24/11/2011

Estudar na Irlanda: Centre of English Studies (CES)

Esta semana vocês podem conferir uma entrevista com um rapaz muito alto astral que veio estudar inglês no Centre of English Studies e que pretende no futuro fazer uma especialização em marketing.

Lhes apresento…O FRANCISCO!

O Francisco é do Fortaleza – CE e trabalhava em uma empresa que passou por uma grande reestruturação. Ele aproveitou os ares de mudança e já que estava estudando inglês viu que a saída do trabalho era o catalisador perfeito para fazer um intercâmbio. A busca por novas oportunidades e experiências e foco principal em desenvolver o inglês trouxe este rapaz até a Ilha Esmeralda. O que ele está achando da experiência? É só continuar lendo…

Qual é o seu nome e idade?

Francisco Maia, 27 anos

Qual o seu curso e escola?

Francisco – General English (6 meses de aula e 6 meses de férias)

Há quanto tempo você está aqui na Irlanda e há quanto tempo estuda na sua escola?

Francisco – Estou há 3 meses na Irlanda e comecei meus estudos assim que cheguei. Há aulas começando todas as segundas-feiras.

Por que você escolheu a Irlanda?

Francisco – Sempre ouvi falar que os irlandeses eram muito amigáveis e de fato pude confirmar que são mesmo. Eu sempre tive vontade de estudar na Europa, mas o custo de vida em Londres é mais cara. Como o povo irlandês é mais amigável e o preço mais acessível, optei pela Irlanda.

Você escolheu qual agência de intercâmbio? Por que?

Francisco Vim pela agência Brasil For All. Uma amiga minha estava trabalhando para a BFA e já morava aqui na Irlanda. Para mim o preço foi um grande diferencial e era tão atraente que até me deixou receoso, mas como eu conhecia uma funcionária, tive mais segurança.

Valeu a pena contratar o serviço de uma agência?

Francisco – Sim. O pessoal da Brasil For All tem sede aqui na Irlanda e são muito profissionais. Tudo que foi acordado no contrato foi entregue. Eles tem uma seção no site deles com dúvidas freqüentes que foi de muita ajuda e sempre que precisei deles entrei em contato por e-mail e obtive as respostas que procurava.

Por que você escolheu o Centre of English Studies como sua escola?

Francisco – A agência me ofereceu várias opções e estava com muito receio em relação a escolha da escola. Eu não tenho problema nenhum em me relacionar com brasileiros, mas disseram que na CES não tinha muitos brasileiros e é, de fato, assim. Em termos de educação acredito que é melhor investir em algo bom e como recomendação da agência, seu eu pudesse pagar, a CES era uma opção da qual eu não iria me arrepender – e é verdade! A CES é uma escola com excelente qualificação e ensino.

Qual o seu objetivo em estudar na Irlanda e no Centre of English Studies?

Francisco –  Primeiramente aprimorar o inglês e futuramente pretendo fazer uma especialização em Marketing e depois, fazer uma especialização em Marketing Cultural.

Que tipo de acomodação você escolheu? Como foi a experiência?

Francisco Quando cheguei passei duas semanas na acomodação estudantil da própria Brasil For All. Eu fiz tudo por eles – transfer, escola, acomodação, etc. –  somente comprei por minha conta a passagem aérea. As duas semanas foram tempo suficiente para eu procurar um outro lugar para morar, antes de vir acreditei que era pouco tempo, mas foi suficiente.

De modo geral a experiência foi muito boa, pois a acomodação fica em Cork Street em Dublin8, pertinho da escola e de outras coisas, como o supermercado. Os funcionários da Brasil For All me deram assistência no que precisei e foi uma experiência legal.

Qual é a sua opinião sobre seu curso?

Francisco  O curso é extremamente coerente com o que me disseram e estou muito feliz. A carga horária é um pouco maior, permitindo um estudo mais intenso e há uma preocupação muito grande em relação ao nível da alunos para que as classes sejam bem niveladas.

A CES também dá muito suporte extra como acesso a internet, aluguel de livros, filmes, fornecem informações sobre como fazer os primeiros trâmites burocráticos no país como obter o PPS, abrir conta no banco, se registrar na GNIB, etc. e eles são muito eficazes na entrega das cartas.

Todas as semanas a escola oferece várias atividades extra-curriculares para conhecer Dublin e fora da cidade e há festas, como por exemplo de Halloween. A escola procura promover atividades que integram os alunos fora da sala de aula. Acho que isto é um diferencial.

Quais são as nacionalidades dos professores na CES?

Francisco Em geral eles são irlandeses, e uma vez tive um professor substituto do Canadá.

Quantos alunos tem na sua sala/curso? Quais são as nacionalidades dos alunos?

Francisco  na minha sala tem no máximo 15 alunos. Há bastante italianos e espanhóis que normalmente fazem cursos de curta duração. Na minha sala tem pessoas da Arábia Saudita, Venezuela, Kuwait, Cazaquistão, Japão e Coréia e Brasil.

Há muitos brasileiros no Centre of English Studies?

Francisco Não, durante os meus três meses tive somente 3 colegas brasileiros na sala. A CES tem um cuidado grande em misturar as nacionalidades.

Qual sua opinião sobre o horário e duração das aulas?

Francisco  Há duas aulas durante o dia. A carga horária total é das 9h às 13h. O primeiro horário é das 9h às 11h e é mais focado em gramática, e o segundo horário é das 11:30h às 13h e é mais divertido, é o inglês do dia-a-dia. É como colocar o que aprendi na prática.

