09/11/2011

Intercâmbio na Irlanda: Objetivos

Hoje vocês conferem o terceiro post da série “Intercâmbio na Irlanda”.

No primeiro post falei sobre por quê estudar na Irlanda (para ler clique aqui) e no segundo post levantei questões sobre os diferentes programa de intercâmbios oferecidos na Ilha Esmeralda (para conferi-lo, clique aqui).

Hoje vou falar sobre um dos aspectos mais importantes de um intercâmbio: Objetivos.

Estudar no exterior hoje é uma oportunidade real para muitos brasileiros, mas é comum escutar estórias de pessoas que querem estudar na Irlanda simplesmente porque querem sair do país. Há uma idéia equivocada de que somente há oportunidades fora do Brasil e que tudo é um mar de rosas “lá fora”. Ter uma experiência de vida – em qualquer lugar do mundo – exige flexibilidade, saber superar seus limites, lidar com dificuldades e, principalmente, saber que você terá uma rotina e que coisas chatinhas também acontecem e existem em outras culturas.

Alguns de vocês sabem que eu fiz um programa de High School nos Estados Unidos quando tinha 17 anos, bem antes de eu conhecer o Eric, de me formar e de vir para a Irlanda. Naquela situação eu tinha alguns objetivos traçados – quando fui aos EUA eu queria lapidar meu conhecimento de língua inglesa e queria me entender melhor para que, quando eu voltasse ao Brasil, eu pudesse escolher um curso superior que fosse importante e válido para mim. Ao vir para a Irlanda queria ter uma experiência de vida que pudesse me acrescentar conhecimentos culturais, expandir meus horizontes e criar novas oportunidades. Nos dois casos havia o risco das coisas não darem certo – imigração, adaptação, integração, etc. –  e ficar ansioso por causa destes obstáculos é perfeitamente normal.

Mas você tem controle sobre muita coisa durante um intercâmbio e você pode contornar inúmeros contratempos através de duas coisas principais: Informações e Objetivos.

Busque muitas informações sobre tudo relacionado a Irlanda – geografia, história, clima, roupas, hábitos, modo de falar, de viver –  se torne um expert no assunto. Isto vai ajudá-lo a entender melhor a cultura irlandesa e permitir que você se sinta mais familiarizado. Tenha também em mente de que estas informações são um apoio para a sua experiência, mas sua bússola e seu norte serão seus objetivos.

A experiência de morar fora envolve muita dedicação e determinação, por isto saber quais são seus mais profundos e honestos objetivos é imprescindível. Você pode guardar somente para você quais são seus objetivos pessoais ou profissionais, mas o mais importante é que você TENHA objetivos. Objetivos claros e reais combinados com bastante conhecimento evitam eventuais frustrações.

 

Reflita com ponderação e honestidade sobre estas 10 questões:

1. Qual é meu real objetivo em estudar na Irlanda?

2. Qual é (ou quais são) meu objetivo pessoal?

3. Qual é (ou quais são) meu objetivo profissional ou acadêmico?

4. Estes objetivos são reais e concretos para que eu possa realmente atingi-los?

5. O tempo de duração do meu intercâmbio é suficiente para que eu atinja meu objetivo? Se não, como posso modificar a duração do meu curso para chegar lá?

6. O que pretendo fazer durante o tempo que vou estar na Irlanda para atingir meu objetivo?

7. Quais são as coisas que pretendo evitar para manter meu objetivo em foco?

8. Quais oportunidades devo buscar para atingir meu objetivo?

9.  Quais são os investimentos e escolhas que devo fazer para conseguir o que quero?

10. Meus objetivos e plano para atingi-los são possíveis serem realizados?

 

Estas perguntas são muito relevantes e merecem sua atenção e carinho. Um programa de intercâmbio com objetivos traçados permite que você consiga, de fato, o que tanto busca.

Um grande amigo uma vez nos disse algo que se tornou um mantra aqui em casa: “Resultado é o fruto de um esforço planejado” e acredito que muitas coisas são assim mesmo. Se começarmos com um objetivo e planejamento bem feito temos uma direção a ser seguida que nos dará orientação e se nos dedicarmos para seguir este plano, é muito provável que chegaremos lá… e com sucesso.

