30/09/2011

Estudar na Irlanda: Kaplan International

Esta semana tive a oportunidade de entrevistar 4 garotas muito bacanas que apesar de estudarem na mesma escola, na Kaplan International, têm histórias e experiências diferentes aqui na Ilha Esmeralda.

Apresentando… TAYANE, ANA PAULA, MARIA e KARINA.

A Tayane é de São Paulo – SP e sempre sonhou em fazer um intercâmbio. Ao desenrolar da vida a oportunidade em estudar no exterior foi ficando para depois mas este ano ela decidiu pedir as contas na agência de eventos corporativos onde trabalhava e pegou o dinheiro que tinha juntado para comprar um apartamento para investir na viagem. Em 1 mês ela já tinha tudo organizado para vir para a Terra dos Leprechauns.

A Ana Paula e a Karina são irmãs e vieram de Uberlândia – MG para explorar novas oportunidades. Com a dinâmica familiar mudando no Brasil, a recém-formada Karina e a estudante universitária Ana Paula estavam em um mesmo momento de vida em que estudar no exterior poderia abrir novas portas e permitir um maior desenvolvimento.

E por último mas não menos importante, temos a Maria, uma mocinha agitada de Recife – PE que não imaginava vir para a Irlanda. Ela tinha tudo pronto para ir para o Canadá quando soube (com apenas duas semanas de antecedência do embarque) que seu visto tinha sido negado. Com o pacote pago e novas opções em vista ela escolheu a Irlanda, até mesmo porque uma prima já tinha estudado na Ilha Esmeralda e estudar no exterior era uma experiência que ela não queria perder.

Para conferir o que cada uma delas está achando da experiência por aqui, é só continuar lendo….

Qual é o seu nome e idade?

Tayane Lima, 29 anos
Karina Bittar, 24 anos
Ana Paula Bittar, 21 anos
Maria Soares Escorel, 28 anos

Qual o seu curso e escola?

Tayane – Estou no curso “Vacation English” na Kaplan International.

Karina e Ana Paula – Estávamos cursando o “General English”, mas agora estamos fazendo o curso preparatório para o FCE na Kaplan International.

Maria – Quando cheguei estava no “Vacation English” mas agora também estou no curso preparatório para o FCE. No pacote original para o Canadá eu me matriculei em curso intensivo e aqui senti falta de ter um acompanhamento extra. Queria poder participar dos clubes de conversa, que são disponíveis para os alunos do “General English” ou ter aulas a tarde, disponíveis para o curso de “Intensive English”. Não sabia que eu tinha diferentes opções.

Há quanto tempo você está aqui na Irlanda e há quanto tempo estuda na Kaplan?

Tayane – Estou na Irlanda desde o dia 23 de maio.
Cheguei em um domingo e minhas aulas começaram na segunda-feira.

Karina e Ana Paula – Estamos aqui há 1 mês e duas semanas, também chegamos em um domingo e as aulas começaram na segunda-feira.

Maria – Cheguei aqui no final de abril e comecei a estudar também no dia seguinte.

Por que você escolheu a Irlanda?

Tayane – Eu queria estudar inglês e poder trabalhar e nem todas as opções permitem isto. A Austrália estava fora da minha verba, o Canadá exigia vínculos com o Brasil que eu não tinha. A Irlanda oferece maior facilidade e ainda combina a possibilidade do estudo com o trabalho.

Karina e Ana Paula – Nós sabíamos que queríamos a Europa e entre a Inglaterra, a Escócia e a Irlanda escolhemos aqui porque o visto era mais fácil e porque podemos estudar e trabalhar.

Maria – Eu escolhi a Irlanda porque me parecia a melhor opção depois do meu plano original, que era o Canadá. Até pensei na Austrália, mas como eles também tem bastante restrições com o visto me senti insegura. Como também tenho uma prima que já estudou aqui na Irlanda achei que era uma boa escolha.

Você escolheu qual agência de intercâmbio? Por que?

Tayane – Escolhi a agência Experimento porque ela já estava na minha vida. Quando estava na faculdade pensei em fazer um programa de Au Pair com eles mas acabei desistindo e também tive um amigo que foi para a Austrália com eles, então já tinha referências. Eu fui bem atendida, mas não recebi todas as informações que precisava. Me disseram que eu não precisava ter os €3.000 para o registro na imigração, que somente €1.000 seria o suficiente, mas sabemos que não é assim. Também me disseram que eu teria de mostrar o extrato do Visa Travel Money e isto não é verdade, gostaria que tivessem me explicado que eu teria de abrir uma conta no banco daqui, mas só descobri isto depois que cheguei e com a ajuda de uma amiga brasileira que conheci aqui. Como tudo foi resolvido em apenas 1 mês eu não fiz muita pesquisa sobre meu destino e acabei tendo alguns contratempos.

Karina e Ana Paula – Também viemos pela Experimento porque nossa família tem um bom relacionamento com os donos da empresa. O atendimento que tivemos foi ótimo, mas também pesquisamos bastante sobre a Irlanda e percebemos mesmo que quem não busca informações por conta própria acaba tenho mais dificuldade aqui.

