03/12/2008

Ficando em casa

Como vocês devem saber, eu fico bastante em casa e agora com o friozinho é ainda melhor (principalmente quando eu estou muito bem acompanhada de um chá ou de um delicioso chocolate quente), mas eu fico muito mais feliz quando eu consigo fazer umas coisinhas mais artísticas… como, por exemplo, enfeitar minha caixa do correio. O único espaço customizável é a plaquinha com o número do apartamento. Antes era um rabisco rabisquento feito pelo o proprietário, um treco que parecia com um 27, mas duvidoso, às vezes parecia 21. Resolvi fazer algo a respeito (acho que o carteiro também apreciou a mudança). Tenho um já feito para o natal, mas fotinhos vem depois…


E como eu fico fazendo mil coisinhas, o Eric aproveita para tirar fotos (minhas) enquanto eu estou ocupada. Foi então que eu percebi – eu realmente seguro o lápis de um jeito muito esquisito! Eu já sabia, mas nunca tinha visto como se eu fosse outra pessoa e, de fato, parece que eu faço muita força para segurá-lo, mas pra mim é tão sutil e tão, hmmm, normal! Enfim, não vou e nem quero mudar (digamos assim que se eu segurar o lápis de um jeito “normal”, eu não sou tão coordenada e me cansa muito)…


Aqui está um desenhinho que eu fiz aos poucos e pintei com aquarela (ando mexendo bastante com aquarela), mais experimentando do que qualquer outra coisa e tenho me divertido muito. Pela foto abaixo vocês podem ver as evidências – minha xícara (com chá), minha bolinha feita de flores de origami (feita recentemente), papel de chocolate comido, cola usada, superbonder, estilete, minha caneta Staedler, e um papel cheio de aquarela… coisas do ofício, vocês sabem como é.Aqui tem um close do desenho.
Agora, olhando para o “gelo” que está pairando sobre as casas, carros e ruas, não concordam que ficar em casa é uma delícia?

Beijinhos e até mais!

Postado por: | Comments (4)

4 Comments »

  1. Lindos os desenhos, parabéns! Eu to adorando conhecer sua vida na irlanda! eheheh

    Comentário by Rodolfo Collin — 16/10/2010 @ 1:33 pm

  2. Obrigada Rodolfo! 🙂
    Pois é, esta é a minha Vida Na Irlanda!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 18/10/2010 @ 10:58 pm

  3. Vou pra Dublin no fim de fevereiro/2012 e estou com uma dúvida
    gigante! Eu tenho doença celíaca (não posso ingerir glúten) e sou
    intolerante à lactose. Primeiro, tô com um baita medo de como vou me
    adaptar à comida irlandesa e onde vou achar alimentos especiais que eu
    possa comer. Mas o problema maior é em relação ao seguro saúde…por
    causa da minha doença eu estou com algumas deficiências de vitaminas,
    já tô fazendo tratamento há algum tempo, mas posso precisar fazer
    exames de sangue e consultas. Pensei em fechar o seguro com a GTA,
    pois ouvi boas indicações e iria pegar o Euroassist por ser mais
    completo, mas me falaram que no meu caso (doença pré-existente) não há
    cobertura nenhuma de exames ou consultas. Vocês sabem se é muito caro
    pagar exames e consultas à parte ou se existe algum outro seguro que
    cubra esse tipo de coisa? Qualquer informação será uma grande ajuda,
    porque eu tô total perdida!

    Valeu!

    Comentário by Caroline Weiss — 01/01/2012 @ 9:11 pm

  4. Olá Caroline!

    Tudo bem? Espero que sim!
    Obrigada pelo comentário.
    Vamos lá: Assim como você, muitos irlandeses tem a doença celíaca e intolerâcia a lactose. Há sim opções em supermercados (veja este link: http://www.coeliac.ie para você e restaurantes que oferecem opções assim, como por exemplo o The Millstone Restaurant.

    Para obter uma lista dos restaurantes na Irlanda que servem comida para quem tem a doença celíaca, entre em contato com a Coeliac Society of Ireland neste link: http://www.coeliac.ie

    Um recurso interessante é explorar o site da Coeliac Society of Ireland – http://www.coeliac.ie/ – e se juntar à esta sociedade. No website eles oferecem receitas http://www.coeliac.ie), dicas para uma vida sem glúten http://www.coeliac.ie) e caso você tenha o visto de 1 ano você pode pedir o DRUG PAYMENT SCHEME http://www.coeliac.ie (permite um desconto de até €132 em alimentos com prescrição de um médico irlandês, como os alimentos especificados nesta lista: http://www.coeliac.ie.

    Normalmente uma consulta médica aqui custa por volta de €50. Dependendo do médico os exames estão inclusos neste preço ou não. Recomendo que você busque contratar um seguro que cubra sua doença pré-existente, mas que também tenha cobertura mínima de toda a Irlanda para casos de emergência (este seguro, se você for ficar aqui por no mínimo 6 meses, tem de ser no mínimo o governamental, que é o mais barato, mas você pode contratar um outro seguro que seja mais amplo). Seguro-viagens não são aceitos.

    Espero ter ajudado! 🙂

    Beijinhos

    * PS – Lembre-se que estas páginas na web podem ser traduzidas através do Google Tradutor – http://translate.google.com.br/ – (basta colocar o endereço da página onde se escreve e selecionar de Inglês para Português). 🙂

    Comentário by Tarsila — 09/01/2012 @ 5:52 am

Leave a comment

Comentários que não contribuem para o tópico acima serão deletados.