10/11/2010

Estudar na Irlanda: EF – Education First

Esta semana entrevistei um rapaz mutíssimo bacana que estuda na EF – Education First em Dublin.

Por favor saibam que meus posts não servem para divulgar ou promover nenhum lugar, mas somente para informar as pessoas. Os entrevistados não são meus amigos para que não haja nenhum tipo de influência e as opiniões contidas aqui são exclusivamente do entrevistado.

Sem delongas lhes apresento o…ÍTALO!

O Ítalo é de Macaé – RJ e veio para a Irlanda para desenvolver a língua inglesa em função de futuras oportunidades de trabalho. Sabia que era a hora de sair debaixo das asas dos pais, trancou a faculdade de Engenharia de Petróleo, fez as malas e veio. Além do desenvolvimento profissional e pessoal, ele acredita que o turismo também faz parte de um intercâmbio. O que ele está achando de tudo isso? Confira abaixo…

Qual é o seu nome e idade?

Ítalo Max Nunes, 26 anos.

Qual o seu curso e escola?

Ítalo – Comprei um ano acadêmico de Intensive English com a EF.

Há quanto tempo você está aqui na Irlanda e há quanto tempo estuda na EF – Education First?

Ítalo – Estou an Irlanda há 1 mês e meio, aliás, dia 23 faço dois meses aqui. Começei a estudar logo que cheguei.

Por que você escolheu a Irlanda?

Ítalo – Tenho o sonho de fazer um intercâmbio desde pequeno e comecei a planejar esta viagem desde 2008. Para falar a verdade minha primeira opção era ir para Londres, mas como a crise de 2008 foi muito forte, o valor do intercâmbio seria muito alto. Depois tive problemas pessoais e a viagem foi adiada, logo minhas irmãs casaram e o intercâmbio foi ficando para depois.

No início de 2010 entrei em contato com a EF e descobri um pouco mais sobre a Irlanda. Assisti um vídeo que eles tem no site e vi que o povo era mais caloroso, muito bacana, a paisagem era muito linda; e aqui é a terra da Enya e eu adoro a Enya.

Você escolheu qual agência de intercâmbio? Como foi sua experiência?

Ítalo – Escolhi a EF – Education First, que é agência e escola. Na verdade eu conhecia a EF há muito tempo, desde que minha irmã planejava o intercâmbio dela. Pesquisei cursos com a EF e com a CI, mas eu escolhi a EF porque era mais conveniente.

Por que você escolheu EF – Education First como sua escola?

Ítalo – Eles oferecem o curso e acomodação durante todo o tempo, facilitam na hora do pagamento e ainda oferecem uma diversidade de escolas. Por exemplo, existem escolas da EF na Inglaterra, e se eu, no meio do curso, quiser transferência para lá, isto é possível.

Qual o seu objetivo em estudar na Irlanda e na EF – Education First?

Ítalo – Vim para desenvolver o inglês e quando voltar, encontrar uma vaga na minha área, onde o inglês é essencial e abre portas para outras oportunidades no exterior, como trabalhar nos EUA. Eu também queria sair da barra da saia da minha mãe e do meu pai, enfim, ter uma experiência mais independente no exterior. Então surgiu esta possibilidade do intercâmbio e também de trabalhar no exterior. Eu sei que não é para se ter um emprego dos sonhos, mas para aprimorar o inglês.

Que tipo de acomodação você escolheu? Como foi a experiência?

Ítalo – Escolhi casa de família. Dizem que a questão da casa de família é sorte, se for assim, posso dizer que tive muita sorte. Moro com um casal de idade, que já tem filhos grandes. Eles são atenciosos, me ajudam no que eu preciso, me explicam coisas, posso perguntar o que não sei para eles. Estou adorando. Eles moram há 45 minutos no centro, em Howth e é muito bacana. Eles não cobram o uso da internet, mas cobram para lavar e passar minhas roupas (€5.00), mas quando chego em casa está tudo limpinho e passadinho, vale a pena.

Qual sua opinião sobre seu curso?

Ítalo – Gosto daqui, os professores são ótimos! Eu acho a metodologia um pouco esquisita porque falamos e conversamos o tempo todo. Eu entrei aqui no nível intermediário-avançado e depois de duas semanas fiz um teste e mudei para o nível avançado, mas conheço alunos que não falam tão bem e mudam de nível (através de teste), enquanto outros não; acho que cada um sabe da sua necessidade. Aqui ou você fala, ou você fala, porque é inglês o tempo todo. Além disso eles promovem eventos, então você sabe que seu dinheiro é bem empregado. A escola é cara, mas vale a pena, porque você coversa e pratica o inglês na sala de aula e no dia-a-dia.

Existem muitos brasileiros na escola?