As aulas tem um equilíbrio: um pouco mais teórico e um pouco mais prático e sempre que podem e se houver demanda, os professores sempre conversam sobre os hábitos culturais, músicas, coisas do cotidiano como Halloween e as eleições, por exemplo. São coisas que servem para situar onde você está. E eu sei que não é o foco, mas a CES ofereceu já algumas vezes aulas de gaélico a tarde.

Boa parte das escolas não tem aulas as sextas-feiras e agora que estou trabalhando vejo isso como um tempo a mais para descansar ou fazer uma atividade extra, mas estou satisfeito com o horário.

O que você mais gosta e menos gosta no CES?

Francisco O que eu mais gosto é a seriedade, comprometimento e suporte ao aluno e não tem nada que eu não goste. Um pequeno problema, que não é da escola, mas de uma realidade de muitos brasileiros, é que a nossa moeda não vale tanto e os estudantes europeus gastam mais dinheiro aqui, até mesmo porque o curso deles é de curta duração e daí nem sempre dá pra acompanhar, financeiramente, o ritmo de vida deles.

Você tem alguma sugestão para a melhoria da escola?

Francisco Não é necessário, mas se houvesse mais atividades de listening e trabalho com produções multimídias, as aulas poderiam ser ainda mais atrativas.

O que você acha que o Centre of English Studies oferece de diferencial?

Francisco  A atenção ao aluno, principalmente na sala de aula. Eles dão bastante atenção e se percebem que o aluno é introvertido eles solicitam o aluno para interagir. Os professores são meio amigos da gente e tem uma relação boa com os alunos, mas também são muito comprometidos em ensinar.

Você acha que existe diferença entre estudar aqui e no Brasil?

Francisco Sim. Estudei inglês no CNA e em uma escola local técnica, o CLEC e aqui temos a impressão de que precisamos estudar o tempo todo, mas nas ruas estamos praticando a audição, leitura, fala e escrita – é como ver o dicionário e todas as palavras na sua frente.

Como você vê a evolução com o inglês aqui?

Francisco Cada pessoa escolhe seu caminho e é possível sobreviver aqui falando somente o português, mas se seu objetivo é aprender inglês mesmo não há nada melhor do que sair na rua e tentar vivenciar o idioma – é o que eu vim fazer aqui.

Você gosta de estudar na sua escola?

Francisco Sim! Estou bem tranquilo e satisfeito com a escola.

Muitas pessoas tem medo de não conseguir trabalho. Como foi esta experiência para você?

Francisco Tive uma certa dificuldade para conseguir um trabalho porque optei por não mentir no meu currículo. Demorei 2 meses e meio para conseguir o meu trabalho atual, que aliás, foi uma vaga que minha professora viu anunciada na porta do restaurante, se lembrou de mim e me falou sobre a oportunidade. Eu já tinha mostrado meu CV para ela e havia mencionado que buscava uma vaga que me desse dinheiro e na qual eu pudesse praticar meu inglês. Fiquei feliz em saber que minha professora se preocupou comigo até fora da sala de aula. Fui lá, entreguei meu currículo, fiz a entrevista e deu certo.

Me considero em uma boa posição, sobretudo porque recebo mais que o salário mínimo e o ambiente é descontraído. Trabalho em um restaurante, mas não tenho uma vaga fixa e faço de tudo, tem dia que sou garçom, outros trabalho no caixa, outros na cozinha. Todos os funcionários têm de estar aptos a trabalhar em todas as áreas do restaurante e para isso recebemos um treinamento de mais de 1 semana, até experimentamos ver o restaurante como o cliente e aprendemos todo o menu e todos os vinhos, foi uma experiência bem legal e interessante.

Para quem está vindo não é impossível conseguir trabalho, e ter um nível de inglês mediano já é uma ótima ajuda porque você vai precisar se comunicar e saber seus direitos, então é importante ter, pelo menos, uma noção do idioma.

Na sua opinião pessoal quanto um estudante brasileiro gasta em media por mês na Irlanda?

Francisco –  Depende de cada um e acredito que com variações uma média de €550. Isto inclui saídas a noite, aluguel, internet, celular, etc. Eu tenho valores fixos e procuro me controlar nas minhas saídas porque Dublin e uma cidade boêmia, então vale a pena lembrar do seu objetivo, porque se você quiser sair todos os dias há bastante opções.

Você pode dar uma dica ou conselho para quem está vindo para a Irlanda?

Francisco Se você tem tudo organizado corretamente e se os documentos exigidos pela imigração estão em ordem – Não se preocupe!

Também não é uma regra, mas se você puder correr atrás e ter uma noção básica do inglês antes de sair do Brasil é importante. Antes de vir para a Irlanda eu passei por Portugal e tive uma preparação cultural através da organização AIESEC e uma coisa importante que aprendi é que você e suas atitudes podem contribuir para uma imagem estereotipada do brasileiro para outras pessoas, que pode ser boa ou ruim. Quando saímos do Brasil valorizamos coisas simples.

Quando seu curso acabar, o que você pretende fazer?

Francisco Não sei se vou fazer minha especialização em Dublin ou não, mas inicialmente quero me especializar em marketing e depois em marketing cultural.

Obrigada Francisco por compartilhar a sua experiência na Terra dos Leprechauns e desejo do fundo do coração que você consiga alcançar tudo que veio buscar aqui!

