09/07/2011

Irishisms: “Th”

Uma das coisas que os brasileiros mais notam ao chegar na Irlanda é que os irlandeses pronunciam algumas palavras de modo peculiar ou diferente daquele estudado dentro da sala de aula, tornando a experiência de conhecer a língua viva falada no cotidiano uma grande descoberta.

O sotaque da Ilha Esmeralda (e os diversos sotaques dentro dela) são realmente diferentes das versões americanas ou inglesas, normalmente empregados nas escolas do Brasil. Contudo estas pequenas particularidades podem surgir por causa de diversos fatores e um deles é a herança do idioma gaélico ou irlandês.

Uma das grandes dificuldades do brasileiro aprendiz de inglês é a pronúncia do dígrafo “th” [θ].

Sim, eu sei, ele pode ser um grande desafio, pois este fonema não existe na língua portuguesa. Alguém se lembra da professora falando “você deve colocar a língua entre os dentes” ? E para conseguir falar “thought” sem parecer que estamos comendo nossa própria língua? Não é fácil…

Pois então, em função das origens gaélicas, os irlandeses normalmente pronunciam o “th” de forma sutil e sem “h” no começo das palavras tornando, por exemplo, os sons de “think”, “thought”, “thunder”, “thanks”, “there” em “tink”, “tought”, “tunder”, “tanks” e “tere”.

Aja com naturalidade ao escutar  “Oh tanks a mill” – eles não querem dizer “tanques” e sim “obrigado/a” – ou então “I saw tree lads standing over tere” – nada de árvores por lá, somente três garotos. Você logo perceberá que a língua falada por aqui é recheada de “soft Ts” como eles mesmo dizem.

Estes detalhes são, muitas vezes, fascinantes pois transparecem as raízes e a cultura do povo da Terra dos Leprechauns. Portanto se você não conseguir ou não quiser falar o “th” não tema, ele é pronunciado diferente por aqui!

Contudo para aqueles que desejam praticar o tradicional e danadinho do “th“, sugiro um pequeno exercício:

1) Faça uma leve “conchinha” com palma da sua mão na frente da sua boca (uns 10/15 cm de distância), centralizando o meio da palma com a boca.

2) Pronuncie uma palavra que começe com “th“, como por exemplo, “think” (pensar).

3) Observe onde o ar que sai da sua boca vai na palma da sua mão.

3.1) Se o ar for para baixo, você provavelmente está pronunciando “sink” em vez de “think”, mas “sink” é o verbo “afundar” ou o substantivo “pia”.*

3.2) Se o ar for para cima, você provavelmente está pronunciando “fink” em vez de “think” mas “fink” é um substantivo que significa “informante” ou “traidor”.*

3.3) Se o ar bater exatamente no meio da sua palma da mão – parabéns! Você está pronunciando o “th” de acordo com a fonética da língua inglesa.
* Atenção, mesmo dizendo “sink” ou “fink” as pessoas entendem o que você quer dizer pelo contexto da conversa. Não fique angustiado, na verdade sinta-se livre para se comunicar como bem entender porque no final das contas o que importa é superar nossos desafios de comunicação e ter uma experiência fantástica!

Tenha um ótimo fim de semana!

 

Postado por: | Comments (42)

42 Comments »

  1. Oi Tarsila!!!

    Excelente dica. Muito obrigada!

    Beijos.

    Comentário by Suellen Pereira — 09/07/2011 @ 3:56 am

  2. Olá Suellen!

    Disponha! Fico feliz em poder ajudar!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 14/07/2011 @ 10:00 am

  3. Ameiiiiiiiiiiiiiiii Tarsila! Sou professora de ingles, e essa é realmente uma das maiores dificuldades dos alunos, eles se sentem bastante envergonhados de tentar pronunciar o TH correto. =)
    Essa técnica da mão é ótima! Adorei.
    Já tinha ouvido falar que o TH dos irlandeses era diferente. Em setembro chego aih pra comprovar. Ótimo post.
    beijossssssssss

    Comentário by Lorena Luna — 09/07/2011 @ 3:56 am

  4. Olá Lorena!

    Obrigada pelo apoio profissional, eu também sou professora de inglês (e outras coisas), e aprendi esta “técnica” na faculdade, desde então tenho utilizado. 🙂
    Logo logo você chega hein?

