriculados no segundo ano de um curso de nível 5 ou 6 de acordo como National Framework of Qualifications (vejam tabela acima ou consultem o site www.nfq.ie) e que NÃO seja de línguas. Estes novos cursos tem duração máxima de dois anos e se o estudante pretender extender sua estadia após este período ele deverá se matricular em um curso de graduação.

Para cursos universitários de Nível 7 ou superior de acordo com o National Framework of Qualifications (vejam tabela acima ou consultem o site www.nfq.ie)

Estudantes universitários que estão no país há MENOS de sete anos (com visto de estudante) com data de término no dia 1 de janeiro de 2011 ou depois, poderão renovar seus vistos somente por mais um ano depois do sétimo ano de estudo ou até a data final do curso, de acordo com o progresso e presença nas aulas. Para os universitários que estão no país há MAIS de sete anos, a renovação do visto é permitida, desde que estejam matriculados em um curso de nível superior ao cursado anteriormente, como Mestrado ou Doutorado.

Para estudantes que ultrapassaram o tempo de permanência no país (três anos)

Estudantes que ultrapassaram o tempo de permanência no país em função das novas regras tem direito a permancer no país por mais 6 messes. Esta permissão especial NÃO é renovável e será concedida para os alunos que tem seus cursos terminando entre 1 de Janeiro de 2001 e 31 de Junho de 2011. Durante estes 6 meses o estudante poderá trabalhar do mesmo modo que faria antes das leis entrarem em vigor, pois o visto ainda é de estudante. No final deste período o estudante deverá sair do país, a menos que tenha outra forma de permanecer no mesmo.

Os estudantes que receberem este período de 6 meses podem aplicar para o Work Permit ou Green Card durante este período e podem, como EXCEÇÃO, fazê-lo diretamente da Irlanda, sem ter de retornar ao país de origem. Caso a aplicação seja aceita ao final dos 6 meses o estudante deve ter seu visto mudado para trabalhador com Work Permit, caso a aplicação NÃO seja aceita, o estudante deverá sair do país e não poderá renovar seu visto como estudante.

RESUMINDO…

Segue abaixo uma tabelinha para referência rápida com um resumo em relação aos vistos, tempo de permanência e renovações. Ela também está disponível em pdf para download, aqui.

3) NÍVEL DE QUALIDADE DAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO

Os cursos de Língua Inglesa devem estar alinhados ao the National Framework of Qualifications pertecendo ao nível 5 ou superior OU ser aprovada pelo ACELS (órgão que regulamenta as escolas de ensino de língua inglesa).

Cursos de Further Education, que pertencem aos níveis inferiores ao nível 5 do National Framework of Qualification não serão aprovados como cursos para estudantes internacionais. A partir de 1 de Janeiro de 2012, nenhum estudante internacional poderá se registrar para estudar em tais cursos.

6) PERMISSÃO DE TRABALHO PARA ESTUDANTES

Em 2001, foi criado uma permissão de trabalho para os estudantes, que permite que o estudante trabalhe por meio-período (20 horas semanais) durante o período letivo e período integral (40 horas semanais) durante suas férias; garantindo acesso ao mercado de trabalho. Esta permissão PERMANECE A MESMA para 2011.

Espero que estas informações deixem as coisas mais claras para que saibamos como proceder no ano que vem!

Postado por: | Comments (122)

122 Comments »

  1. Querida…. abusando da tua boa vontade…. pela tua experiencia, tem problema em eu comprar uma passagem que não “tarifa de estudante”? ….eu creio que não, mas a gente houve tanto terrorrismo antes de ir, que o obvio fica parecendo dificil 🙂

    Muito Obrigada mais uma vez pelo seu belissimo trabalho…
    to cada vez mais fã do teu blog… estou lendo todos os post (ja estou pesquisando aptos pra morar pelos links que voce indicou:) )
    Beijinhos