CES
31 Dame Street, Dublin 2
www.ces-schools.com

Postado por: | Comments (76)

76 Comments »

  1. Muito legal!!

    Comentário by Marcos Castro — 24/11/2011 @ 11:54 pm

  2. Olá Marcos!

    Obrigada pelo comentário!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 08/12/2011 @ 9:47 pm

  3. caraaa, muito boa essa entrevista e essas dicas, com links pra outras materias tambem.:
    me ajudou bastante! alias, todos os posts. parabens mesmo. esta fazendo um otimo trabalho!

    em fevereiro é minha vez de ir!!! o/

    sinceras energias positivas pra ti.

    Comentário by alexandre — 25/11/2011 @ 12:15 am

  4. Olá Alexandre!

    Obrigada pelo comentário. 🙂
    Fico muito feliz em ter ajudado e também desejo positive vibes pra você.

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 09/12/2011 @ 4:56 pm

  5. Muito bacana. Parabéns!

    Comentário by Luan santos — 25/11/2011 @ 2:58 am

  6. Olá Luan!

    Obrigada pelo comentário!

    Beijinhos,

    Comentário by Tarsila — 09/12/2011 @ 4:56 pm

  7. Ótima matéria.. parabéns pelo ótimo trabalho…

    E mto, mas mto obrigado pela atenção ao me enviar o e-mail. =)

    Comentário by Fábio — 25/11/2011 @ 4:29 am

  8. Olá Fábio!

    Obrigada pelo comentário!
    Fico muito feliz em poder ajudar.

    Beijinhos,

    Comentário by Tarsila — 09/12/2011 @ 4:57 pm

  9. Muito bom!

    Eu estou com viagem marcada para julho, e também fiz com a BFA. Legal ver outras pessoas que foram pela mesma agência elogiando o trabalho deles.

    Se alguém estiver indo para Dublin em 2012 e quiser adicionar no MSN pra compartilhar as experiências, fique a vontade: joao_gp@hotmail.com

    Comentário by João — 25/11/2011 @ 4:34 am

  10. Olá João!

    Muito obrigada pelo comentário!
    Desejo muita sorte na sua viagem pra cá. 🙂

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 09/12/2011 @ 4:58 pm

  11. Ótima entrevista!!!!!! Vc percebe logo quando a pessoa é focada e tem objetivos sérios!

    Comentário by Karina Marinho — 25/11/2011 @ 11:29 am

  12. Olá Karina!

    Muito obrigada pelo comentário! 🙂
    Realmente o Francisco é bem focado e desejo muita sorte pra ele!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 09/12/2011 @ 4:59 pm

  13. Mais uma vez parabéns pela matéria. Sempre acompanho as entrevistas e gosto muito das histórias e opiniões. Gostaria de deixar uma sugestão de pergunta que sinto falta nas entrevistas. Quando você veio para Irlanda, qual era o seu nível de inglês, e atualmente como está? Assim, podemos ter uma noção maior de como vai ser o nosso aprendizado.
    Muito obrigado.

    Comentário by Paulo Roberto — 25/11/2011 @ 1:45 pm

  14. Olá Paulo!

    Obrigada pelo comentário e por acompanhar o Vida Na Irlanda.
    Anotei sua sugestão e vou buscar incorporá-la! 🙂

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 09/12/2011 @ 4:59 pm

  15. Gostei bastante da entrevista do Francisco! Achei coerente quando ele diz que ele controla os gastos dele, e o valor que ele diz gastar por mês, tudo depende da vida que cada um leva, mas concordo que com esse valor dá para viver bem, sem exageros.
    Parabens e sucesso ao Francisco!

    Beijo Tarsila

    Comentário by Cibele — 25/11/2011 @ 8:55 pm

  16. Olá Cibele!

    Obrigada pelo comentário!
    Realmente tudo depende de cada um e sucesso ao Francisco!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 09/12/2011 @ 5:00 pm

  17. Adorei a entrevista! E as fotos dos alunos são tão bonitas, Tarsila! Haha Parabéns Francisco, pude perceber o quão focado você está em seus objetivos!

    Comentário by Jess — 27/11/2011 @ 4:37 pm

  18. Olá Jess!

    Muito obrigada pelo comentário e elogios. 🙂
    Parabéns ao Francisco mesmo!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 09/12/2011 @ 5:08 pm

  19. Ai meu Deus.. abro o site e dou de car com kem?! Maia meu amigo =p
    Levei um susto kkk
    + a entrevista ta mara, uma das melhores que ja li. Dá ate p/ pensar q a CES ta te pagando cache viu xikim =p
    O pessoal da BFA realmente é super atencioso!
    Vou ano que vem.. = infelizmente a CES está fora da minha realidade financeira =/
    + cm vc disse.. o que importa eh o foco!
    Parabens Tarsila.. fez uma otima escolha em relação ao entrevistado de hj =p

    Bjs

    Comentário by Rebeca — 28/11/2011 @ 10:17 pm

  20. Olá Rebeca!

    Que bacana! 🙂
    Muito obrigada pelo comentário e elogio e desejo muita sorte na sua viagem.