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 14/07/2011 @ 10:01 am

  5. Gostei da dica Tarsila, o ventinho na conchinha é verdade. kkkkkkk.
    Parabéns.

    Comentário by Jonathan Maia — 09/07/2011 @ 2:50 pm

  6. Olá Jonathan!

    Obrigada pelo comentário.
    Não é mesmo? Agora não há como não pronunciar corretamente. 🙂

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 14/07/2011 @ 10:02 am

  7. Show Tarsila 😉

    Comentário by Michelle — 09/07/2011 @ 6:09 pm

  8. Olá Michelle!

    Muito obrigada! 🙂

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 14/07/2011 @ 10:03 am

  9. Obrigado Tarsila pela grande dica. A partir do dia 23 de julho estou em Dublin e ter essas dicas vale bastante.

    Comentário by Rodolfo Cesar — 09/07/2011 @ 11:00 pm

  10. Olá Rodolfo!

    Disponha, fico feliz em poder ajudar. E semana que vem você chega! U-hu! Espero que curta muito sua experiência. 🙂

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 14/07/2011 @ 10:04 am

  11. Ótimo!

    Comentário by Ceci — 10/07/2011 @ 1:39 pm

  12. Olá Ceci!

    Obrigada pelo comentário! Fico feliz em poder ajudar.

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 14/07/2011 @ 10:05 am

  13. Gente…. Simplesmente AMEI o blog, e tô impressionado como ele é viciante!!
    A Tarsila é praticamente a embaixatriz dos brasileiros na Irlanda.
    Parabéns querida.
    KAN
    SãoLuis/MA

    Comentário by KAN — 11/07/2011 @ 3:19 pm

  14. Olá Kan!

    Muito obrigada pelo carinho. Fico honrada com um comentário tão gentil. 🙂
    Obrigada mesmo!

    Mil beijinhos

    Comentário by Tarsila — 14/07/2011 @ 10:08 am

  15. Eeeee!
    Mais uma dica maravilhosa! Morro de medo do tal “th”, e essa dica do “ventinho na mão” é ótima!! Passarei a treinar horrores! hihihi

    Abraço, Tarsila!!

    Comentário by Vanessa Weck — 11/07/2011 @ 10:11 pm

  16. Olá Vanessa!

    Não tenha medo. 🙂 Prática leva à perfeição e tenho certeza de que você irá melhorar bastante!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 14/07/2011 @ 10:23 am

  17. Olá, Tarsila!
    É a primeira vez que comento, mas já frequento seu blog há alguns dias.
    Depois dessas excelentes dicas, definitivamente, me senti obrigada a comentar!
    Achei muito divertido o lance da conchinha na mão (e dá certo!)
    Parabéns pelo seu blog, é mesmo verdade que ele é viciante!
    Até quando você esteve/estará na Irlanda?
    Abraços!

    Comentário by Fernanda — 12/07/2011 @ 2:51 pm

  18. Olá Fernanda!

    Obrigada pelo comentário! 🙂
    Fico feliz em saber que a “conchinha” deu certo e que você já está viciada no Vida Na Irlanda!
    Eu moro aqui há mais de 4 anos e não pretendo retornar.

    Espero ter ajudado!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 14/07/2011 @ 10:35 am

  19. Esse Th mata qualquer um… euehuehuehue… eu não conhecia essa técnica da mão… Muito legal!
    Mas fiquei com uma cuirosidade: o que você percebeu de diferença de pronúncia entre or irlandeses e os ingleses?