    Comentário by Nadia — 02/05/2012 @ 2:34 pm

  2. Olá Nadia,

    Vamos lá: Não acredito que há problema algum. Comprar uma passagem aérea não é nenhum bicho de sete cabeças, pode ficar tranqüila. 🙂

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 11/07/2012 @ 4:09 pm

  3. Olá Tarsila bom dia!
    Gostaria de tirar uma dúvida contigo. Em relação a comprovação dos 3 mil Euros no aeroporto. Algumas pessoas me falaram que não é exigido o extrato comprovando termos este valor por oficiais do aeroporto, e sim apenas na imigração depois que abrirmos a conta no banco e tudo o mais. Já outras pessoas me falam que é exigido sim antes de pegarmos nossa bagagem a comprovação através do extrato do cartão VTM que cada pessoa possui os 3 mil Euros. Você saberia me informar atualmente como esse procedimento é feito?

    Abraços

    Comentário by Camilla Xavier — 24/05/2012 @ 12:52 pm

  4. Olá Camilla,

    Este dinheiro não precisa ser comprovado de fato no aeroporto (basta tê-lo no seu VTM – Visa Travel Money) que não haverá problemas, caso você se sinta insegura carregue consigo o comprovante de depósito do dinheiro no VTM. O oficial do aeroporto não vai pedir para você mostrar €3 mil, mas se voc6e quiser, tenha o comprovante de que você tem o valor (é muitíssimo improvável, mas pode acontecer).

    Recomendo que você leia este post aqui: http://www.vidanairlanda.com/2010/03/imigrando-como-se-registrar-na-gnib-ou-immigration-office.html

    Lembre-se de que para se regstrar na GNIB você precisará fazer um depósito na sua conta bancária irlandesa depois que entrar no país e nem todo cartão de saque internacional funciona muito bem por aqui ou tem limites baixos (aprox.€180/dia). O VTM cobra €2.50 pelo saque e algumas máquinas permitem o saque de até €1,000 (mil euros/vez).

    Espero ter ajudado,

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 13/07/2012 @ 1:32 pm

  5. Oi Tarsila! MUITO OBRIGADA – vc nao tem ideia da ajuda que é o blog!!!
    Pretendo ficar um ano em Dublin estudando.
    Olhando a questão dos vistos, aparentemente o Brasil está na lista dos que não precisam de visto (site do dfa). Tá certo??? achei estranho. Aliás, mt bom vc falar da Imigração (GNIB), não tinha ideia!
    Outra coisa, aqui no Rio, na “lona cultural” há shows em conta, além de aulas de yoga pra comunidade (entre outras atividades) gratuitas. Tem algo assim por aí?
    Vc tem dicas qt ao seguro saúde?
    Eu te conheci ano passado, vc estava na metade da pintura do vicking no quadro de luz perto da Christ Church Cathedral (certo?), vc terminou, né?! Já tava lindo na época! Espero te ver por aí!!!
    Muito obrigada, bjao

    Comentário by renata — 20/06/2012 @ 11:42 pm

  6. Olá Renata,

    Obrigada pelo comentário e carinho. Fico feliz em poder ajudar.
    1) Sim, o Brasil é um país que tem boas relações com a Irlanda e portanto não é necessário ter um pré-visto antes de sair do Brasil, mas é necessário, contudo, ter um visto para permanecer no país que pode ser emitido no aeroporto ou na GNIB.

    2)Aqui há centros comunitários em diversas partes da cidade que oferecem cursos mais baratos e algumas atividades gratuitas, há também diversos espaços culturais que oferecem coisas interessantes.

    3)O seguro governamental é o seguro-saúde exigido pelo registro no GNIB e é o exigido para a obtenção do visto. Este seguro-saúde normalmente tem cobertura emergencial somente dentro do território irlandês, portanto se você deseja ter uma cobertura mais ampla fale com a sua agência para saber se eles oferecem mais opções além do governamental (mínimo exigido). Lembre-se de que seguros-viagem não são aceitos.

    4) Claro que lembro de você e terminei o viking sim!