Maria – Eu vim pela CI – Central do Intercâmbio, porque ela foi bem recomendada por um amigo meu da universidade e minha prima também tinha utilizado o serviço deles sem problemas, mas na minha experiência a agência não esclareceu tudo o que eu esperava. Eles não me ofereceram opções de escolas ou de cursos depois que o plano para o Canadá não deu certo. Eu só escolhi a Irlanda e a agência me matriculou no curso de “Vacation English” na Kaplan pelo período de 6 meses, enquanto eu busquei e acreditava estar matriculada em um curso de 1 ano. Isto também mudou todos os meus planos.

Por que você escolheu a Kaplan como sua escola?

Tayane – Escolhi a Kaplan por ser uma instituição internacional.

Karina e Ana Paula – Nós também. Tínhamos a opção para escolher entre a Emerald Cultural Institute e a Kaplan, mas a Kaplan tem escolas em outros países e caso desistíssemos do curso poderíamos mudar de destino.

Maria – Eu não escolhi a escola e nem tive outras opções, pois meu programa foi mudado.

Qual o seu objetivo em estudar na Irlanda e na Kaplan?

Tayane – Meu objetivo sempre foi aprender o inglês. Vim com o conhecimento básico e com a expectativa de viajar e conhecer outras culturas. Acho estas experiências muito válidas.

Karina – Vim para aperfeiçoar meu inglês e voltar com um alto nível de proficiência. Quero prestar o FCE ou CAE e também vejo esta oportunidade como um desafio pois nunca saí de casa e quero aprender a lidar com as situações sem ter o backup dos meus pais.

Ana Paula – Eu vim para melhorar meu inglês porque mesmo já sendo formada pela escola onde eu estudava no Brasil eu me sentia enferrujada. Além disto o curso de Engenharia que faço no Brasil exige o domínio da língua. A experiência de morar sozinha e trabalhar também é um dos meus objetivos.

Maria – Vim inicialmente para aprender o inglês e saber lidar com as dificuldades que se tem em morar em outro país. Por exemplo, sou diabética e tenho de lidar com isto em um país diferente, com clima diferente, tudo diferente. Para mim é ultrapassar minhas limitações é uma experiência de vida.

Que tipo de acomodação você escolheu? Como foi a experiência?

Tayane – Escolhi ficar em host family e a experiência foi muito boa. É uma ótima opção para se saber mais sobre os costumes locais e desenvolver o idioma porque apesar de ter pouco inglês a família conversava comigo. Nós jantávamos juntos e era uma forma de me forçar a falar inglês. A única desvantagem era a distância da escola.

Karina e Ana Paula – Escolhemos ficar em casa de família por 1 mês mas acabamos extendendo por mais uma semana porque tivemos alguns problemas para encontrar um lugar legal para morar, felizmente encontramos um quarto para nós duas em um apartamento muito legal próximo à nossa escola. A experiência com a família foi extremamente positiva pois nos trataram como filhas, interagiam e conversavam conosco. O lado ruim foi a distância porque gastamos bastante com transporte, mas pudemos ter um ótimo contato com a cultura.

Maria – Escolhi ficar em host family (casa de família) por duas semanas, mas meus planos mudaram e estou lá até hoje. Gosto muito da experiência, mas como disseram a distância é o único ponto negativo. A família é bem legal e temos um relacionamento tranqüilo. Com a comida, que muita gente tem problema, eu me adaptei rapidamente pois vim com a cabeça aberta e determinada a experimentar tudo que não conhecia. Sinto como se fosse minha casa.

Qual sua opinião sobre seu curso e escola?

Tayane – Eu gosto, acho alguns professores bons, mas não acho a infra-estrutura tão boa, porque durante verão tanto a sala de biblioteca como a de refeição viram salas de aula para comportar o grande número de alunos. Na minha opinião o curso de “Vacation English” tem muitas brincadeiras e jogos e eu gosto muito da gramática e neste aspecto me decepcionei um pouco, mas me esforço fora da sala de aula, estudando por conta própria.

Karina – Acho a estrutura da escola boa, mas inicialmente achei as aulas do General English pouco focadas e com muita ênfase em conversação. Eu prefiro aulas mais estruturadas e no curso de FCE isto está acontecendo e para mim está excelente.

Ana Paula – Comparando com a experiência que tive ao estudar inglês no Brasil acho que o ensino tem um estilo diferente, mas concordo que o curso para o FCE é mais focado na gramática.

Maria – Eu acho a infra-estrutura da escola legal e os professores muito bons. O que eu não gostava é que eles não tinham um material que era do aluno, o livro era somente disponível durante a aula, mas isto mudou. Eu fiquei mais satisfeita com meu curso depois que mudei do “Vacation English” para o curso preparatório do FCE.

O que você acha que a Kaplan International oferece de diferencial?

Tayane – Todos os dias há atividades extra-curriculares na escola e tem até jogos de futebol organizados entre os alunos.

Karina – A localização da escola é excelente, no Temple Bar.

Ana Paula e Maria – Concordamos!

Você acha que existe diferença entre estudar aqui e no Brasil?

Tayane – Acho que aqui é totalmente diferente das escolas no Brasil e acredito que estudar fora é uma experiência que todo mundo deveria ter, é uma forma de ter contato com a língua no dia-a-dia e adquirir fluência.