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 09/12/2011 @ 5:13 pm

  21. Oi Tarsila,
    acompanho o seu blog e algumas vezes me sinto na Irlanda com tantas informações que já possuo graças aos seus posts.
    Sempre leio as entrevistas com os estudantes pra saber um pouquinho mais da escola e isso ajuda muito. Gostaria de pedir uma entrevista com algum estudante do DCAS (Dublin College of Advanced Studies).
    Desde já agradeço e parabéns pelo belo trabalho que você desenvolve no “Vida na Irlanda”!
    Beijo

    Comentário by Simone — 28/11/2011 @ 10:53 pm

  22. Olá Simone!

    Muito obrigada pelo comentário e carinho.
    Sua sugestão está anotada e eu já até tentei contatar dois alunos da DCAS, mas não obtive retorno. Vou tentar novamente. 🙂

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 09/12/2011 @ 5:14 pm

  23. É uma ótima entrevista ajuda esclarece várias dúvidas para quem deseja estudar na Irlanda!

    #compartilhado!

    😉

    Comentário by Intercâmbio BR — 29/11/2011 @ 12:23 am

  24. Olá Intercâmbio BR!

    Obrigada pelo comentário e por compartilhar!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 09/12/2011 @ 5:17 pm

  25. Estudei na CES e a escola é realmente muito legal. Uma coisa legal de lá é uma sala com acesso a internet e com livros onde você pode estudar fora do horário das aulas. Tive três professores, não gostei de um deles, mas os outros dois eram bem legais.

    Comentário by wille — 29/11/2011 @ 6:05 pm

  26. Olá Wille!

    Obrigada pelo comentário e por compartilhar a sua experiência na CES!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 09/12/2011 @ 5:18 pm

  27. Muito boa entrevista, já tinha escolhido esta escola .. agora acabei de fazer o pagamento..
    Março estarei por la… abraços

    Comentário by Adriano — 29/11/2011 @ 10:58 pm

  28. Olá Adriano!

    Muito obrigada pelo comentárioe em março nos vemos por aqui!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 09/12/2011 @ 5:23 pm

  29. Olá Tarsila e pessoal…
    Tarsila, parabéns pelas entrevistas, pois elas estão esclarecendo bastante dúvidas de futuros intercambistas.

    Tenho duas pergunta:
    Um curso de 24 semanas é pago semanalmente ou em um valor único?
    Para poder solicitar o visto de estudante com permissão de trabalho é necessário já ter pago integralmente o valor do curso ou basta apenas a taxa de matrícula?

    Estou planejamento meu intercambio na Irlanda no primerio trimestre de 2012.

    obrigado

    Comentário by Thiago Nascimento — 07/12/2011 @ 2:04 pm

  30. Olá Thiago!

    Muito obrigada pelo carinho e comentário.
    Vamos lá:

    1) O curso aqui, independentemente da duração, deve sempre ser pago em totalidade adiantado. Não é possível pagá-lo semanalmente., embora algumas agências parcelam o custo do programa.

    2)Sim, é preciso ter pago o valor to curso totalmente.

    Espero ter ajudado!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 09/12/2011 @ 8:39 pm

  31. Excelente entrevista!
    Estudei na CES por 6 meses e confirmo cada palavra do Francisco, cheguei na Irlanda sem falar uma palavra de ingles e alem do idioma aprendi muito sobre outras culturas na sala de aula e com os amigos que la fiz, que ate hoje fazem parte da minha vida.

    Comentário by Lisandro Cabral de Jesus — 07/12/2011 @ 11:25 pm

  32. Olá Lisandro!

    Muito obrigada pelo comentário.
    Que bacana saber que você estudou e curtiu a CES. 🙂

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 09/12/2011 @ 8:44 pm

  33. Tarsila, muito obrigado pela atenção.
    Que o sucesso continue com você merecidamente.

    Se me permitir, segue uma dica:
    Serie interessante também você entrar em contato futuramente com os ex-intercambistas e saber o
    a irlanda e o inglês proporcionaram na vida deles.

    Comentário by Thiago Nascimento — 09/12/2011 @ 10:54 pm

  34. Olá Thiago!

    Muito obrigada pelo comentário e carinho e espero que você também tenha sucesso.
    Já anotei sua dica e quando puder também farei entrevista com ex-intercambistas, pois conheço alguns! 🙂

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 07/01/2012 @ 1:41 pm

  35. Olá!
    Tarsila, o Francisco deixou algum contato contigo, tipo e-mail ? Gostaria de tirar algumas dúvidas com ele a respeito do curso de marketing que ele pensa em fazer.

    Ah! E mais uma vez, pois não me canso de dizer, parabéns por mais uma ótima entrevista! 😉

    Beijos

    Comentário by Guilherme Guimarães — 14/12/2011 @ 12:03 am

  36. Olá Guilherme!

    Te mandei um email com o contato do Francisco que estuda na CES.

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 07/01/2012 @ 2:24 pm

  37. Oi Tarsila, há algum tempo já estou pesquisando sobre Dublin. Encontrei o teu blog e ele está sendo muito útil.
    Estou com a intensão de ir em abril para estudar e trabalhar. Gostaria de saber se tu tens alguma informação sobre a escola IBAT?

    obrigada!!!

    Comentário by Laila — 03/01/2012 @ 4:49 pm

  38. Olá Laila!

    Ainda não consegui entrevistar alunos da IBAT, mas estou atrás disto, viu? Assim que puder coloco informações por aqui. 🙂

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 09/01/2012 @ 6:47 am

  39. Olá Tarsila!
    Primeiramente gostaria de parabenizá-la pelo excelente blog que possui!
    Há um tempo já venho o acompanhando. Gostaria se possível, que me tirasse uma dúvida.
    Estou com planos de fazer intercâmbio para Irlanda este ano ainda, mas os meus pais não estão muito seguros disso, pois estão com um pé atrás em relação da crise que atinge a Europa e pelo visto está bem forte na Irlanda. O que vc tem a dizer sobre isso? Acha que é melhor procurar outro país no momento? Muito obrigado pela atenção!