    Espero ter ajudado,

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 16/07/2012 @ 4:48 pm

  7. Oi Tarsila!
    Gostaria de te perguntar se você sabe como funciona o curso de Medicina na Irlanda? Se os preços são acessiveis? E se a burocracia é muito complicada para entrar?
    Obrigado.

    Comentário by Luiz — 05/07/2012 @ 1:25 am

  8. Olá Luiz,

    Eu não sei como funciona o processo seletivo da universidade que você deseja cursar, já que isto depende da instituição e normalmente os custos para pessoas que não pertencem à União Européia são bem mais altos. Recomendo que você busque informações sobre a universidade na qual deseja estudar e como é o processo, se ele envolve entrevista, quais documentos são exigidos, etc.

    Espero ter ajudado,

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 16/07/2012 @ 9:46 pm

  9. Olá Tarsila, estou pensndo em ir para Dublin por 8 semans de curso mais acomodação de um mes. Apos esse periodo, procuro lugar para ficar. Minha duvida é, gostaria de trabalhar neste periodo para diminuir os gastos. Quero permanecer pelo menos 6 meses estudando e trabalhando, mas nao terei dinheiro para tudo isso se nao trabalhar, e possivel esse tipo de coisa…

    Comentário by Gustavo — 17/07/2012 @ 8:54 pm

  10. Olá Gustavo,

    Como você ainda está buscando informações recomendo que leia estes posts:
    http://www.vidanairlanda.com/2010/03/imigrando-quero-estudar-ingles-na-irlanda.html
    http://www.vidanairlanda.com/2010/03/imigrando-como-se-registrar-na-gnib-ou-immigration-office.html

    Espero ter ajudado,

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 17/07/2012 @ 10:15 pm

  11. mais uma, é necessario ir com o curso comprado ou só a passagem de ida e volta e ai vc se matricula ai mesmo e se vira sozinho…

    Comentário by Gustavo — 17/07/2012 @ 9:14 pm

  12. Querida, procuro um curso profissionalizante ou técnico como cozinheiro, mas com qualificação, pois meu filho pretende trabalhar enquanto estiver estudando. Onde encontro uma relação de escolas com este curso em Dublin?

    Comentário by Dalva — 25/09/2012 @ 2:16 am

  13. Olá Dalva,

    Tudo bem? Espero que sim.
    Eu não sou especialista em gastronomia, mas uma breve pesquisa na internet me levou aos seguintes resultados:

    DUBLIN COOKERY SCHOOL – http://www.dublincookeryschool.ie/courses.php
    Eles oferecem cursos de 3 meses, 1 mês, 12 semanas, 1 semana, 1 dia e até 1 noite, ou seja, não faltam opções de duração.

    BALLYKNOCKEN COOKERY SCHOOL (Em Wicklow) – http://thecookeryschool.ie/calender.php
    Oferecem aulas variadas incluindo de cozinha itaiana, alimentos da temporada, pratos principais e sobremesas.

    COOKS ACADEMY – http://www.cooksacademy.com/courses-by-date.php
    Oferecem cursos de longa e curta duração, incluindo workshops rápidos.

    DUBLIN INSTITUTE OF TECHNOLOGY (Faculdade de culinária/gastronomia) – http://www.dit.ie/culinaryartsandfoodtechnology/
    Programa de graduação em gastronomia/culinária com cursos que vão desde os técnicos até mestrado (http://www.dit.ie/culinaryartsandfoodtechnology/programmes/)

    NATIONAL LEARNING NETWORK – http://www.nln.ie/Courses/Culinary-Skills-RPC.aspx
    Curso de formação de habilidades básicas em culinária (Fetac 4), duração de até 18 meses.

    Espero ter ajudado!

    Comentário by Tarsila — 04/01/2013 @ 12:30 pm

  14. Te agradeço muitíssimo Tarsila. Seu trabalho é fantástico e importante para todos nós. Estes cursos dão permissão de visto, assim como os de Ingl;ês?