Karina – Sou suspeita para falar porque tive uma experiência excelente no Brasil e quando cheguei eu não gostei muito daqui, mas agora que mudei de curso estou bem satisfeita.

Ana Paula – Tive aulas no Brasil nas escolas Number One e na Cultura Inglesa e percebi que as escolas no Brasil eram mais focadas na estrutura e aqui o foco é no dia-a-dia, na conversação.

Maria – Aqui convivo com o inglês o tempo todo, enquanto no Brasil só tinha aulas de 1 hora e meia duas vezes por semana. Não dá para comparar.

O que você mais gosta e menos gosta na Kaplan International?

Tayane – O que eu mais gosto é dos professores e o que eu menos gosto é da troca constante deles porque eu tive muitos professores e diferentes substitutos em pouco tempo de estudo.

Karina – O que eu mais gosto é do professor do curso preparatório para o FCE e o que eu meos gosto é da pessoa atual que organiza as acomodações pois não tive um bom atendimento. É preciso ter compreensão de que o aluno está em um país novo e precisa de apoio.

Ana Paula – O que eu mais gosto são meus professores, e não tem nada que eu não goste.

Maria – O que eu mais gosto é dos professores e o que menos gosto é que não há uma biblioteca, somente um armário que fica trancado e a escola não facilita o acesso a materiais. A sala de multimídia freqüentemente vira sala de aula e os alunos que estão estudando lá tem de sair.

Você tem alguma sugestão para a melhoria da escola?

Tayane – Melhoria na administração em relação a troca de professores. O curso é muito caro para ter tantos professores substitutos. Os professores fixos são muito bons, mas se eles não estão lá aprender fica mais difícil.

Karina – Implementar materiais que pertecem aos alunos, soube que isto já mudou mas inda não tive contato com o material.

Maria – A implementação de um espaço de estudo mais adequado.

Ana Paula – Concordo com a Maria, o acesso ao armário é difícil porque ele fica no último andar e a chave dele na recepção. Deveria ter um espaço para o estudo.

Quais são as nacionalidades dos professores na Kaplan International?

Todas – A maioria é irlandês, não sabemos se há outras nacionalidades, mas o atendimento tem pessoas dos EUA, Itália, China e Venezuela.

Você gosta de estudar na sua escola?

Tayane e Maria – Gostamos.

Karina e Ana Paula – No começo não gostamos, mas agora que a aula é mais estruturada e temos um propósito certo sim, gostamos.

Quantos alunos tem na sua sala/curso? Quais são as nacionalidades dos alunos?

Tayane – Na minha sala somos 14. Do Japão, Coréia, China, França, Espanha, Venezuela, Arábia Saudita e Brasil.

Maria, Karina e Ana Paula – Na nossa sala de curso preparatório para o FCE tem por volta de 15 alunos –  Do Brasil, Coréia, Japão, Espanha, Bélgica e Venezuela.

Qual sua opinião sobre o horário e duração das aulas?

Maria – As aulas são das 8:45h às 12h e tem um intervalo de 15 min. Quem faz a aula a tarde tem aula das 12:45h às 14:15h.

Karina – A aula não começa tão cedo e nem termina tarde. Acho bom para quem tem interesse em trabalhar, porque acredito que se fosse mais tarde seria difícil conseguir um trabalho.

Ana Paula – É um horário que dá para estudar e ter a tarde livre ou trabalhar.

Tayane – Ah e também tem umas aulas extras que são abertas para alunos de fora da Kaplan, ministradas por professores estudantes das 13:15 às 15:15. Acho isto um diferencial.

Muitas pessoas tem medo de não conseguir trabalho. Como foi esta experiência para você?

Tayane – Eu comecei a trabalhar em junho e foi por indicação em uma empresa que faz inventários. É um trabalho que não tem uma regularidade, mas como meu lema aqui é ter uma “open mind” (mente aberta) e aprender inglês, estou trabalhando para me manter.

Karina e Ana Paula – Ainda não procuramos um trabalho.

Maria – Eu vim para poder trabalhar mas como meu curso é de 6 meses e não de 1 ano como eu esperava, meus planos mudaram. Sou arquiteta e queria conhecer este mercado na Europa, mas com apenas 6 meses para estudar aqui não tive esta oportunidade.

Você pode dar uma dica ou conselho para quem está vindo para a Irlanda?

Tayane – Pesquise muito e não confie 100% na agência. Fale com pessoas que moram aqui e tiveram esta experiência.

Karina – Quem vem com uma boa base de inglês aproveita mais a experiência do que quem vem sem conhecimento nenhum ou muito pouco. No dia-a-dia se aprende o inglês falado nas ruas, não a gramática e as pessoas até se fazem entender, mas não tem a estrutura. Eu adiaria meus planos de estudar no exterior se soubesse pouco ou nada, para só então vir com mais inglês e adquirir fluência.

Ana Paula – Aprenda inglês antes de viajar e venha para o exterior para ganhar fluência. Aqui a escola não oferece uma estrutura básica gramatical como há no Brasil, pois é mais focado em conversação.