Eu compreendo que os objetivos podem mudar no meio do caminho. A vida apresenta eventos, oportunidades e situações de todos os tipos. Não importa se você quer mudar de prumo porque conheceu pessoas que tem objetivos diferentes ou simplesmente porque busca outra coisa. Acho que qualquer mudança pode ser válida, mas é essencial que você seja honesto consigo mesmo sobre qual é o seu objetivo e se a nova meta realmente tem a ver com o que você quer. Tenha sempre algum objetivo claro em mente, ou seja, tenha consciência sobre o caminho que você pretende traçar e como quer seguir daquele ponto em diante. Refletir sobre nossas ações é algo muito comum quando moramos fora, pois questionamos bastante se estamos nos integrando bem, mas acima de tudo é importante conhecermos quem somos e o que queremos de forma madura e respeitosa.

Trace seus objetivos por você – pelo que você quer. Seja na escolha da agência, do programa, curso, escola, acomodação, trabalho, amizades, passeios, alimentação, conversas, etc. Todas as ações e investimentos que você fará no exterior criam uma experiência que é única e exclusivamente sua, portanto tenha consciência de suas escolhas e seja responsável por elas.

O fruto desta experiência você levará para a vida toda.

Postado por: | Comments (36)

36 Comments »

  1. Demais..excelente…meu check list …abraços Tarsila..

    Comentário by Franklin — 09/11/2011 @ 1:57 pm

  2. Olá Franklin!

    Muito obrigada pelos elogios (como sempre!).
    Espero que estas informações possam ajudá-lo ainda mais! 🙂

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 08/12/2011 @ 3:16 pm

  3. Oi, Tarsila! Tudo bem? 🙂

    Sou de uma agência de intercâmbios e gostaria de entrar em contato contigo. Teria como me passar seu e-mail?

    Obrigada desde já.

    Comentário by Júlia — 09/11/2011 @ 2:11 pm

  4. Olá Júlia!

    Comigo tudo ótimo já lhe encaminhei um email e estou aguardando seu retorno. 🙂

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 08/12/2011 @ 3:17 pm

  5. Quase chorei ao ler o post… de verdade! rs
    Ao planejar meu intercâmbio estou me conhecendo melhor… escolhendo o que eu quero, o que não suporto, o que posso enfrentar para me tornar vencedora, o que colocarei em jogo para realizar um sonho… A organização do meu intercâmbio está sendo uma terapia de auto-conhecimento.
    Meus objetivos… são tantos e tão grandes, que precisam ser reduzidos à minha realidade.

    Mais um post encorajador… Thanks a million, Darling!

    Comentário by Juliana Lima — 09/11/2011 @ 2:26 pm

  6. Olá Juliana!

    Obrigada por compartilhar suas emoções.
    Um intercâmbio,é, de certo modo, uma terapia de auto-conhecimento e só depende de você embarcar nesta jornada que pode ser incrível.
    Fico muito feliz em poder ajudá-la e encorajá-la a seguir seus objetivos! 🙂
    It’s a pleasure to help. 🙂

    Xoxo

    Comentário by Tarsila — 08/12/2011 @ 3:20 pm

  7. Mto bom!!

    Adorei o post… veio no melhor momento para mim!

    Obrigada mais uma vez, Tarsila!

    Comentário by Leticia — 09/11/2011 @ 4:23 pm

  8. Olá Leticia!

    Muito obrigada pelo comentário! 🙂
    Fico muito feliz em poder ajudar, é um prazer.