Ítalo – Não, somos em 5 na escola e apesar nos darmos muito bem temos horários diferentes e acabamos não ficando juntos. Eu quase não os vejo. Eu conheço muita gente na escola e falo inglês o tempo todo. Tenho dois grandes amigos, um da França e um da Venezuela, que tenho mais afinidades, temos a mesma cabeça, o mesmo objetivo de desenvolver nossas carreiras, isto é muito bacana.

O que você acha que a EF – Education First oferece de diferencial?

Ítalo – Não sei bem como responder porque é a primeira vez que saio do Brasil para aprender algo. Eu acho que porque a EF é uma escola pequena ela é meio família e eu gosto disto. O cordenador de atividades é bem festeiro e divertido, então sempre tem algo para fazer. Vamos em pubs, jogos de futebol…A escola também tem uma mesa de ping-pong, sinuca, TV e sofá. Eu prefiro passar o dia inteiro na escola com meus colegas, batendo papo, interagindo com os outros alunos porque estou sempre aprendendo.

Você acha que existe diferença entre estudar aqui e no Brasil?

Ítalo – Tem. Por exemplo no Brasil nos ensinam o inglês formal e aqui aprendemos o inglês do dia-a-dia e as gírias, além do inglês formal. É mais fácil absorver e aprender a falar como um cidadão. Não digo fluente porque fluente é aquela pessoa que veio para cá quando era pequeno, mas temos a oportunidade de falar inglês o tempo todo, temos que forçar e isto não existe no Brasil.

O que você mais gosta e menos gosta na EF – Education First?

Ítalo –  O que eu mais gosto são meus amigos e o que eu menos gosto é de uma aula chamada iLab, que é obrigatória. Fazemos exercícios no computador e eles são chatos.

Você tem alguma sugestão para a melhoria da escola?

ÍtaloEu cortaria do iLab. Eu não me sinto estimulado, porque são exercícios no computador. Acho que quando você escreve, você aprende, grava as coisas melhor. Eu acho desgastante fazer 1 hora e meia de exercícios. Eles são exercícios bons mas eu prefiro as aulas na sala mesmo, onde posso fazer perguntas e tirar dúvidas. Talvez a escola pudesse substituir o iLab por uma aula ou tornar essa parte mais estimulante.

Quais são as nacionalidades dos professores da EF?

Ítalo – A maioria é irlandês, mas tem várias nacionalidades. Sei que há um francês, a professora principal é da Eslováquia e a diretora é da Noruega. É uma escola multicultural.

Você gosta de estudar aqui?

ÍtaloGosto! Gosto muito daqui e o que me mantém é o pessoal.

Quantos alunos tem na sua sala/curso?

Ítalo – Hoje somos em 8 – da França, Arábia Saudita, Espanha e Venezuela – mas como o pessoal muda, vai embora, já chegamos a ter 13 ou 14 alunos, com pessoas da Itália e da Suíça.

Qual sua opinião sobre o horário e duração das aulas?

Ítalo – Acho muito bom porque passamos bastante tempo na escola. Cada aluno tem uma grade de horários, de acordo com o curso e nível que está fazendo.

Como eu estou fazendo um ano acadêmico de inglês intensivo, tenho horários diferentes todos os dias. Na segunda estudo das 8:45 às 13:20 com dois intervalos de 15 minutos. Na terça-feira estudo a tarde, das 12:00 às 17:15. Quarta-feira das 10:20 às 15:40; quinta das 10:20 às 15:15 e nas sextas das 8:45 às 11:40.

Cada um tem uma grade que atende às suas necessidades.

O que você gostaria que tivessem lhe dito antes de você chegar na Irlanda?

Ítalo – Acho que gostaria de saber mais sobre as operadoras de celular. Minha operadora é a 3, que é a mais barata mas o serviço é muito ruim. Aqui todo mundo usa Vodafone e coversa de graça. Além disso eu não trouxe meu celular do Brasil e todos os celulares da 3 são bloqueados, então não posso mudar de operadora sem ter de desbloquear o celular.

Quando o curso acabar, o que você pretende fazer?

Ítalo – Minha cabeça agora me diz que quero continuar aqui e extender o curso. Eu sinto falta do Brasil, claro, amo meus pais, mas gosto muito do estilo de vida daqui e depois de um tempo acabamos nos acostumando com o que antes achavamos que era diferente.

Muitíssimo obrigada Ítalo, você é uma simpatia! Espero que seu ano acadêmico lhe renda ótimos frutos e que você alcance todos seus objetivos!