Maria – Não fique somente com as informações passadas pela sua agência, faça a sua pesquisa porque nem sempre a agência sabe coisas que podem ser essenciais.

Quando o curso acabar, o que você pretende fazer?

Tayane – Se eu conseguir um trabalho regular pretendo ficar pelo menos mais 1 ano na Irlanda para conseguir um inglês perfeito, depois pretendo voltar para o Brasil e trabalhar na minha área.

Karina – Não tenho planos, por equanto estou focada no curso mas podem surgir novas oportunidades.

Ana Paula – Depois que o curso terminar quero voltar ao Brasil para poder terminar minha faculdade.

Maria – Depende. Eu gostaria de poder estudar por 1 ano completo aqui e não somente 6 meses, portanto pretendo extender meu curso e prestar o FCE, mas se não conseguir vou voltar ao Brasil e retornar à minha área.

Muito obrigada meninas pela entrevista e por dividirem conosco suas diferentes experiências aqui na Terra dos Leprechaus. Desejo a todas muito sucesso!

 

Kaplan International Colleges Dublin
The Presbytery Building
7 Exchange Street Lower
Temple Bar
www.kaplaninternational.com

Postado por: | Comments (53)

  1. Adorei conhecer a Tarsila, pessoa MAGAVILHOSA!!!

    Comentário by Maria — 30/09/2011 @ 2:34 pm

  2. Oi Maria!

    Foi um prazer conhecê-la também! Temos de nos encontrar mais. 🙂

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 03/10/2011 @ 9:56 pm

  3. Post muito bom, meninas são educadas e MUITO BONITASSSSS!!!

    Comentário by Marcos Castro — 30/09/2011 @ 8:13 pm

  4. Oi Marcos!

    Obrigada pelo comentário! 🙂
    E aposto que as meninas apreciaram o elogio.

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 03/10/2011 @ 9:59 pm

  5. Olá, Tarsila!
    Pretendo ir para a Irlanda em Março de 2012, estudar na Kaplan e gostei muito que nesta entrevista você tenha perguntado sobre a experiência em relação ao trabalho, pois este é o meu maior medo: não conseguir uma colocação.
    Por gentileza, continue fazendo esse tipo de pergunta aos entrevistados e/ou abra uma nova categoria no seu site: entrevistar pessoas que estão trabalhando na Irlanda. Isso complementaria ainda mais o seu trabalho que já é Genial!

    Abraços!

    Comentário by Juliana Lima — 01/10/2011 @ 2:14 pm

  6. Olá Juliana!

    Obrigada pelo comentário e pela sugestão. Vou considerá-la com carinho.
    Enquanto isso espero vê-la mais por aqui!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 03/10/2011 @ 10:11 pm

  7. Essa parte de não confiar 100% na agência é a mais pura verdade, nem vou dizer que seja porque eles mentem, talvez algumas até mintam, mas também pq eles não estão presentes no cotidiano da cidade. Acho muito válido pesquisar MUUUITO antes de vir, para quando chegar, ja saber todos os procedimentos entre outras coisas, assim não leva um susto e se decepciona.

    Comentário by Tati — 01/10/2011 @ 10:16 pm

  8. Oi Tati!

    Obrigada pelo comentário.
    Algumas agências até tem experiência no destino escolhido, mas nem sempre a pessoa que lhe está atendendo sabe como as coisas são, por isto também é sempre importante fazer bastante perguntas para os agentes e procurar outras informações. 🙂

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 03/10/2011 @ 10:14 pm

  9. Olá, Tarsila!
    Meu nome é Ana Paula e chegarei em Dublin dia 15 de Outubro e irei manter um blog sobre a minha aventura na Ilha Esmeralda.

    http://intercambiaremdublin.wordpress.com/

    Já add o seu blog na minha lista de recomendações. Add o meu na sua… rsrsrs…

    O seu blog foi super / mega / power útil no meu planejamento de intercâmbio. As entrevistas com alunos de escolas. Tudo foi de grande importância nas minhas decisões.

    Muito obrigada!

    E quem sabe não nos esbarramos em Dublin?

    Valeu!

    Abraços

    Comentário by Ana Paula — 03/10/2011 @ 6:05 am

  10. Olá Ana Paula!

    Obrigada pelo comentário e por adicionar o Vida Na Irlanda aos seus blogs recomendados e já adicionei o seu ao blogroll do Vida Na Irlanda.
    Fico muito feliz em saber que o Vida Na Irlanda contribuiu para o seu planejamento e espero que você tenha uma ótima experiência.

    E será um prazer encontrá-la por aqui!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 03/10/2011 @ 10:50 pm

  11. Adoro suas entrevistas, como sempre, Tarsila!! E parabéns pelo “conte sua história” no e-dublin, dei uma olhada nas suas ilustrações e a-do-rei!

    Comentário by Jess — 03/10/2011 @ 5:33 pm

  12. Olá Jess!

    Muito obrigada pelo carinho, tanto aqui como pelas minhas ilustrações e entrevista no e-dublin!
    🙂 🙂 🙂

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 03/10/2011 @ 10:54 pm

  13. Opa, gostei dessa entrevista e principalmente de voceis ter entrevistado a Maria, que foi uma pessoa que eu tive contato nesse um mes que eu fiquei ai em Dubli, e tambem de ter estudado na Kaplan que foi uma escola que eu gostei muito e fiz bastante amigos!!