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 08/12/2011 @ 3:22 pm

  9. “Resultado é o fruto de um esforço planejado” Meu novo mantra!
    Dia 20/02/12 chego por aí!
    Obrigada Tarsila, tu és D ++++…

    ;D

    Comentário by Danielle weiss — 09/11/2011 @ 5:27 pm

  10. Olá Danielle!

    Obrigada pelo elogio! 🙂
    Realmente é um ótimo mantra (há um quadro bem acima do meu computador com esta frase). 🙂
    E logo logo nos vemos por aqui!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 08/12/2011 @ 3:23 pm

  11. Demais!

    Comentário by Jonathan Laia — 09/11/2011 @ 7:39 pm

  12. Olá Jonathan!

    Muito obrigada! 🙂

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 08/12/2011 @ 3:43 pm

  13. Oi Tarsila!
    Adorei seu post, sinto isso na pele!
    Tenho mtos amigos que estudam comigo, mas na verdade nem vão para a aula, uns porque estão trabalhando e ficam mto cansados, outros porque vão pra balada mesmo e não estão nem aí pra estudar, enfim, depende do objetivo de cada um. Essas perguntas são ótimas para a gente refletir sobre o que realmente queremos. Saber o que quer é muito importante!
    Bjos

    Comentário by Cibele — 09/11/2011 @ 7:46 pm

  14. Olá Cibele!

    Obrigada pelo comentário.
    Cada um leva o investimento que fez como quer, não é mesmo? Alguns com seriedade e outros nem tanto. Depende do que você quer.
    Mais uma vez obrigada!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 08/12/2011 @ 3:44 pm

  15. Tarsila,

    Mais uma vez mandando mto bem nos posts!!!
    Estou adorando os posts desta semana!!!
    como ja disse uma vez, a cada dia tenho mais certeza de que escolhi o local certo para fazer meu intercâmbio!
    Muito Obrigado por toda a ajuda que você dá através do BLOG!
    Todo sucesso do mundo pra você!
    Parabéns!

    Comentário by Marcelo de Souza — 10/11/2011 @ 12:36 am

  16. Olá Marcelo!

    Obrigada pelo comentário e elogio. 🙂
    Fico muito feliz em saber que estou ajudando e que você tem certeza da sua escolha. Iupi!
    É um prazer poder ajudar e sucesso para todos nós!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 08/12/2011 @ 3:47 pm

  17. Oi Tarsila!
    Pretendo ir pra Irlanda .
    E estou adorando seu blog!
    Parabens!
    Ja te adoro sem te conhecer!rs
    Ateh breve!

    Comentário by Iasmin Novaes — 10/11/2011 @ 3:08 pm

  18. Olá Iasmin!

    Muito obrigada pelo comentário. Fico feliz em saber que você está adorando o Vida Na Irlanda e nos vemos em breve! 🙂

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 08/12/2011 @ 3:52 pm

  19. Olá Tarsila!

    Como sempre, um post excelente!!! Parabéns!!

    E muito obrigado por fornecer tanto material de qualidade para todos nós intercambistas!!!

    Beijo.

    Comentário by Rafael Marcos — 12/11/2011 @ 5:59 pm

  20. Olá Rafael!

    Muito obrigada pelo carinho e comentário, é um prazer poder ajudar!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 08/12/2011 @ 4:09 pm

  21. Tarcila!
    Chego no primeiro semestre de 2012 e desde o comeco desse ano quando me decidi pelo intercâmbio acompanho o seu blog, entretanto é a primeira vez que comento.
    Adorei o post e concordo que o intercâmbio faz parte na verdade de um grande auto conhecimento mesmo.

    Resolvi comentar depois de ler o comentário da Juliana Lima. Acho que talvez muitas pessoas nao saibam diferenciar sonhos e objetivos. Nao basta apenas sonhar, tenho que ver quanto custa, planejar e ver o que preciso fazer para realizá-ló e só assim ele se tornara um objetivo pra mim. Escutei sobre isso esses dias numa radio e achei bastante interessante, bom pra refletir.

    Obrigado por todo o apoio dado a nos, beijo!