    Comentário by Diego — 10/01/2012 @ 3:43 pm

  40. Olá Diego!

    Muito obrigada pelo comentário e elogio! É um prazer poder ajudar e saber que você já acompanha o Vida Na Irlanda há algum tempo. 🙂
    Vamos lá:
    Entendo a preocupação dos seus pais, afinal de contas eles querem o que é melhor para você e visando o investimento que é um intercâmbio é muito importante considerar os seus objetivos e o que o destino tem a oferecer. Eu não acredito que a “crise européia” não seja um motivo para se apavorar em relação a Irlanda. O cenário da crise não é tão latente para os estudantes aqui, mas mais para os próprios irlandeses. A Irlanda já está aplicando uma série de medidas para reverter a crise, que foi mais intensa há 4 anos atrás e hoje o país está em um momento de recuperação. A vida do intercambista nunca foi fácil, mas está melhor do que no ano que a crise mundial realmente bateu aqui, em 2008.

    Independentemente do destino de sua escolha, aconselho que você não decida fazer um intercâmbio pelo país, mas pelos seus objetivos e aí sim considerar qual é o destino que oferece o que você quer. Você já leu o eBook grátis “Intercâmbio na Irlanda?” Apesar do foco central dele ser na Irlanda, há uma série de reflexões e considerações importantes e válidas para qualquer intercâmbio e recomendo a leitura. 🙂

    Espero ter ajudado!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 11/01/2012 @ 5:52 am

  41. Tarsila, sou cearense assim como o Francisco, estou planejando meu intercãmbio pra Irlanda em Maio ou Junho. Será há alguma chance de você disponibilizar o email dele, se vc tiver. Eu gostaria de entrar em contato com ele pra saber mais informações, também pretendo estudar na CES. Obrigado.

    Comentário by Joaquim Neto — 11/01/2012 @ 1:50 am

  42. Olá Joaquim!

    Obrigada pelo comentário e já lhe enviei um email.

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 11/01/2012 @ 6:07 am

  43. Tarsila, me enviei o email do Francisco por favor! Obrigado. Weverton

    Comentário by Weverton — 18/01/2012 @ 4:57 pm

  44. Olá Weverton,

    Já encaminhei o email do Francisco.

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 09/02/2012 @ 1:05 pm

  45. Oi Tarsilla, já há alguns dias venho lendo seu Blog e estou adorando. Excelente trabalho, admiro sua dedicação e cuidado. Então eu também sou de Fortaleza, e assim como o Joaquim (acima) gostaria do contato do Francisco, pois gostaria de tirar algumas dúvidas com ele. Pretendo fazer meu intercambio próximo ano. 😀

    Meu email é: camillacab@hotmail.com

    Aproveitando o post, pergunto algo que não tem muito haver com este assunto.
    Se eu estiver em Dublin e quiser viajar por alguns paises da Europa é necessário ter um seguro-saúde particular para entrar nos outros países? E os estudantes costumam formar grupas para viajarem juntos?

    Desde já agradeço pelas resposta Tarcilo
    Abraços e Parabéns

    Comentário by Camila — 05/02/2012 @ 4:37 am

  46. Olá Camila!

    Muito obrigada pelo comentário e carinho. 🙂
    Já lhe enviei o contato do Francisco.
    Sobre o seguro, o mínimo exigido é o seguro governamental irlandês que tem cobertura emergencial por todo o território da Irlanda e normalmente é o mais barato sim. Este é para preencher o requisito de se ter um seguro-saúde (e não seguro-viagem, que não é aceito).

    Algumas pessoas preferem comprar, além do seguro básico um seguro mais amplo, que permite uma cobertura maior e em outros países (caso você queira viajar, por exemplo). Este tipo de seguro não é obrigatório, mas pode ser uma boa precaução. Depende de cada um.

    Sim, é normal amigos e pessoas se juntarem para fazer viagens e pode ser uma ótima pedida!

    Espero ter ajudado,

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 10/02/2012 @ 7:39 pm

  47. Oi Tarsila, vc poderia me passar o contato dele também por favor. Gostaria de perguntar sobre a escola e sobre as possibilidades de estudar marketing depois. Obrigada!

    Comentário by Elaine — 21/02/2012 @ 2:19 pm

  48. Olá Elaine,

    Já lhe enviei um e-mail.

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 11/03/2012 @ 1:43 pm

  49. Oi Tarsila, só para falar que o seu blog é mara….
    me ajudou demais nas minhas escolhas de intercâmbio…
    Começo na CES agora em março, e a leitura da entrevista me deu mais segurnaça ainda de que fiz a escolha certa.

    Comentário by Cibele — 26/02/2012 @ 7:45 pm

  50. Olá Cibele,

    Obrigada pelo carinho e comentário. 🙂
    Fico muito feliz em poder ajudar e espero que goste da experiência por aqui.

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 11/03/2012 @ 3:21 pm

  51. Olá, Tarsila!
    Tudo bem? Muito legal seu blog, hein! É de extrema utilidade! Meus parabéns e continue assim!
    Você poderia me passar o contato do Francisco, por gentileza?
    Obrigada.