    Flw.

    Comentário by Rubens junior — 04/10/2011 @ 2:34 am

  14. Olá Rubens!

    Obrigada pelo comentário. 🙂
    A Maria é realmente uma pessoa muito bacana e fico muito feliz em saber que você curtiu sua experiência na Irlanda e que fez muitos amigos por aqui. Espero que um dia você volte para cá para matar suas saudades!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 04/11/2011 @ 11:12 am

  15. Olá, Tarsila. Acompanho seu blog há pouco tempo e portanto ainda não consegui ler todos os posts sobre os assuntos que me interessam. Como não encontrei um e-mail de contato, vim te perguntar aqui mesmo. Moro no Rio de Janeiro. Estou terminando minha residência médica no fim de janeiro de 2012 e tenho vontade de fazer um curso de inglês fora do Brasil; tenho pensado bastante na Irlanda. Não sei de onde veio essa vontade de ir especificamente para este país, mas enfim…Queria saber de algum site de jornal local para ir acompanhando a dinâmica do país. Algo como um “O Globo” ou um “Folha de São Paulo” irlandeses! Não precisa ser necessariamente em inglês. Pode ser em irlandês também, pois uso o google tradutor para me ajudar com línguas que não conheço. Aliás, também se explicação alguma, morro de vontade de aprender irlandês, mas como não existe dicionário de português-irlandês (!), só conseguirei isso indo até aí, não é? Será que eu consigo um dicionário inglês-irlandês?? Bom, é isso. Se puder me ajudar com o jornal, te agradeço. Parabéns pelo blog que é muitíssimo legal! Um abraço! Mayra

    Comentário by Mayra Medeiros — 04/10/2011 @ 3:29 pm

  16. Olá Mayra!

    Muito obrigada por acompanhar o Vida Na Irlanda e por deixar a sua dúvida aqui. 🙂
    Na Irlanda não há muitos jornais, os mais comuns incluem:
    The Irish Times: http://www.irishtimes.com/
    The Irish Examiner: http://www.irishexaminer.com/
    The Irish Independent: http://www.independent.ie/
    Todos em inglês, apesar do Irlandês ser uma das línguas oficiais da Irlanda ele não é falado pela maioria das pessoas no país.
    Eu pessoalmente não conheço um dicionário ou gramática de Irlandês-Português, mas aqui há lugares onde há aulas de Irlandês, contudo elas são voltadas para o público que fala inglês.

    Espero ter ajudado e que seus planos de passar um tempo na Irlanda continuem firmes e fortes!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 04/11/2011 @ 11:24 am

  17. Ou melhor, quis dizer gramática de inglês-irlandês!!

    Comentário by Mayra Medeiros — 04/10/2011 @ 3:34 pm

  18. Olá Tarsila,

    Com vc ja ouviu milhares de vezes parabéns pelo excelente trabalho no blog.
    Eu vou para irlanda no ano q vem, eu como ja li por algumas pessoas, gostaria de ver em seu blog matérias que tivesse informes de como ir para a Irlanda sem empresas de intercambio, com cursos diferentes e tudo o que for necessário para ir para ai fazer o curso de inglês e poder trabalhar sem precisar da agencia uma especie de passo a passo.
    Grato pela a atenção.

    Comentário by Sued — 06/10/2011 @ 2:01 am

  19. Olá Sued!

    Muito obrigada pelo comentário e elogios. É um prazer poder ajudar.
    Aprecio sua sugestão e vou pensar nela com carinho. Infelizmente conheço casos de pessoas que tiveram muitos contratempos por não contratarem uma agência. Passar este tipo de informação é complicado pois, na verdade, o que você está me pedindo é para explicar o contrato direto do aluno com a escola e isto depende de cada pessoa e instituição.

    Espero ter ajudado e obrigada pela sugestão.

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 04/11/2011 @ 12:10 pm

  20. Não sei muito sobre a Kapla !!! mas aqui pode ser um canto para AVALIAR a SUCESS COLLEGE !!!
    faça essa escola e tenha PROBLEMAS para o resto da sua estádia da Irlanda !!!
    Eles não tem absolutamente nenhuma consideração ou preocupação com o aluno a não ser ganhar dinheiro, pra te cobrar eles são muito bons maaassssssssssssss na hora em que você precisa de alguma documentação seja ela qual for, GINB, Exit Letter, ATTENDANCE Letter, Banco, PPS,,, meu amigo,,, se prepara, você vai passar nervoso !!!

    Tenho muitos amigos que fizeram e sem exceção todos tiveram problemas!
    Não se esqueça::: !
    O barato pode sair caro !!

    Comentário by Mauro — 06/10/2011 @ 6:56 pm

  21. Olá Mauro!

    Obrigada por deixar seu comentário contando a sua experiência. Fico muito trsite em saber que você teve complicações com a sua escola e espero que isto já tenha se resolvido e te desejo boa sorte.