    Comentário by Lohan Loetscher — 14/11/2011 @ 9:06 pm

  22. Olá Lohan!

    Obrigada pelo primeiro comentário e por acompanhar o Vida Na Irlanda!
    Fico muito feliz em poder ajudar e gostei do seu ponto entre sonhos e objetivos – super válido – obrigada mesmo!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 08/12/2011 @ 4:20 pm

  23. Adoro todas as suas postagem, pois você sabe abordar cada assunto de forma bem clara e objetiva. Com certeza este blog esta sendo para mim de grande ajuda já que em Fevereiro estarei ai estudando na Eden College. Mais uma coisa esses dias me tirou o sono. Me refiro as agressões gratuitas que os grupos denominados ” Knackers ” costumam fazer contra os imigrantes jogando ovos , cuspindo , agredindo com socos etc…Mais percebi que isso na maioria das vezes acontecem com maior frequência em determinados locais específicos e pelo que eu pesquisei esses casos graças a Deus são pequenos. Queria muito Tarsila que você pudesse me orientar em que região digamos assim é mais segura de se viver em Dublin e qual lugar que realmente eu deveria evitar. Como eu não sabia desse tipo de coisa fui pego de surpresa há praticamente dois meses antes do meu embarque para Dublin, e pra ser franco cheguei até em pensar em mudar de destino rsss , mais como também já li que isso não é em todos os lugares que acontecem e muitas pessoas moram ai e nunca tiveram problema com isso eu vim até aqui ao blog recorrer a sua ajuda ! 🙂

    Me da uma luz neste quesito para eu ficar ligado e evitar esse tipo de situação ai….

    Um abraço,

    Leandro

    Comentário by Leandro Lopes da Costa — 20/11/2011 @ 9:52 pm

  24. Olá Leandro!

    Obrigada pelo carinho e comentário!
    Na verdade a maior parte das áreas de Dublin é bem segura. Com certeza há áreas que abrigam classes menos favorecias, que talvez, por falta de educação ou pura falta de bom senso podem vir a agredir pessoas – e isto não é com estrangeiros – é com qualquer pessoa. Pessoalmente e felizmente eu nunca tive uma experiência assim – nunca fui assaltada, agredida ou roubada aqui na Irlanda, mas já escutei sobre acontecimentos assim, que não são comuns.
    Normalmente os próprios locais não recomendam andar pela área de Summerhill, East Wall, Finglas, Darndale… mas não posso generalizar e dizer que só há encrenca. Com certeza há pessoas que não tem a mínima intenção de agredir ninguém que mora nestas áreas, mas não é bom ficar dando sopa por estas áreas a noite.

    Espero ter ajudado

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 08/12/2011 @ 5:19 pm

  25. Wow!!! Simplesmente FANTÁSTICO!!!

    Comentário by Sandra Kelly — 21/11/2011 @ 10:22 pm

  26. Olá Sandra!

    Muito obrigada pelo elogio! 🙂

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 08/12/2011 @ 8:59 pm

  27. Olá Tarsila!adorei de o post ^^
    tira uma duvida minha: depois que eu fica em Dublin durante um ano como fasso para ficar mais um ano, mais sem ter que estudar?no caso morar ai mesmo! muito Obrigado

    Comentário by Marcos Castro — 23/11/2011 @ 11:53 pm

  28. Olá Marcos!

    Obrigada pelo comentário. 🙂
    Bom, você só poderá ficar no país morando sem estudar se: tiver um Work Permit ou Green Card, ter cidadania de algum dos países da União Européia ou se casar com algum cidadão da União Européia. Somente nestes casos é possível que um cidadão brasileiro fique aqui sem estudar.

    Espero ter ajudado!

    Beijinhos,

    Comentário by Tarsila — 08/12/2011 @ 9:30 pm

  29. Obrigado ajudou sim^^ curiosidade o que é Green Card?e como consigo Work Permit?

    Comentário by Marcos Castro — 09/12/2011 @ 12:40 am

  30. Olá Marcos!

    Fico feliz em ter ajudado!
    Veja mais sobre Work Permit e Green Card no site do Departamento de Jobs, Enterprise and Innovation: http://www.djei.ie/ na seção de International Workers.

    Espero ter ajudado!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 09/12/2011 @ 9:14 pm

  31. Olá Tarsila, tudo bem?

    Estou quase terminando de ler o blog (de trás para frente) peguei várias dicas, que serão muito úteis afinal estou indo para a Irlanda em abr/2013.

    Mesmo com o suporte que o blog oferece ainda tenho muitas dúvidas acredito que seja normal, pois deixar tudo para trás não é fácil.

