23/04/2011

Se Virando em Dublin: Doenças e remédios

Quando fazemos um intercâmbio e nos mudamos para um país com clima e temperatura diferentes já cogitamos a possibilidade de ficarmos doentes e não é uma questão de sorte, mas sim de adaptação.

Nosso corpo está acostumado a determinadas condições e depois de ficar, no mínimo, 13 horas dentro de uma aeronave, deixa o sistema imunológico de qualquer pessoa abalado. Por isto temos de reforçar nossas defesas, nos alimentar e nos hidratarmos muito bem porque nosso corpo também terá de se adequar ao novo ambiente – a Irlanda.

Resolvi escrever este post porque depois de passar um mês (!) em terras tropicais voltei para casa com dor de garganta. Não é nada grave e já estou melhor, mas dor de garganta é uma doença comum do corpo avisando que algo não está certo, no meu caso, o ar que respirei. Saí de Dublin, onde o ar é limpo e úmido e fiquei um tempão respirando o ar “regular” e seco de Sampa, ao voltar meu corpo sentiu que algo não estava certo.

Outras pessoas experienciam o que eu chamo de “gripe ou resfriado da segunda semana”, pois a grande maioria das pessoas que conheço chegaram aqui na Terra dos Leprechauns e durante a primeira semana estavam super animadas, nem deu tempo de ficar doente, mas na segunda semana…a gripe ou resfriado vem com tudo e dá-lhe canja de galinha (ótima para gripes e resfriados). Já aviso que ficar resfriado ou gripado quando se chega aqui é bem normal, mas nunca é demais nos preparamos para estas situações, por isto as pessoas trazem remédios do Brasil, muito embora alguns sejam vendidos aqui.

Eu aconselho que cada pessoa traga a sua “farmácinha” pessoal com remédios que está habituado a usar em caso de pequenos contratempos como gripe, resfriados, dores de cabeça, de garganta, no corpo, etc. Caso você não queira trazer ou seu estoque acabar é bom lembrar que alguns remédios aqui são mais difíceis de conseguir, por exemplo, a pílula anticoncepcional só é vendida mediante prescrição médica, e qualquer medicamento que contenha Paracetamol também é vendido com determinadas restrições, já que esta substância é a maior responsável por envenenamento por aqui. Por exemplo, não se pode comprar vários pacotes de paracetamol de uma vez só e a compra dele combinada com um produto analgésico também é proibida.

Alguns remédios que são vendidos por aqui para sintomas específicos são:
Nota: Eu não sou médica e portanto não posso recomendar o uso de determinado remédio para cada pessoa, apenas estou apontando os que conheço e/ou uso. Cada produto deve ser avaliado por um médico que conhece a composição deles e a sua situação médica. Favor também se atentar aos componentes que podem causar reação alérgica e leia SEMPRE a bula do remédio.

Gripe e Resfriado:
Neurofen Cold & Flu (Componente: Ibuprofen)
Advil Cold & Flu (Componente: Ibuprofen)
Lemsip Max Cold & Flu (Componente: Paracetamol)
Panadol Cold & Flu (Componente: Paracetamol)

Sinusite:
Sinutab (Componente: Paracetamol , Pseudoephedrine Hydrochloride)

Tosse seca ou com catarro:
Benylin (Xarope)

Dores de cabeça:
Neurofen Plus (Componente: Ibuprofen)
Panadol (Componente: Paracetamol)
Solpadeine (Componente: Paracetamol)

Dor de garganta:
Stepsils (Pastilhas, Componente: 2,4-Dichlorobenzyl Alcohol, Amylmetacresol)

Náusea:
Motilium Instants (Componente: Domperidone)

Indigestão / Azia:
Gaviscon (Componente: Sodium Alginate, Sodium Bicarbonate , Calcium Carbonate)
Rennie (Componente: Calcium Carbonate)
Milk of Magnesia (Leite de Magnésia, Componente: Magnesium hydroxide)

Aftas:
Bongela (Componente: Choline Salicylate , Cetalkonium Chlorid)

Cólicas Menstruais:
Feminax (Componente: Paracetamol)

Intestino solto / Diarréia:
Imodium Instants (Componente: Loperamide Hydrochloride)

Intestino preso:
Senokot (Componente: Senna)
Dulcolax (Componente: Bisacody)

Gases:
WindSetlers (Componente: Dimeticone)

Dores musculares (pomada):
Arnicare (Pomada ou gel, Componente: Arnica)
Voltarol Pain-eze Emulgel (No Brasil se chama Cataflam, Componente: Diclofenac)

Estes são alguns dos principais “desconfortos” que podemos ter ao longo do caminho e se você se encontrar em uma situação em que não sabe o que procurar na farmácia, estas indicações podem ajudá-lo a explicar o que você precisa.

Para quem prefere soluções mais suaves ou naturais (chás, cápsulas, pomadas, florais, remédios homeopáticos), já aviso que existem lojas por aqui como a Nourish e a Holland & Barrett. Até mesmo nas grandes farmácias alopáticas, como a Boots e nos supermercados como o Tesco existem soluções naturais.

Como eu disse, não esqueça de consultar um médico!
Aqui normalmente há médicos e/ou profissionais da área de saúde disponíveis dentro da própria farmácia, não hesite em pedir ajuda, afinal de contas nossa saúde deve vir em primeiro lugar.

Postado por: | Comments (163)

  1. Olá Tarsila! Muito obrigada pela informação. Foi de grande valia. O site que vc me enviou, automaticamente me forneceu 3 profissionais homeopatas na área escolhida por mim. Quando eu voltar já tenho graças a vc, a informação de por onde começar. Mais uma vez sua ajuda foi preciosa! Deus continue abençoando seu trabalho que é tão útil para nos. Bjs

    Comentário by Nanda Rabello — 22/06/2014 @ 7:23 pm

  2. Olá Nanda,

    Disponha. Na verdade é um trabalho de amor, pois não recebo nada por isto e quero contribuir com a experiência das pessoas na Irlanda e desejo tudo de muito bom para você e seu bebê!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 22/06/2014 @ 9:59 pm

  3. 🙂 <3

    Comentário by Nanda Rabello — 22/06/2014 @ 10:18 pm

Sorry, the comment form is closed at this time.