    Abraço

    Comentário by Petter — 14/07/2011 @ 4:45 pm

  20. Olá Petter!

    Pois é, o “th” pode ser complicado, mas com calma chegamos lá.
    Bom o sotaque é diferente e mesmo dentro da própria irlanda, nas diferentes áreas, há sotaques variados (até dentro de Dublin). 🙂
    Mas há diferenças sim! Fique antenado na categoria “Irishisms” para novidades!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 15/07/2011 @ 8:39 am

  21. Nossa funciona mesmo!! estou super emocionada, esse sempre foi o meu problema!!! Mas o que eu mais gostei foi a palavra de insentivo no final. “na verdade sinta-se livre para se comunicar como bem entender porque no final das contas o que importa é superar nossos desafios de comunicação e ter uma experiência fantástica!” É exatamente isso que procuro na minha viagem, estou indo para Dublin agora em agosto. bjus

    Comentário by Rayssa — 14/07/2011 @ 8:33 pm

  22. Olá Rayssa!

    Sim! funciona mesmo. 🙂
    Agora você poderá praticar bastante e se jogar nesta nova empreitada sem medo de pronunciar o “th” não é mesmo?
    Logo logo você chega! ÊÊÊ!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 15/07/2011 @ 8:46 am

  23. Sensaciobnal a dica da conchinha Tarsila, muito obrigada!

    Comentário by Janaina — 18/10/2011 @ 1:51 pm

  24. Olá Janaina!

    Muito obrigada pelo comentário. Esta dica da conchinha aprendi na faculdade e acho demais. 🙂

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 04/11/2011 @ 5:20 pm

  25. Olá!

    Seu blog é lindíssimo, muito organizado e bem escrito!

    Muito interessante a técnica… Quando a diferença é percebida não só pelo som os alunos se sentem mais confiantes! Quanto mais artifícios externos eles têm pra confirmar o que estão fazendo, melhor. Gostei mesmo!

    Beijinhos!

    Comentário by Kelly Christie — 07/11/2011 @ 4:44 pm

  26. Olá Kelly!

    Muito obrigada por todos os elogios e comentário! 🙂
    Esta técnica é realmente muita boa e fiquei feliz em saber que você também a aprova! Realmente é um meio dos aprendizes confirmarem o aprendizado. 🙂

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 08/12/2011 @ 2:10 pm

  27. Olá. gostei muito deste texto. A dica do Th é muito boa!! Parabéns pelo site, ele é realmente muito bom.

    Comentário by Janaina M. Aleixo — 15/12/2011 @ 12:36 pm

  28. Olá Janaina!

    Obrigada pelo comentário e carinho. 🙂

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 07/01/2012 @ 2:43 pm

  29. Nooooooooooooosssssssssaaaaaaaaaaaaa! 🙂 Este post me ajudou muito! Ótima dica. Adorei! Obrigada!

    Comentário by Lais — 24/01/2012 @ 10:43 pm

  30. Olá Lais!

    Disponha! 🙂

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 09/02/2012 @ 4:24 pm

  31. Oi, Tarcila!
    Eu sou intercambista aqui na Irlanda ha 1 ano e meio e descobri de uma forma engracada esse diferente jeito de pronunciar o “th” aqui.
    Um irlandes me pediu para buscar uma ferramenta onde a banheira estava.. o.O EU respondi morrendo de medo: ” Que morcego???? Onde??? Onde ele tah???” Ele n conseguia entender o meu desespero.. rsrs Eu dizendo e repetindo: Bat????? e ele: Yeah, a Bath!!!!!!!” (pronuciando Bat tambem!!) Aff.. que susto…
    Mas no fim nos entendemos quando eu disse: “Bat, like batman??” E ele disse: “No, bat(h) that u wash yourself…” ahhaiauhiau

    Enfim, foi uma experiencia engracada que queria compartilhar.

    Parabens pelo seu maravilhoso trabalho.
    Rosane Miranda.