EF – Education First (Dublin)
29/30 Fitzwilliam Square
Dublin 2
www.ef.com.br

Postado por: | Comments (22)

22 Comments »

  1. Ai ai ficar sem pc aqui eh foda viu!!!
    Tempinho que nao passo por aqui por isso!!!

    Adorei o Sin Tarsila! Mas, sabe se eh so 21 tbm?
    Estou sofrendo, sendo barrada em varios lugares aqui porque ainda nao tenho 21, e sim 20… e uma carinha de 17…18 =/ hahaha

    Estou amando a cidade! Procurando emprego como Aupair mesmo que o resto nao to achando…
    Me perdi duas vezes por Dublin 8 haha
    Mas, estou apaixonada por essa cidade!

    So preciso de um pc logo pra me atualizar todo dia aqui de novo *-*
    Adoro esse site seu, o melhoooor!!!

    Take care, have a nice day!
    xxxxxxxx

    Comentário by Lauren — 10/11/2010 @ 12:41 pm

  2. Oi Lauren!

    Que bom te ver de novo por aqui! 🙂
    Mais uma vez, obrigada pelos elogios.
    Perguntei para a Danubia e ela disse que todas as baladas deve-se ter no mínimo 21 anos para entrar, exceto em Pubs tradicionais.
    Espero que você consiga um trabalho logo e quando conseguir, não deixe de passar aqui para deixar sua experiência, viu?
    Fico muito feliz em saber que apesar de você se perder você está amando a cidade, porque eu também amo Dublin!

    E se precisar é só escrever!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 10/11/2010 @ 8:46 pm

  3. Eu também quero ser entrevistado pela vida na irlanda quando chegar aí! hehehehe 😉

    Muito bom o post porque a gente faz uma comparção com o nosso esquema de ida, agencia, escola, etc. E nada melhor que saber de quem está aí que o tratamento dos Irlandeses são bons. Ouço bastante isso e estou curioso pra ver. 🙂

    Comentário by Rodolfo Collin — 10/11/2010 @ 1:44 pm

  4. Olá Rodolfo!

    Claro que entrevisto, é só entrar em contato comigo! Será um prazer!
    É muito bom saber que as entrevistas servem como base para análise, pois é para isto mesmo que as faço. 🙂
    Você vai curtir a hospitalidade irlandesa, tenho certeza!

    E se precisar é só escrever!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 10/11/2010 @ 8:48 pm

  5. Oi Tarsilaaaa

    Mto legal ler as experiencias das pessoas, mas ainda n vi ngm que estuda na escola que fechei, a NCBA.
    Assim que vc conhecer essa pessoas, por favor, faça a entrevista tb!!!

    Obrigadaaaa

    Comentário by Aline — 10/11/2010 @ 4:30 pm

  6. Olá Aline!

    Fico feliz que você tenha gostado de ler sobre as experiências dos outros alunos. Eu ainda não consegui um contato da NCBA, mas ouvi falar que o dono desta escola é o mesmo da MEC. Quando eu puder, farei uma entrevista com alguém de lá! 🙂

    Espero ter ajudado e se precisar é só escrever!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 10/11/2010 @ 8:55 pm

  7. Ola Tarsila
    Estou acompanhando sempre seu blog adoro as informações e bom para tomar minhas decisões.
    Estou me preparando para ir em 2011.
    Fiz contato com a escola http://www.bct.ie você conhece?
    Entrevista alguem dela pra mim?

    obrigada

    Comentário by Patricia Lopes — 10/11/2010 @ 7:05 pm

  8. Olá Patricia,

    Tenho um contato da BCT que deu uma sumida, mas espero poder fazer a entrevista em breve. Fique antenada no Vida Na Irlanda!
    Assim que puder, coloco no ar.

    Espero ter ajudado e se precisar é só escrever!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 10/11/2010 @ 8:56 pm

  9. oi, também estou indo pra Irlanda em Fevereiro de 2011 e fiquei preocupada quanto a uma questão, desculpe se você já falou sobre ela, msa é que tem poucos dias que estou conhecendo seu blog e ainda não li todos os posts. Queria saber sobre planos de saúde, será que você poderia me ajudar a saber um pouco mais sobre os planos ofertados aí na Irlanda que atenda a Europa, pois o que a agência de intercâmbio oferece é somente em casos de emergência e não de consultas médicas e como faço um tratamento médico aqui no Brasil de tireóide, provavelmente terei que dar continuidade aí na Irlanda. Obrigada!

    Comentário by Cristiane Viriato — 10/11/2010 @ 8:10 pm

  10. Olá Cristiane!

    Vamos à sua dúvida:
    As agências de intercâmbio normalmente oferecem um seguro-saúde que tem a cobertura mínima para se entrar na Irlanda, ou seja, este tipo de seguro cobre somente emergências no território irlandês; contudo você pode comprar qualquer seguro de qualquer seguradora com a cobertura que você deseja, desde que ele cubra, com certeza, a Irlanda durante o período dos seus estudos.

