12/03/2011

Irishisms: “I haven’t seen you with many years”

Sabemos que quando estudamos inglês na escola aprendemos o que está na gramática, mas sabemos que o uso da língua nas ruas e no dia-a-dia são diferentes. Isto é muito comum no mundo todo (até mesmo no Brasil), portanto não se espante ao escutar algo na casa de família ou nas ruas que seja diferente do que você aprendeu na escola.

Muito do que se fala por aqui são expressões ou palavras que herdaram uma tradução direta do gaélico (ou irlandês) para o inglês e o Irishism de hoje é uma delas “I haven’t seen you with many years”.

Como se já não fosse complicado entender o tal do Present Perfect o mais estranho desta expressão não é o tempo verbal mas sim a preposição “with”.

Normalmente esta frase seria “I haven’t seen you for many years”, já que a preposição “for”, neste caso implica duração de tempo, algo como “por muitos anos”.

Por exemplo,  a frase “I haven’t seen you for a long time” em irlandês seria “Ní fhaca mé tú le fada ó shoin” que utiliza a preposição “with” (le) em vez de “for”. Então já dá pra entender o porquê o irlandês vai usar o “with” e não o “for” neste tipo de construção.

Você irá notar isto aos poucos, talvez em uma conversa no pub onde amigos comentam sobre alguém  “He’s been dead with years” ou na fila do ônibus quando as pessoas se encontram por acaso e dizem “We haven’t seen each other with months now!”.

Não é que eles desconhecem a gramática ou falam errado, apenas estão mostrando a influência que o irlandês tem no modo como se fala o inglês por aqui e, na minha opinião pessoal, é uma das coisas que torna a Terra dos Leprechauns ainda mais especial.

Postado por: | Comments (34)

34 Comments »

  1. Tá, vc não deixa de nos ensinar nunca hein?! Acredita q escutei isso um dia desses e fiquei toda confusa, agora eu já sei pq!
    Tks a million 🙂

    Comentário by Danubia Matos — 12/03/2011 @ 12:25 pm

  2. Oi Dan!

    Agora você sabe o porquê. 🙂
    E se precisar é só escrever!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 12/03/2011 @ 1:47 pm

  3. Adorei o post

    Vou afinar os meus ouvidos pra esse irishism
    bjão

    Comentário by Ana Claudia Damasceno — 12/03/2011 @ 12:28 pm

  4. Oi Ana!

    Pode afinar que você irá escutá-lo sim. 🙂
    E se precisar é só escrever!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 12/03/2011 @ 1:48 pm

  5. Olá, Tarsila!
    Tudo bem?

    Tenho uma pergunta, estudei ingles aki no Brasil uns anos qdo era pequena,
    não me lembro de mta coisa, axo q classifico meu nivel como basico…
    E pretendo viajar daki uns 3 meses, vou estudar bastante esse tempo, mas sozinha.
    Vc axa muito grave me aventurar em morar ai com o ingles basico? (Não tenho nunhum amigo nem conheço ninguem)

    Um bom dia, aguardo sua resposta anciosa!
    bjinhus

    Comentário by Fernanda — 12/03/2011 @ 3:44 pm

  6. Olá Fernanda!

    Muitas pessoas vem para cá com pouco conhecimento do idioma e a grande maioria não tem amigos ou não conhece ninguém (eu vim pra cá sem conhecer ninguém também). Eu sempre sugiro que as pessoas estudem o máximo de inglês possível antes de vir porque é possível sim sobreviver com pouco inglês, mas pelo que vejo as pessoas que tem problemas em se comunicar em situações corriqueiras acabam tendo uma experiência muito difícil, já que coisas como, pegar um ônibus ou entender direções podem ser grandes desafios.
    Quanto melhor seu nível de comunicação, maiores são as suas chances de conseguir um trabalho. Não digo que não existem possibilidades para quem não se comunica bem em inglês, mas será mais difícil. Lembre-se que tudo depende muito da sua dedicação e empenho. Há pessoas que conseguem oportunidades rapidamente, outras não.

    Espero ter ajudado e se precisar é só escrever!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 12/03/2011 @ 9:31 pm

  7. UHAUauUAHUhua

    legal esse Irishims…

    com ctz naum vai dar pra usar porque naum conheço ninguem ai…

    AUhauhauhauh

    bjos Tarsila..