    Comentário by Rosane Miranda — 19/05/2012 @ 7:52 pm

  32. Olá Rosane,

    HAHAHAHA! Eu não estou conseguindo parar de rir! Imagino seu desespero com o morcego que era banheira. 🙂 Olha só como acabamos em situações engraçadas com a comunicação. Obrigada por compartilhar!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 13/07/2012 @ 12:15 pm

  33. Essa foi uma dica e tanto. Fiz o teste do ar na concha da mão. Pareceu-me central rsrsrs
    Bora ver depois… rrsrs
    Parabéns pelo blog!

    Comentário by Suede Baima — 15/06/2012 @ 2:26 pm

  34. Olá Suede,

    Obrigada pelo comentário e fico muito feliz que a dica tenha funcionado. 🙂 Para ver os outros modos, tente fazer o som com o “f” e com o “s” e sinta a diferença.

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 16/07/2012 @ 3:16 pm

  35. Boa noite,

    Preciso de uma ajuda, qual a pronuncia para “beo”?

    Obrigado

    Comentário by Hilário — 15/02/2013 @ 4:54 am

  36. Olá Hilário,

    Não entendi muito bem a sua pergunta. Você pode esclarecer o que você quer dizer com “beo”?
    Em inglês me parece que a pronúncia, se for solta assim, será algo como “biou”, se for soletrado é “bi-i-ou”.

    Espero ter ajudado

    Comentário by Tarsila — 16/04/2013 @ 3:01 pm

  37. Olá Tarsila,

    Então, eu possuo uma empresa de eventos e para fugir do clichê de usar palavras conhecidas (muito usadas do inglês) encontramos na língua irlandesa (gaélica) a tradução de Viver = Beo que nos agradou profundamente como nome da nossa empresa.

    E para não pronunciarmos BEO (português) afinal não é uma sigla e sim uma palavra com um significado muito importante, vim até vocês pedir ajuda.
    “Beo” tradução Vivier.

    Beo eventos, Viva todas as emoções.

    Obrigado

    Comentário by Hilário — 16/04/2013 @ 6:24 pm

  38. Olá Hilário,

    Fiz uma breve pesquisa e vi que BEO significa “Vivo”, “ao vivo” e não o verbo viver. A pronuncia de Beo está disponível aqui: http://www.forvo.com/word/beo/

    O verbo “viver”/”existir” é “mair” em irlandês. A pronuncia de Mair está disponível aqui: http://www.forvo.com/word/mair/#ga

    Espero ter ajudado!

    Comentário by Tarsila — 25/06/2013 @ 2:16 pm

  39. Oi Tarsila,

    Tudo bem, muito obrigado por toda essa força. Olha só já estou com a empresa em funcionamento beoeventos.com.br

    Fiquei muito feliz por obter o teu retorno. Um abraço e saiba que foi extremamente útil a tua ajuda!

    Comentário by Hilário — 25/06/2013 @ 6:04 pm

  40. Olá Hilário!

    Disponha! É um prazer ajudar e desejo muito sucesso para Beo Eventos!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 08/08/2013 @ 12:44 pm

  41. Tive que postar um comentário. Foi a melhor dica que para pronunciar o TH que já li!
    Tô compartilhando com todo mundo só alegria!
    Eu estava me valendo do da pronuncia do “C” (pronuncia espanhola). Mas só agora posso ter certeza que estou indo no caminho certo 🙂
    Poderia dar uma dica para o outro som produzido pelo TH (voiced) tipo (That/those/Clothe) por favor.
    Muito Obrigada.

    Comentário by Grazi — 06/07/2013 @ 5:14 pm

  42. Olá Grazi!

    Muito obrigada pelo comentário e carinho. Fico feliz em ter ajudado e espero que você continue disseminando o conhecimento sobre o “th”! 🙂

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 06/05/2014 @ 8:32 am

Leave a comment

Comentários que não contribuem para o tópico acima serão deletados.