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 04/11/2011 @ 12:12 pm

  22. Tasila! Parabéns!

    Pessoal que SAUDADES de Dublin…streets, pubs!!! TUdo muito bom, cheio de culturas e pessoas de toda parte.
    Mesmo por pouco tempo fiquei encantada com a cidade.
    Um dia desses eu volto!

    Tasila, gostaria de informações sobre faculdades que ofereçam MBA na área de ADMinistração! Você conhece alguma?

    Abraços!

    Comentário by Danielle Campos — 06/10/2011 @ 9:59 pm

  23. Olá Danielle!

    Obrigada pelo comentário! 🙂
    Sim volte e mate as saudades, vale a pena.
    Há algumas instituições que oferecem cursos de MBA
    IBAT – http://www.ibat.ie
    DIT – http://www.dit.ie
    Grafton College – http://www.graftoncollege.ie

    Espero ter ajudado!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 04/11/2011 @ 12:17 pm

  24. Olás!
    Sempre dou uma passada aqui e adoro!
    Fecharei um pacote para estudos no ano que vem e gostaria de saber se já entrevistou algum aluno da Orchid Institute.
    Um abraço,
    Cris

    Comentário by Cristine — 07/10/2011 @ 12:33 pm

  25. Olá Tarsila!
    genial o blog!
    estou acabando de escolher a escola q eu vou estudar na Irlanda e seu blog tem ajudado mto!

    não encontrei nenhum comentario sobre a escola IBAT…. voce tem alguma informação sobre ela?
    pretende entrevista algum aluno de lá???

    parabens pelo blog!

    Comentário by Vinicius — 08/10/2011 @ 12:16 am

  26. Olá Vinicius!

    Muito obrigada pelo comentário e elogio. 🙂
    Fico muito feliz que o Vida Na Irlanda está o ajudando. Estou conversando com uma aluna da IBAT e assim que eu puder faço a entrevista e coloco no ar, combinado?

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 04/11/2011 @ 1:40 pm

  27. Super legal!!!! Adoro essas entrevistas.. Só me dá mais vontade ainda de largar tudo e ir! rs.. Beijos!

    Comentário by Gabi Eugenio — 11/10/2011 @ 11:25 pm

  28. Olá Gabi!

    Muito obrigada pelo comentário.
    Fico feliz em saber que as entrevistas a estão ajudando. Sei que a ansiedade é fogo, mas calma com planejamento as coisas funcionam de uma forma melhor. 🙂

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 04/11/2011 @ 2:20 pm

  29. oi Tarsila!!

    Parabéns pelo blog!! Gostaria de conhecer algumas universidades que oferecem cursos de MBA em Adm. Sabe de alguma?
    Pretendo viajar para Europa para fazer meu mestrado e estou considerando seriamente ir para Irlanda!!

    Abs!

    Comentário by bruno erick de andrade — 17/10/2011 @ 10:40 pm

  30. Olá Bruno!

    Obrigada pelo comentário e elogio. 🙂
    Há algumas instituições que oferecem cursos de MBA incluem:
    IBAT – http://www.ibat.ie
    DIT – http://www.dit.ie
    Grafton College – http://www.graftoncollege.ie

    Espero ter ajudado!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 04/11/2011 @ 5:14 pm

  31. Ola Tarcila, seu bog é d+ adorooo…
    Vc conhece a escola NED, vc ja fez alguma entrevista com alunos de la?
    Ha Galerinha eu estou indo em Janeiro de 2012, meu contato é paula.littrel@hotmail.com.

    Obgada!

    Comentário by Ana Paula — 03/11/2011 @ 9:34 pm

  32. Olá Ana Paula!

    Muito obrigada pelo carinho e comentário. 🙂
    Sim, já fiz uma entrevista com um aluno da NED, confira aqui: http://www.vidanairlanda.com/2011/08/estudar-na-irlanda-ned-training-centre.html

    Espero ter ajudado,

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 07/11/2011 @ 10:06 am

  33. Olá Yalli!

    Obrigada por adicionar o Vida Na Irlanda aos sites recomendados do Guia Brazilian Abroad – Brasileiros no Exterior
    É um prazer poder contribuir e já espalhei a notícia pelo facebook.

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 04/11/2011 @ 6:18 pm

  34. Olá Tarsila.
    Tudo bem?

    Estou quase fechando um intercâmbio p/ Dublin de 6 meses, com 1 mês em casa de família. Estou na dúvida de estudar na Kaplan ou na Emerald? Tenho 28 anos, estou indo com dinheiro p me manter durante os 6 meses, porém gostaria de trabalhar se possível. Aqui no Brasil faço curso na Wiseup, mas sempre tive o sonho de estudar inglês no exterior. Pensando em custos e qualidade de ensino e na possibilidade de conseguir trabalho, Qual das 2 escolas você recomendaria, lembrando que dependendo da escola que eu escolher, a minha acomodação deverá ser próxima ok?