    Comentário by Lígia — 19/03/2012 @ 8:29 pm

  52. Olá Lígia,

    Muito obrigada pelo carinho e comentário. 🙂
    Já lhe enviei o contato do Francisco.

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 26/04/2012 @ 2:56 pm

  53. Olá Tarsila
    Parabéns pelos posts, são realmente muito interessantes!
    Quero ir para a Irlanda em Agosto deste ano.
    Seria possível vc me passar o contato do Francisco para que eu possa sanar algumas duvidas com ele?

    Obrigada e mais uma vez parabéns!

    Comentário by Simone — 25/03/2012 @ 10:05 pm

  54. Olá Simone,

    Obrigada pelo carinho e comentário.
    Já lhe enviei o contato do Francisco.

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 26/04/2012 @ 4:35 pm

  55. Tarsila, tudo bem?
    Você poderia me passar o contato do Francisco?
    Obrigada.
    Abs

    Comentário by Joice — 30/04/2012 @ 8:24 pm

  56. Olá Joice,

    Já lhe enviei o contato.

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 01/05/2012 @ 8:54 pm

  57. Oi Tarsila, tudo bem??
    Eu simplesmente AMO o seu blog!!! Sempre tive o sonho de fazer um intercambio e suas dicas tao me servindo muito ja que esse sonho esta prestes a se tornar realidade 😀
    Parabens por tanta dedicacao! Voce poderia me passar tambem o contato do Francisco??
    Obrigada, ano que vem estou ai!!! Beijos 😉

    Comentário by Moiza — 08/05/2012 @ 6:08 pm

  58. Olá Moiza,

    Obrigada pelo comentário e por AMAR o Vida Na Irlanda. 🙂 YAY!
    Já lhe mandei o contato do Francisco!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 11/07/2012 @ 5:18 pm

  59. Olá Tarsila, tudo certo?
    Como sempre espetacular nas suas entervistas.
    Estou querendo ir para essa escola mais gostaria de saber outras coisas.
    Poderia me passar o contato do Francisco.
    Ficarei muito agradecido.

    Muito obrigado,

    Israel Marçal

    Comentário by Israel — 16/05/2012 @ 11:00 pm

  60. Olá Israel,

    Muito obrigada pelo comentário.
    Já lhe enviei o contato do Francisco.

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 13/07/2012 @ 12:04 pm

  61. Olá Tarsila, boa tarde!

    Tudo bem com vc?

    Vc tem algum curso / disciplina eletiva para profissionais da área de RH??

    Quero ir em agosto fazer 4 semanasde intensivo em inglês geral, porém preciso ter algumas aulas focadas em negócio nesta área.

    Se possível me envie o e-mail do Francisco.

    Obrigada.

    Andrea
    Rio de Janeiro

    Comentário by Andrea Machado Valadares — 10/06/2012 @ 6:54 pm

  62. Olá Andrea,

    Eu não ofereço cursos, portanto não posso ajudá-la em relação ao curso de RH. Recomendo que você entre em contato com a sua escola e peça mais informações.

    Lhe encaminhei o contato do Francisco.

    Espero ter ajudado,

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 16/07/2012 @ 1:43 pm

  63. Oi Tarsila, tudo bem?

    Tenho acompanhado as entrevistas e post e estou me preparando para estudar em Dublin pelo pacote 25 semanas de curso e 25 semanas de férias mas gostaria de sua opinião para uma duvida, diante de tudo que ja lí no seu post: Seria interessante pagar um curso em uma escola com preço razoável, ja que meu inglês é bem básico e após os primeiros seis meses, investir aí em outro curso (Bussines, preparatório para exames etc.)? Tenho 34 anos sou formada e pós-graduada em Gestão de Negocios e decidi investir na língua já que atualmente é minha deficiencia para o mercado de trabalho.

    Comentário by Isadora Souza — 21/08/2012 @ 8:34 pm

  64. Olá Isadora,

    Comigo tudo ótimo e com você?

    Depende. Acredito que é importante investir em uma instituição que vai lhe dar aquilo que você quer desde o começo. Se você quer ficar estudando em tempo integral por 6 meses, busque se matricular em uma escola que oferece um programa focado nos estudos e intensivo. Lembre-se de que é melhor investir já no que se quer, pois imprevistos podem acontecer e você pode ficar frustrada se não conseguir tocar os outros 6 meses em outra instituição.

    Espero ter ajudado,

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 06/11/2012 @ 1:16 pm

  65. legal,gostei demais dessa entrevista, ainda mais pq sou d fortaleza-ce tbm e pretendo fazer intercambio na irlanda no próximo ano.

    Comentário by diones — 28/08/2012 @ 6:33 am

  66. Olá Diones,

    Obrigada pelo comentário! 🙂

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 06/11/2012 @ 4:35 pm

  67. Oi Tarsila, estava relendo essa matéria, pois já havia lido há um tempo, mas nao tinha me decidido quanto à escola, para que eu viaje em 2013 (janeiro).
    Agora, recebi outras indicações e entrei no site da escola, e gostei muito também, de atividades extras.
    Tem como me passar o contato do Francisco? Estou tentando fechar diretamente com a escola, já entrei em contato, e aguardo 2º retorno referente aos valores.

    Gostaria de saber um pouco mais dele, quanto a essa questao de fechar diretamente com a escola, se deixei de perguntar algo, por exemplo.

    Obrigada desde já.

    Meu e-mail: r.roseanesv@gmail.com

    Beijitos!