    Comentário by Dalva Ramaldes — 04/01/2013 @ 12:52 pm

  15. Olá Dalva!

    Disponha, é um prazer poder ajudar.
    Vamos lá: Todos os cursos podem te dar um visto a diferença fica por conta do tempo de permanência e do tipo do visto. Um visto que vale por 1 ano com direito ao acesso ao trabalho é somente dado para cursos que tenham duração mínima de 25 semanas (6 meses) e com carga horária mínima de 15h/semana.

    Espero ter ajudado!

    Comentário by Tarsila — 04/03/2013 @ 12:49 pm

  16. Olá Tarsila,
    PARABÉNS pelo blog, realmente ótimo e de grandissima ajuda!

    Estou na Itália com visto de turismo, ficarei aqui 3 meses!

    Minha pergunta é: Quando voltar para o Brasil quero ir para Irlanda pedir visto para estudo. Tenho que esperar um tempo no Brasil para poder voltar para a Europa??? Ou terei problemas se esperar máximo 1 mês no Brasil e logo voltar para Irlanda??

    Se puder responder no meu e-mail agradeço pois entro direto lá! E estou muito ansiosa por essa resposta!

    Obrigada desde já!

    Beijos e tudo de bom a você :*

    Comentário by Victória — 21/01/2013 @ 2:38 pm

  17. Olá Victória!

    Vamos lá: O tempo de espera é o tempo da sua documentação junto a escola (e matrícula) serem feitas. Há processos que correm rápido, como em 1 mês, mas depende da escola e da agência. Não acho que será um problema, mas você deve agilizar a sua documentação para entrar na Irlanda como estudante o quanto antes. 🙂

    Espero ter ajudado!

    PS. Não respondo nada para os emails, respondo via comentários pela grande quantidade que recebo. Espero que compreenda!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 11/04/2013 @ 11:18 pm

  18. Parabéns, Tarsila pela paciência e carinho em responder a todas as perguntas a quem está ávido por respostas concretas, esclarecedoras e com pitadas de otimismo. Muitas das minhas perguntas foram respondidas só de ler o que os outros lhe perguntaram, as outras com certeza terei só de ler os links indicados por você.

    Muito sucesso, um abração!

    Comentário by Maria Lopes. — 24/03/2013 @ 3:05 am

  19. Olá Maria,

    Obrigada pelo carinho e fico feliz que você esteja encontrando o que está procurando por aqui. Espero que continue acompanhado o Vida Na Irlanda e que tenha muito sucesso!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 17/06/2013 @ 4:03 pm

  20. Ola Tarsila
    Gostaria de saber se tem informações sobre meu caso… comprei um curso de seis meses, estudei a metade do curso e desisti pois achei muito ruim. Voltei para o Brasil, não cumpri 80% de presença nas aulas, mas ainda tenho o visto de estudante, que não uso.
    Posso ter problemas por ter desistido do curso e voltado ao Brasil? Se sim, como posso resolver essa situação. Desde já obrigada!

    Comentário by Vanessa — 03/04/2013 @ 7:25 pm

  21. Olá Vanessa,

    Eu não sei como você terá problemas. Se você deseja voltar para estudar em outro curso você precisa ter no mínimo 80% de presença no curso, portanto acho difícil que você consiga renovar o seu visto. Você pretende voltar para a Irlanda? Se não, não há problema você apenas desistiu do curso e foi embora.

    Espero ter ajudado!

    Comentário by Tarsila — 17/06/2013 @ 9:54 pm

  22. Oi Tarsila,
    Primeiramente, gostaria de parabenizá-la pelo excelente site oferecido, possui informações valiosas e me ajudou muito a conhecer melhor a Irlanda.

    Estou indo morar na Irlanda com o meu marido, ele recebeu uma proposta de trabalho em Athlone, porém eu não possuo o Inglês adequado para iniciar os estudos na minha área. Gostaria de saber se em Dublin, ou até mesmo em Athlone, possui escolas comunitárias, destinadas aos imigrantes, ou, se as escolas que existem para ensinarem a língua, são somente as de intercâmbio?
    Desde já agradeço a atenção.