    Obrigado,

    Rafael

    Comentário by Rafael — 11/01/2012 @ 11:55 am

  35. Olá Rafael!

    Comigo tudo ótimo e com você?
    Bom, a escolha da instituição de ensino é muito pessoal, pois seus objetivos são únicos seus. Recomendo que você também leia a entrevista que fiz com alunos da Emerald aqui: http://www.vidanairlanda.com/2011/09/estudar-na-irlanda-emerald-cultural-institute-2.html
    Também recomendo que você leia o eBook gratuito “Intercâmbio na Irlanda”, disponível aqui: http://www.vidanairlanda.com/2011/12/baixe-ebook-intercambio-na-irlanda-gratis.html que dá dicas sobre quais aspectos são relevantes na hora de escolher um lugar para estudar.
    Ah e a acomodação quem escolhe é a escola, portanto vale a pena você entrar em contato com a instituição e perguntar se há como negociar isto. 🙂

    Espero ter ajudado!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 08/02/2012 @ 8:30 pm

  36. Tarsila,

    Hoje, pesquisando sobre meu destino para estudar 3 meses, encontrei esse site…
    Adorei, simplesmente demais…… muita generosidade numa pessoa só, para ajudar as pessoas.

    Parabéns!!!

    Comentário by Adriana Mendes — 15/01/2012 @ 8:01 pm

  37. Olá Adriana,

    Muito obrigada pelo comentário e carinho. 🙂 Espero que você encontre aqui todas as informações que está procurando.

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 09/02/2012 @ 11:28 am

  38. Olá Tarsila!
    Eu estou ótimo muito ancioso, já estou arrumando as malas, meu voo sai do Brasil no dia 10 de março e paro em Madri e depois Dublin…
    Vou estudar na Emerald…
    Muito obrigado pelas dicas e pelo que trabalho que vocês fazem que é o site.
    Se eu puder contribuir com alguna coisa para com vocês estou disponível. Aqui no Brasil trabalho com TI com banco de dados mas já desenvolvi portais em ASP e ASP.NET.
    Vocês gostariam de alguma coisa dio Brasil?
    Gostaria de conhecer vocês quando estiver aí em Dublin.
    um abs
    Rafael

    Comentário by Rafael Dezidério — 08/02/2012 @ 10:21 pm

  39. Olá Rafael!

    Fique tranquilo, a ansiedade faz parte do processo, mas com calma tudo se ajeita.
    Muito obrigada pela gentileza, mas só de saber que o Vida Na Irlanda está contribuindo com a sua experiência eu fico muito feliz. Não precisa trazer nada, de verdade. 🙂 Vou manter você em mente e se precisar de algo com TI e banco de dados vou entrar em contato hein?
    E se quiser nos conhecer basta manter contato, será um prazer.

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 10/02/2012 @ 9:14 pm

  40. Olá…td bem?? Primeiramente parabéns pelo site…muito legal bem estruturado…
    Eu estou indo pra Irlanda em Novembro…e tem tantas coisas q me deixam com frio na barriga…hahaha…
    Mas acho que o principal é o qnt devo levar para não passar apuros… eu vou ficar apenas um mês, mas não tenho certeza de qnt devo levar…Curso, passagem, seguro, acomodação, já estao pagos…minha duvida é com as outras depesas…valor de refeições, transporte…e logico, vou querer conhecer a cidade…

    Será que você tem uma noção de qual seria o valor minimo pra não passar aperto??

    Desde já Obrigada!!!!

    Comentário by Viviane — 04/06/2012 @ 2:37 am

  41. Olá Viviane,

    Obrigada pelo comentário e elogio. 🙂
    Bom, é sempre bom trazer é o máximo possível, até porque o quanto você vai gastar depende do que você vai comprar e o que vai fazer. Uma recomendação é, se possível, trazer um cartão de crédito internacional para uso em caso de emergência, assim você terá sempre um “plano B”. 🙂
    A maioria dos estudantes que vem para ficar por aqui por 6 meses gasta, em média, €1.000 durante o primeiro mês, mas isto inclui aluguel e contas.

    Espero ter ajudado,

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 16/07/2012 @ 12:21 pm

  42. Olá Tarsila!
    Estou encantada com o site! Vou para Dublin no final de Agosto, mas passarei apenas 1 mês, fazendo inglês intensivo. Estou há horas ‘viajando’ pelo site!!!
    Eu escolhi a Kaplan, mas minha maior dúvida é em relação à acomodação… Não encontei nada que comparasse as casas de famílias ás residencias estudantis… como vou ficar pouco tempo, pensei em optar pela residencia da Kaplan, por ser proxima à Escola e o gasto com transporte não seria tão alto.. e tenho um pouco de receio tambem, em ficar em uma casa de família que não seja de fácil acesso por transporte publico…
    Você consegue me ajudar? Já entrei em contato com a escola, e peguei o informativo da residencia, com valores, tamanho do apartamento, que não oferece refeições, que possui máquina de lavar roupas.. mas queria saber como funcionam estas acomodações na prática…
    Há um administrador que cuida da limpeza destes locais? dos quartos? e quanto a manutenção? caso queime algum chuveuro ou algo assim? Sei que serei responsavel pela minha acomodação e lavagem de minhas roupas, mas e quanto à organização do local?

    Fico mto em dúvida em qual realmente vale a pena…

    Beijos e estou muito anciosa por sua resposta!!

    Obrigada

    Comentário by Aline Lima — 10/06/2012 @ 3:38 am

  43. Olá Aline,

    Obrigada pelo elogio. 🙂
    A escolha por acomodação é muito pessoal.