    Comentário by ediovani — 12/03/2011 @ 4:27 pm

  8. Olá Ediovani!

    Você talvez não use esta frase específica, mas a estrutura poderá ser aplicada..
    “He hasn’t showered with days”, “I haven’t eaten with hours”, etc. 🙂

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 12/03/2011 @ 9:33 pm

  9. Oir Tarsila…

    Mesmo para países q tem a lingua inglesa como nativa tem umas expressões q não aprendemos aqui no Brasil em cursos de idiomas.
    Qndo fui morar nos EU aprendi palavras e expressões q minhas amigas q estudam a mais de 10 anos inglês não conheciam como:
    I need to go pipi so bad. (Essa aprendi com a minha kid… rsrs)
    I am a kind of full. (Essa com meu kid! Achei estranho qndo ouvi a primeira vez… rsrs, mas é fofa qndo qr dizer q esta cheio e nao qr mais comer… hehehhe)
    Palavras como stuff (eu aprendi somente “thing” qndo fiz inglês no Brasil… coisas simples, mas q não nos mostravam nas aulas a uns anos atrás.

    Isso me mais me atrai no inglês…

    Parabéns novamente!

    bjocas
    Grazi

    Comentário by Grazi Heck — 12/03/2011 @ 7:00 pm

  10. Olá Grazi!

    Isto é muito normal e não é uma falha do ensino no Brasil, pois tenho certeza de que quando ensinam o português do Brasil para estrangeiros também não devem mencionar algumas gírias ou expressões corriqueiras como “da hora”, “tri legal” ou “a bagaça tá zuada”. São coisas que aprendemos quando convivemos com a língua; 🙂

    Por exemplo, a expressão “to take a pee” existe, então se a menininha que você cuida precisa “go pipi” é o jeito bonitinho de dizer “fazer xixi”. 🙂

    O adjetivo “full” (cheio), neste caso é utilizado da mesma forma em português e inglês, independente do país, quando alguém come ou bebe além dos limites, ela fica fisicamente “full”.

    “stuff” é uma das palavras mais divertidas que nós, brasileiros, usamos, porque sempre dizemos a palavra “coisas”. Como ela significa: matéria, materiais, artigos, atividades, pertences, equipamentos ou bagagem a palavra “coisas” cabe bem. 🙂

    O inglês realmente apresenta diversas curiosidades e como você mesma disse, estas coisinhas podem fazer bastante diferença no nosso dia-a-dia.
    Espero ter ajudado e se precisar é só escrever!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 12/03/2011 @ 9:43 pm

  11. Fernanda: eu também estou querendo embarcar na mesma aventura, estou querendo ir lá para Outubro, com 450 no Toeic, ou seja um pré interemediário… rs
    Vamos ver o que a Tarsila diz, aliás, ela está de parabéns, excelente blog.

    Comentário by amanda — 12/03/2011 @ 8:58 pm

  12. Olá Amanda!

    Obrigada pelo elogio e comentário.
    Espero que a resposta acima tenha a ajudado e se precisar é só escrever!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 12/03/2011 @ 9:44 pm

  13. Caramba, estou viciadona no blog, acho que já li quase tudo! hahaha
    Parabéns pelo trabalho de vcs, ele é realmente importante e ajuda pra caramba quem está planejando ir pra terrinha da guinness hahah

    Estou planejando pra ir na primeira semana de agosto… você acha que é uma época legal?

    Acho que estou cada vez mais nervosa e anciosa!

    Beijoos!

    Comentário by Bianca — 14/03/2011 @ 5:19 am

  14. Olá Bianca!

    Fico feliz que você esteja curtindo o Vida Na Irlanda e que as informações contidas aqui estão ajudando.
    O mês de agosto é no final do verão e pode ter temperaturas agradáveis, alem disto muitos estudantes europeus voltam para seus países de origem, possibilitando mais oportunidades de trabalho para outros estudantes. 🙂
    Acredito que independentemente da época, o mais importante é a sua vontade de fazer o intercâmbio e curtir a experiência.

    Espero ter ajudado e se precisar é só escrever!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 20/03/2011 @ 1:34 pm

  15. Oi Fernada e Amanda também pretendo embarcar na mesma experiência que vocês, tenho nível intermediario!! mas ainda não sei quando vou, acho que se tudo der certo final do ano!!
    Tarsila ameiii o blog!!! 🙂

    Comentário by Thaíssa — 14/03/2011 @ 7:42 pm

  16. Nossa Tarsila, agora além de nos mostrar como é a Irlanda, vc tbm dá ótimas dicas de ingles eihm, rsrs, parabéns sempre pelo blog.