    Já estou fazendo meu pé de meia, não sei se parece cedo demais só que quero levar a maior quantidade de R$ possível, pois não sei quando arranjarei um emprego ai.

    Já pesquiso lugar para morar mesmo tendo comprado 4 semanas de HF. E tenho dado uma olhada em emprego.

    Minha dúvida é minha área (turismo) é fácil de arranjar emprego?

    Tenho feito bico de babá para poder juntar uma grana a mais. É om pedir uma carta de referência para minha chefe para caso não ache na minha área conseguir algo do tipo. Pergunto, porque você disse ser mais fácil esses “subempregos”.

    Enfim tenho muitas dúvidas. Mas acho que toooodas só serão sanadas ai mesmo. rs

    Espero poder conhecer você e o Eric.

    xxx

    See you

    Comentário by Milena — 27/08/2012 @ 4:16 pm

  32. Olá Milena,

    Uau, todinho? Parabéns! É um tantão de posts…rsrsrs
    Você está completamente certa em estar preparada financeiramente, vai que surge um pepino, não é mesmo?
    Não sei se é fácil ou difícil encontrar algo na área de turismo, pois é uma área bem abrangente. Acho que você está tomando todas as medidas certas (sendo precavida) e até tendo uma carta de referência como babá.
    Tenho um sentimento de que as coisas vão se encaminhar de um jeito bom já que você me parece bem determinada. 🙂

    Muito sucesso!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 06/11/2012 @ 4:24 pm

  33. Olá Tarsila, estou indo para Irlanda em julho, mas estou preocupada (farei o curso de 4 semanas, pois sou professora aqui no Brasil e não consegui licença),… então estudo inglês desde os quinze anos paro, volto…, mas o que sempre me desmotivou é que consigo entender a parte escrita e gramática, mas tenho grande bloqueio ao escutar e falar…será que conseguirei me virar, pois meu desafio é esse, saber se sou acomodada…ou burra mesmo!!! Tenho 33 anos e espero quebrar esse bloqueio com a língua. Vc acha que ficarei muito perdida??
    Bjus e curto demais seus posts…

    Comentário by Alessandra Ramos Henrique — 05/01/2013 @ 2:04 am

  34. Olá Alessandra,

    Vamos lá: Conhecer seus limites e comportamento vão ajudá-la a criar uma estratégia para aprender. Como professora você sabe como é importante colocar em prática a teoria e acredito que é por isto que você vem fazer o curso na irlanda. Você conseguirá se virar sim, mas tem de deixar a timidez de lado e falar sem vergonha, porque você vai estar aqui para aprender mesmo! 🙂 Vá atrás! Ficar perdida é completamente normal, até porque tudo é novo (lugares, pessoas, costumes, língua, etc.) mas vale muito a pena.

    Espero ter ajudado!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 11/03/2013 @ 5:42 pm

  35. Olha… Estou lendo seu site todos os dias desde o ano passado. Sem palavras para esse post. Eu li ha um ano atras e estava relendo hj. Estou na Irlanda ha alguns meses e minha vida mudou COMPLETAMENTE pq mantive objetivos possiveis de serem concretizados e em um ano tudo mudou desde a primeira vez que vim para ca e ate o meu retorno permanente.
    Obrigada por compartilhar suas experiencias e conhecimentos e demonstrar humilde em tudo isso, o que sincerente eh muito dificil encontrar hj em dia!
    Gostaria que se possivel tu me mandasse um email, quero compartilhar algumas coisas cntg!!!
    lorianharford@gmail.com

    Bjs!!! Fica com Deus

    Comentário by Lórian Leal — 11/05/2013 @ 10:00 pm

  36. Olá Lórian!

    Obrigada por acompanhar o Vida Na Irlanda diariamente! 🙂
    Fico feliz em saber que este post a ajudou tanto, de verdade, é um prazer. Eu fico honrada de poder compartilhar o que sei com pessoas que estão em busca de experiências bacanas e informadas e fico realmente muito feliz em poder ajudar.

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 02/07/2013 @ 12:46 pm

Leave a comment

Comentários que não contribuem para o tópico acima serão deletados.