    A experiência em casa de família pode ser muito bacana, já que propicia o contato direto com a cultura irlandesa. As casas de família são selecionadas pelas escolas e tem de atender à um número mínimo de requisitos como quarto adequado, banheiro, café da manhã, etc. inclusive acesso ao transporte público.

    A experiência em residência estudantil também pode ser muito legal já que há outros estudantes de diversas nacionalidades em um mesmo local. Normalmente a escola tem pessoas que organizam e mantém as residências estudantis e que podem orientá-la em relação a todas as suas dúvidas. Tire suas dúvidas com a escola, eles tem todas as informações que você busca.

    Algumas pessoas tem experiências que não são tão bacanas, tanto com a casa de família como nas residências estudantis, e nestes casos é importante contatar a escola e agência de intercâmbio para comunicar quaisquer dúvidas ou possíveis conflitos.

    Espero ter ajudado,

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 16/07/2012 @ 1:34 pm

  44. Olá Tarsila, boa tarde!

    Tudo certo?

    Gostaria de receber um e-mail com as respostas das perguntas da Aline Lima, acima.

    Se possível me envie o e-mail de contato dela, caso permita. Estarei aí no mesmo periodo dela.

    Obrigada.

    Andrea
    Rio de Janeiro

    Comentário by Andrea Machado Valadares — 10/06/2012 @ 7:03 pm

  45. Olá Andrea,

    Não envio respostas por email e também não posso passar o contato de outros leitores. Espero que compreenda.

    Obrigada

    Comentário by Tarsila — 16/07/2012 @ 1:44 pm

  46. Ola Tarsila! Parabens pelo seu blog , entao me nome é Felipe tenho 17 anos estou indo para Dublin no ano qe vem e ja estou tomando todas as previdencias em questão a isso , vou estudar na escola International Education Academy – Orshid . Queria saber se vc conheçe essa escola, ou se tem algum comentario sobre ela. Estou mtu preocupado de não conseguir acompanhar os estudos.

    Comentário by Felipe Duarte — 11/06/2012 @ 2:51 am

  47. Olá Felipe,

    Obrigada pelo comentário. Fico feliz em saber que você já está se planejando. 🙂
    Ainda não tive a oportunidade de entrevistar um aluno da Orchid Institute, mas estou tentando obter contatos e assim que puder, faço uma entrevista.

    Espero ter ajudado,

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 16/07/2012 @ 1:45 pm

  48. Olá Tarsila,
    Adorei seu site, como descobri a pouco tempo, não consegui ler tudo ainda mas tem me ajudado bastante quanto a várias informações e tem me animado também para viajar. Tenho várias perguntas pra te fazer, uma delas é que li umas das meninas que fizeram intercâmbio dizendo que precisamos ter uma conta no banco da Irlanda e gostaria de saber como isso funciona.
    Gostaria de saber também como funciona em relação ao visto para viajar para outros países. É necessário tirar algum visto?? Com tiramos esse visto ai na Irlanda??
    Muito obrigada pela ajuda Tarsila!!!
    bjao

    Comentário by Susan Viana — 28/06/2012 @ 12:56 am

  49. Olá Susan.

    Obrigada pelo comentário.
    Recomendo que você leia estes posts:

    http://www.vidanairlanda.com/2010/03/imigrando-como-se-registrar-na-gnib-ou-immigration-office.html
    http://www.vidanairlanda.com/2010/05/viajar-pela-europa-passagens-baratas.html

    Não esqueça de ler os comentários! 🙂

    Espero ter ajudado,

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 16/07/2012 @ 5:38 pm

  50. Oi Tarsila,
    Me desculpe fazer outra pergunta assim seguida, é que estou cheia de duvidas…Estava lendo os posts sobre o registro na imigração e minha pergunta é a seguinte, vou fazer um intercâmbio de 3 meses, preciso ter os €3.000 para me registrar ou como serão apenas 3 meses não preciso fazer o registro na imigração?
    Valeu!!!
    bjao

    Comentário by Susan Viana — 28/06/2012 @ 3:09 am

  51. Olá Susan,

    Obrigada pelo comentário e vamos lá: No seu caso, permanência de até 3 meses, não é necessário se registrar na GNIB, portanto não é necessário comprovar os € 3 mil. 🙂

    Espero ter ajudado,

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 16/07/2012 @ 5:42 pm

  52. Tarsila tenho a mesma duvida da Susan. Eu ja fechei por 3 meses com a Kaplan mas em relacao aos 3mil euros nao fui informado pela minha agencia se esse procedimento é necessario para esse período. Voce saberia me informar se é necessario esse registro e a abertura da conta com os 3mil euros mesmo para 3 meses de curso?

    Muito Obrigado

    Emilio

    Comentário by Emilio Monleon — 11/07/2012 @ 2:28 am

  53. Olá Emilio,

    No seu caso, permanência de até 3 meses, não é necessário se registrar na GNIB, portanto não é necessário comprovar os € 3 mil.

    Espero ter ajudado,

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 17/07/2012 @ 6:22 pm

Sorry, the comment form is closed at this time.