    Comentário by Francisco Maycon — 16/03/2011 @ 4:13 pm

  17. Oi, Tarsila…mais uma vez parabéns pelo site e achei super interessante esse post porque hj mesmo o professor explicou porque os irish têm tanta dificuldade com o present perfect e ele disse que é devido ao fato de não existir esse tempo verbal em Irish (gaélico). Anyway…como nós brasileiros gostamos de dizer…vivendo e aprendendo!! E vamo que vamo…

    Comentário by Carla — 16/03/2011 @ 9:22 pm

  18. Hey Tarsila,

    Achei seu blog quando procurava sobre viagem para Irlanda e me apaixonei! Você tirou praticamente todas as dúvidas que eu tinha e me informou sobre muitas outras coisas interessantes e práticas que irão facilitar minha vida.

    Estou indo dia 01 de abril aí para Irlanda com uma amiga para estudar e trabalhar por pelo menos seis meses. Só espero que dê tudo certo! ^^

    Comentário by Mariana — 17/03/2011 @ 12:45 am

  19. Nossa, ótimas suas dicas!! Se tudo der certo, ano que vem estou embarcando!!!! Vc tem ajudado bastante! é muito importante conhecermos um pouco sobre a vida na Irlanda! Tudo o que posso ler, eu leio!!! (lol) Tenho conhecido muitos irlandeses por chats, são pessoas maravilhosas, dispostos a ajudar seeempre!! Estou adorando essas descobertas!
    Thanks a million!!!!!!!!!!!!!! lol

    Comentário by Luciana Bittencourt — 18/03/2011 @ 2:19 pm

  20. Estou me programando para fazer intercâmbio em Dublin (eu e minha filha de 15 anos).
    O inglês dela é melhor que o meu.
    Iríamos em julho mas não vai dar, estou adiando por alguns meses.
    Vc acha que dezembro é muito frio??? melhor esperar pra julho do ano que vem??
    Odeio o frio.

    Comentário by Sueli — 08/04/2011 @ 7:11 am

  21. Oieeee Tarsilaa;-)
    Muito bom seu blog, semp q posso estou por aq lendo e relendo …e só agora te escrevo algo kkk…
    Estou louk p fazer intercambio para Irlanda, nao quero mais esperar , iria esperar p juntar mais grana mas nao vo esperar nao, pq parec q qto mais se adia, acontec alguma coisa e ai vc adia d novo e acabamos nao indo … Enfim,to indo ate junho, mas nem tirei o passaport ainda, acho q vo essa semana , a duvida é , nao vou com nenhuma agencia pq os preços estao muito salgados kk pretendo resolver tudo eu mesma mas nao falo nada d ingles um amigo meu vai se comunicar por mim na compra e tals, queria saber se p ficar por 3 meses precisa de visto ou é só ir com o passaporte? e se durant este tempo eu quiser ficar um ano tem algum problema contratar o curso e fazer o processo do visto p estudant? Pq iria eu e uma amiga e depois d 3 meses acho q ela volta p brasil e eu fico ou se nao me adaptar volto tbm por isso queria resolver curso e tudo mais depois q estiver la… vc acha q isso pod ser feito?

    Comentário by Helen — 12/04/2011 @ 1:31 pm

  22. Helen,

    Olá! Estou na mesma que vc! Não aguento mais esperar e não vou por agencias pq o preço é bem salgado mesmo! Negocia direto com a escola que sai pela metade do preço.
    Quanto ao tempo que vc pretende ficar(3 meses) não precisa de visto prévio,pois vc vai entrar como turista.E tira logo seu passarporte, pois já ouvi que a procura ta muito grande e ta demorando um pouco pra tirar o passaporte.Caso vc queira ficar mais tempo, não sei bem quanto a isso, entretanto,acho que vc terá que sair do país comprar um curso de longa duração, ter os 3.000 euros para comprovar em conta e novamente entrar no país e dar entrada no visto de estudante.

    Espero ter ajudado..

    Comentário by Fernanda — 15/04/2011 @ 2:22 pm

  23. Olá Thaíssa!

    Muito obrigada e se precisar é só escrever!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 20/05/2011 @ 11:25 pm

  24. Oi Francisco!

    A Irlanda e a língua inglesa são duas grandes paixões minhas, então porque não unir o útil ao agradável? Fico feliz em poder ajudar e se precisar é só escrever!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 20/05/2011 @ 11:27 pm

  25. Olá Carla!

    Que bacana que você viu isto aqui no Vida Na Irlanda e também na sua sala de aula! u-hu! Espero que esteja curtindo sua experiência e se precisar é só escrever!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 20/05/2011 @ 11:28 pm

  26. Olá Mariana!

    Fico feliz em saber que você se apaixonou pelo Vida Na Irlanda (bom, a Irlanda é realmente apaixonante!). Fico muito feliz em saber que você conseguiu encontrar as informações que procurava/procura por aqui.