    Já que seu caso é mais específico, eu aconselho que você procure uma seguradora no Brasil que cubra o tratamento de tireóide no exterior.

    Espero ter ajudado e se precisar é só escrever!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 11/11/2010 @ 10:51 am

  11. Italo….
    Adorei a entrevista…realmente Dublin e um lugar extraordinario…as pessoas, a cidade e principalmente os pubs (claro).

    Comentário by Sheila — 11/11/2010 @ 5:34 pm

  12. Olá Sheila!

    O Ítalo mandou bem mesmo, agora fica o convite para você, também, conhecer Dublin!
    E se precisar é só escrever!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 12/11/2010 @ 6:25 pm

  13. Primoooooooooooooo parabéns..sua entrveista foi muito bacana e falou mto bem..serviu pra eu saber tb como funciona essa coisa da escola. bem legal! parabéns e continue arrasando ai. beijoooo

    Comentário by Eliano Lettieri — 11/11/2010 @ 6:14 pm

  14. Olá Eliano!

    Seja bem-vindo ao Vida Na Irlanda! A entrevista com o Ítalo foi muito legal mesmo e pode ficar tranqüilo que ele parece que está realmente adorando a Irlanda! 🙂

    E se precisar é só escrever!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 12/11/2010 @ 6:30 pm

  15. Sabado dia 13 estou partindo pra Dublin!!!
    Ja li praticamente todo seu blog, e é muito bom ler as entrevistas! Fiz um bloco de notas com todos lugares para visitar!
    E como sou um fã de cerveja acho que não vai ser um problema pra mim por aí, hein?
    ps: vou estudar na Atlas, tem uma entrevista que vc fez com alunos de lá, mas não diziam se havia muitos brasileiros, e não consegui me comunicar ainda pra saber sobre isso!!
    bom, quando eu chegar vou descobrir!!! hahaha.
    Se quiser entrevistar estamos aí, abraços e obrigado por fazer esse blog! hahaha

    Comentário by Celso — 11/11/2010 @ 9:04 pm

  16. Olá Celso!

    Amanhã você embarca! U-HU!
    Fico feliz em saber qye você já leu praticamente todo o Vida Na Irlanda e que já tem em mãos os lugares para conhecer! 🙂
    E se você é fã de cerveja não vai ter problema em encontrá-la, mas o preço não é o mais convidativo (aprox. €5.00 por uma pint, copo de aprox 500 ml).
    Infelizmente eu não sei dizer se há muitos brasileiros na Atlas, mas sua dedicação e empenho para aprender e aplicar seus conhecimentos é que realmente vão fazer a diferença. 🙂
    E claro, se surgir a oportunidade, claro que rola a entrevista!
    E se precisar é só escrever!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 12/11/2010 @ 7:38 pm

  17. Adoro seu blogggg!!!!
    Muito massa!!!
    Bjussss
    júh

    Comentário by juliana — 12/11/2010 @ 7:32 pm

  18. Olá Juliana!

    Muuuuito obrigadaaa!!!
    Fique à vontade para explorar as categorias, outros tópicos, deixar comentários…enfim, sinta-se em casa!

    E se precisar é só escrever!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 12/11/2010 @ 7:48 pm

  19. oi Tarsila!
    me tira uma duvidazinha?
    eu sou fumante e ouví dizer q cigarro é caro na irlanda certo? qual o preço em média de um maço de mallboro? eu posso levar pra irlanda? até quanto a alfandega me deixa levar na mala vc sabe?
    bjos =)

    Comentário by Nairon Emanuel — 14/11/2010 @ 7:54 pm

  20. Oi Nairon!

    Fumantes aqui pagam caro sim, o maço do Marlboro é vendido por €8,45, mas alguns brasileiros vendem por um preço mais amigável.
    Você poderá trazer até 3 boxes de cigarro desde que estejam na mala que será despachada e isto é permitido pela alfandêga.

    Espero ter ajudado e se precisar é só escrever!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 17/11/2010 @ 11:33 am

  21. Que legal o blog. Estou gostando muito da leitura. Parabéns!
    Devo ir para Dublin em julho do próximo ano.
    E mal posso esperar para chegar aí.
    Ansioso demais. Quando eu chegar quero ser entrevistado tb..hahaha

    Comentário by Luiz Flávio Magalhães — 16/11/2010 @ 9:44 pm

  22. Olá Luiz!

    Muito obrigada pelos elogios, fico feliz em poder ajudar!
    E é claro que podemos marcar a entrevista, é só manter contato.

    E se precisar é só escrever!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 17/11/2010 @ 10:27 am

Leave a comment

Comentários que não contribuem para o tópico acima serão deletados.