    Comentário by Roseane Silva — 21/09/2012 @ 4:00 pm

  68. Olá Roseane,

    Obrigada pelo comentário. Infelizmente não passo mais os contatos dos meus entrevistados, pois já recebi reclamações deles.
    Desculpe não poder mais ajudar.

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 02/01/2013 @ 11:11 pm

  69. Tarsila,

    Obrigada pela resposta. Com certeza vai me ajudar muito na decisão final.

    Comentário by Isadora Souza — 06/11/2012 @ 4:37 pm

  70. Olá Isadora,

    Disponha, é um prazer poder ajudar!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 09/01/2013 @ 5:13 pm

  71. Olá Tarsila!!!

    Venho lendo pacientemente algumas das entrevistas que faz com estudantes brasileiros na Irlanda. Digo pacientemente pq é um pouco cansativa a pesquisa sobre essas coisas. Mas tê-las reunidas num só blog como o seu é sensacional! Parabéns pelo trabalho. No mais, queria saber como faço para contatar o Francisco por email e/ou telefone na Irlanda. Estou indo pra Dublin final de dezembro e retorno início de fevereiro/13. Preciso de ajuda. E urgente!!!!! Grande beijo a todos!!!!

    Comentário by Lilian Dias — 26/11/2012 @ 2:03 am

  72. Olá Lilian,

    Obrigada pelo comentário e carinho.
    Infelizmente não passo mais os contatos dos meus entrevistados por pedido dos mesmos. De qualquer modo espero que a sua experiência tenha sido bacana por aqui!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 08/02/2013 @ 1:32 pm