    Vocês já chegaram e espero que tudo tenha dado muito certo para vocês, bom, e se precisar é só escrever!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 20/05/2011 @ 11:30 pm

  27. Olá Luciana!

    Muito obrigada pelo carinho. Fico feliz em saber que estou ajudando e que você já está embarcando nesta aventura cheia de recursos! 🙂

    Se precisar é só escrever!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 20/05/2011 @ 11:31 pm

  28. Olá Sueli

    Comparado ao Brasil o clima irlandês é frio em qualquer época do ano (considere que no verão, no dia mais quente e raro, faz 25 graus), veja este post aqui:
    http://www.vidanairlanda.com/2010/05/imigrando-como-e-o-clima-na-irlanda.html
    O inverno é uma época bem fria, muito embora os estabelecimentos comerciais e acomodações já são adaptados com sistema de calefação para que ninguém congele dentro de casa. Se você ODEIA o frio, é melhor esperar a época de mais calor, realmente junho/julho, o verão daqui. Não sei quanto tempo vocês pretendem ficar, mas vale a pena ter as estações em mente ao decidir.

    Espero ter ajudado e se precisar é só escrever!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 20/05/2011 @ 11:36 pm

  29. Olá Helen!

    Muito obrigada por acompanhar e não tem problema só escrever agora, fico feliz se puder ajudar.
    Vamos lá: Eu sei que a ansiedade é uma das coisas mais difíceis de se lidar, mas seja o que você for fazer, planeje antes para evitar contratempos.

    Se você vem para permanecer por 3 meses você não terá de se registrar no GNIB – http://www.vidanairlanda.com/2010/03/imigrando-como-se-registrar-na-gnib-ou-immigration-office.html; mas como visitante/turista ou estudante de curta duração você terá de apresentar no aeroporto, no mínimo, uma carta do seu curso que comprova matrícula, prova de acomodação e passagem de volta.

    Caso você deseje estudar por 1 ano você NÃO PODE entrar no país como turista e mudar seu visto para o de estudante. Isto é ilegal. Você terá de sair do país e depois retornar (como se viesse da primeira vez) com tudo organizado para ser estudante de longa duração (como apontado pela Fernanda, e apresentar os €3.000 para se registrar junto à GNIB)

    Espero ter ajudado e se precisar é só escrever!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 20/05/2011 @ 11:43 pm

  30. Olá Fernanda!

    Muito obrigada por ter respondido à pergunta da Helen. É bacana ver a troca de conhecimento por aqui.
    Gostaria de fazer uma ressalva: Se a sua escola pratica um preço diferente do que o oferecido pela agência ela está violando o contrato que tem com a agência, pois as duas não podem ser concorrentes diretas. Preste atenção para ver se o pacote oferecido pela agência e pela escola é exatamente o mesmo (se inclui transfer, mesmo tipo de acomodação, etc.)

    Mais uma vez obrigada e se precisar é só escrever!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 20/05/2011 @ 11:47 pm

  31. I love the blog but we don’t say that! (I’m Irish!) Eu NUNCA ouvi isso na minha vida!

    Comentário by Robert — 28/01/2012 @ 12:15 am

  32. Hey Robert!

    Thanks for your comment. Well not everyone says it, but some people do.
    It’s the same for many Irishisms, I suppose it depends on your upbringing or if you spoke Irish as a first language, as I have heard it a few times over here. 🙂

    Cheers

    Comentário by Tarsila — 10/02/2012 @ 3:58 pm

  33. Hi Tarsila, congratulations on the blog, from an Irishman living in São Paulo for the past 20 years!! I love the Irishisms and they are mostly spot on. However I agree with Robert, I have never ever heard an Irish person saying this. Are you sure this didn’t come from an immigrant or someone with otherwise very good English?

    Comentário by Kieran — 20/12/2013 @ 9:40 pm

  34. Hello Kieran!

    Thanks for leaving a comment here.
    I’m surprised you haven’t heard the word “with” within this context. I never get the expressions from immigrants or people with very good English, and in this case it actually came from an Irish friend from Connemara. Perhaps it is something more frequently used in the West?

    Cheers!

    Comentário by Tarsila — 19/05/2014 @ 11:32 am

Leave a comment

Comentários que não contribuem para o tópico acima serão deletados.