    Att.

    Comentário by Fabiana Magalhaes — 09/04/2013 @ 9:21 pm

  23. Olá Fabiana!

    Muito obrigada pelo carinho e comentário! Fico muito feliz em poder ajudar.
    Há diversas escolas de inglês em Dublin e apesar de receberem intercambistas também tem cursos para estrangeiros que moram aqui.
    Uma breve pesquisa na Internet me mostrou a seguinte escola em Athlone: http://www.shannonacademy.com

    Talvez seja interessante entrar em contato com eles.

    Espero ter ajudado!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 24/06/2013 @ 3:06 pm

  24. Oi Tarsila,

    Pretendo ir para a Irlanda este ano realizar doutorado sanduíche. Estou com dúvidas na obtenção do visto. A Capes exige apenas uma carta de aceitação do orientador estrangeiro. Essa carta é suficiente para obter o visto ou necessário algum documento da universidade? Sei que outras pessoas conseguiram esse visto em outros países (USA e inglaterra) apenas com a carta de aceitação do orientador. Mas não sei como obter informações mais precisas no caso do doutorado sanduíche.

    Agradeço caso você tenha tempo para responder.

    Comentário by Valter — 29/04/2013 @ 2:28 am

  25. Olá Valter!

    Infelizmente não sei quais são os requisitos exigidos pelo programa da Capes com a Universidade irlandesa. Imagino que as regras devem ser as mesmas pois é um curso que se encaixa nos padrões determinados pelas novas regras, portanto recomendo que converse com a universidade irlandesa do seu programa para conhecer mais a fundo o que precisa ser feito.

    Espero ter ajudado!

    Comentário by Tarsila — 26/06/2013 @ 3:38 pm

  26. Olá.

    Primeiramente, gostaria de parabenizá-la pelo blog. É o meu favorito para assuntos irlandeses! =)

    Agora, tenho uma dúvida. Tenho tido muita dificuldade em entender o que é necessário em termos de seguro-saúde para entrar na Irlanda. Ainda não consegui me decidir quanto a isso. Gostaria de fazer o mais simples possível, porque o dinheiro está curto. É possível obter o seguro governamental aqui do Brasil? Eu consigo entrar no país sem seguro nenhum se eu optar por fazer aí?

    Obrigada desde já.

    Comentário by Thaís M. — 14/08/2013 @ 6:04 pm

  27. Olá Thaís!

    Muito obrigada pelo carinho e comentário!
    A resposta para a sua dúvida está aqui: http://www.vidanairlanda.com/duvidas
    Só para complementar é possível sim você comprar este seguro junto à sua escola ou agência e ele é o mais barato. Comprar aqui depois que você chegar é inviável pois é necessário que você tenha o seguro para se registrar junto à imigração.

    Espero ter ajudado

    Comentário by Tarsila — 10/05/2014 @ 10:24 am

  28. Olá, Tarsila!

    Estou indo para Dublin em março de 2014 para estudar na Emerald Cultural por 6 meses…e agora quase todos os dias eu entro aqui para me diminui a minha ansiedade e tirar minhas dúvidas.

    A agencia por onde estou indo disse que eu vou com visto de turista e tiro o visto de estudante já ai em Dublin…e pelo que li aqui não é assim o procedimento. Você me explicar melhor.

    Desde já te agradeço .

    Cris.

    Comentário by cristiane araujo — 29/11/2013 @ 12:41 am

  29. Olá Cristiane!

    Fico feliz em poder ajudar.
    Vamos lá: Isto não está certo, você não vai entrar como turista no país se a sua intenção é estudar. Veja mais aqui: http://www.vidanairlanda.com/2010/03/imigrando-quero-estudar-ingles-na-irlanda.html

    Espero ter ajudado!

    Comentário by Tarsila — 15/05/2014 @ 4:54 pm

Leave a comment

Comentários que não contribuem para o tópico acima serão deletados.