  73. INTERCAMBISTAS DECEPCIONADOS COM A AGÊNCIA BFA

    Venho aqui com muita tristeza informar a todos aqueles que pretendem fazer intercâmbio na Irlanda que ao escolherem sua agência de viagem pesquisem bem para não decidir errado como eu e outros brasileiros que conheci aqui até agora. Me chamo Júnior Figueiredo, sou de São Luís do Maranhão e nesse ano de 2013 resolvi fazer um intercâmbio para Dublin e escolhi como agência a empresa Brasil For All (BFA).
    Até o momento da venda do pacote tudo ocorreu com muita tranqüilidade, a BFA realizou um bom atendimento de venda, o que me deu segurança para escolhê-la como agência. Os problemas começaram aqui em Dublin. O mais grave e irresponsável deles foi que ao chegar no país simplesmente não havia ninguém da agência para me recepcionar, e no endereço que eles me forneceram as portas estavam fechadas e, sendo assim, acabou que eu fiquei sozinho, no meio da rua, com frio e com um monte de malas. Isso mesmo! O pesadelo de todo intercambista, que sem dominar o idioma e sem conhecer o país ou ter pelo menos um telefone para ligações (já que as operadoras do Brasil não funcionam aqui) fica sozinho no meio do nada.
    Tudo começou quanto optei por não contratar o transfer oferecido pela agência, já que o preço cobrado por eles chega a ser o triplo do valor que você pode pagar por um taxi. Minha passagem foi marcada para o dia 18 de março de 2013 com chegada prevista para a 10:35 da manhã, horário local. O vôo não atrasou nem um minuto e quando desembarquei no aeroporto imediatamente peguei um taxi para me levar ao endereço enviado, por email, pela agência.
    Ainda em São Luís, no dia da minha partida fui informado pela BFA que o dia 18 de março era feriado na Irlanda (Saint Patrick’s Day), mas que não haveria problema nenhum já que uma pessoa iria ficar responsável por me receber na agência, assim como outras pessoas que também estavam chegando nesse dia. Nada disso aconteceu! O sonho tinha se tornado um pesadelo e nesse momento acordei para o erro que tinha cometido ao escolher a BFA como agência de intercâmbio. Até porque quem conhece a Irlanda sabe que o Saint Patrick’s Day é a festa mais popular do país, como se fosse um carnaval brasileiro. As ruas estão lotadas de pessoas de todo o tipo e nacionalidades, e totalmente embriagadas, um perigo eminente.
    Pois bem, ao me ver nessa situação, sozinho, fiquei pelo menos uns 40 minutos sem saber o que fazer. Foi então que vi uma criança brincando com uma bola na rua, que estava completamente deserta. Pensei comigo mesmo que num ato de desespero o único jeito era tentar arriscar um inglês com aquele menino para que de alguma forma ele pudesse me auxiliar. Foi justamente nessa hora que Deus apareceu pra mim. A criança era brasileira! Imediatamente o menino ligou para seu pai, que veio em meu auxílio e levou-me para sua casa. Lá fui bem acolhido e graças a Deus ( e somente a Ele) saí daquela tragédia. Por coincidência o brasileiro conhecia um funcionário da BFA, que ligou para outra pessoa, que ai sim foram se lembrar que tinham um compromisso naquele horário com um aluno.
    Por isso me sinto na responsabilidade de compartilhar essa informação com todas as pessoas que estão pensando em vir para a Irlanda. Para que não aconteça com elas aquilo que aconteceu comigo e o que também vem acontecendo com outras pessoas que chegam aqui no país. Logo assim que tive contato com brasileiros que também compraram seus pacotes pela BFA relataram casos semelhantes ao meu. Só aqui na acomodação que estou tem três casos. Uma carioca me falou que o seu namorado, que chegou aqui por cerca de um mês atrás, ou seja sem ser no feriado, optou pelo transfer na ilusão que estaria mais seguro, mas segunda ela, ao desembargar o rapaz também se deparou com a triste situação de não ter ninguém esperando ele no saguão do aeroporto, como condizia com o pacote que ele havia comprado pela agência. Ele teve que acessar a internet no aeroporto e contactar com o agente vendedor para que eles entrassem em contato com a pessoa do transfer para ai sim poderem ir buscá-lo. Outra garota que também está hospedada aqui na acomodação provisória me contou que a mesma coisa também aconteceu com ela, que teve que entrar em contato com a mãe dela pela internet no Brasil, para que a mãe entrasse em contato com a BFA para informa que a filha dela já estava a mais de 40 minutos esquecida no aeroporto internacional de Dublin. Ou seja, só aqui onde estou todos os brasileiro que optaram pelo transfer ou não tiveram problemas com a BFA nesse sentido. Na verdade a única diferença deles pra mim, é que eu fui esquecido na rua e eles no aeroporto.
    Resolvi escrever esse texto expondo o sufoco que nós passamos aqui na Irlanda para que outras pessoas que passaram por algo semelhante também relatem o que aconteceu. Eu acho muito importante que a verdade seja dita abertamente para que intercambista não passem pelo mesmo tipo de situação que nós passamos. Todos esses casos que acabei de citar foram agenciados pela Brasil For All (BFA), por isso me achei no dever de contactar o proprietário da agência para pedir explicações sobre o porquê do descaso com seus agenciados, já que o que eles vendem é uma imagem completamente diferente da realidade. Nesse sentido me dirigi a agência para receber esclarecimentos do proprietário, mas recebi a informação que este não se encontrava no país mas que uma segunda pessoa da agência, conhecida como Bento iria me receber. Por sua vez, este apesar de se encontrar na agência, passou por mim e disse que estava muito cansado pra tratar do assunto comigo, pois tinha acabado de chegar de uma viagem e que eu deveria me dirigir a uma terceira pessoa conhecida por Daniel.
    Então, pedi explicações para o Daniel, informei a ele que era jornalista e que escreveria uma matéria a respeito do assunto e que gostaria de gravar a conversa. Ele se negou a tal, dizendo que não se sentiria confortável. Apenas tentou justificar o injustificável e disse que, no meu caso a culpa foi do funcionário que estava responsável pelo meu recebimento. Nos demais casos que acabei de citar ele simplesmente disse que não tinha conhecimento do assunto.
    Por isso meus amigos, pesquisem bem suas agências antes de vir para a Irlanda ou outro país qualquer. Certifique-se que esta empresa realmente cumpre o que promete, tome referência com amigos, amigos de amigos, ou coisa parecida. Por favor, não se iludam com propaganda enganosa para que o sonho de vocês não se torne um pesadelo devido a irresponsabilidade de agências que pensam muito mais no fluxo de alunos que podem agenciar de uma só vez e esquecem da qualidade e das garantias do produto que estão vendendo. Exijam deles como eles exigem de você, afinal no contrato que assinamos temos que “engolir” milhões de regras e eventuais multas se não cumprirmos isso ou aquilo que eles nos impõem, mas quando acontece deles não cumprirem a parte que os cabe estamos vulneráveis a sermos esquecidos, desrespeitados e humilhados num país que não é o nosso, e tudo fica por isso mesmo.
    Vou me despedindo de vocês com a certeza do dever cumprido de alertar àqueles que estejam interessados por informações a respeito dos produtos que tentam vender a nós quando o assunto é intercâmbio. O que posso deixar de conselho, além dos alertas, é que mesmo assim não desistam jamais da experiência de vivenciar outro país pois seja no Brasil, na Irlanda ou em qualquer parte do mundo: “´…Se Deus está com nós quem será contra nós ”! Muito obrigado pela atenção, espero estar ajudando outras pessoas a encontrar um caminho mais seguro e Boa Sorte a todos!!!

    Comentário by Júnior Figueiredo — 21/03/2013 @ 12:57 pm

  74. Olá Júnior,

    Fiquei muito aborrecida em ler este relato tão desagradável sobre a sua experiência com o transfer. Sinto muito mesmo.

    Algumas pessoas realmente passam por situações complicadas e às vezes o transfer é, inclusive terceirizado, que complica tudo. Mas mesmo que a empresa não seja a responsável direta pela falta de uma pessoa no aeroporto ela tem de “se virar” para dar ao cliente o que prometeu e ponto.

    Quero reforçar que no caso de isto acontecer com mais alguém e a pessoa tiver de pegar um taxi em vez do transfer, que ela vá para a ACOMODAÇÃO e não endereço da agência ou escola, pois eles não terão como “receber” suas coisas quando você chegar. Depois de se assentar você pode tomar as providências para resolver a questão (e até pedir o dinheiro de volta do transfer que nunca apareceu).

    Obrigada por compartilhar e espero que estas experiências desagradáveis deixem de acontecer!

    Comentário by Tarsila — 20/05/2013 @ 9:48 am

  75. Queria saber se o nível da escola continua o mesmo…

    Comentário by Joice — 25/06/2014 @ 8:40 pm

  76. Olá Joice,

    Infelizmente não tenho outra entrevista mais atual para demonstrar esta comparação. Desculpe não poder ajudar mais.

    Comentário by Tarsila — 25/06/2014 @ 10:10 pm

Leave a comment

Comentários que não contribuem para o tópico acima serão deletados.