17/10/2012

Conhecendo a Irlanda: Powerscourt Estate

Powerscourt Estate é uma propriedade localizada na pequena vila de Enniskerry no Condado de Wicklow.

Conhecida pelos seus belíssimos jardins, que ocupam 19 hectares, e pela incrível vista da Great Sugar Loaf Mountain conhecer Powerscourt é uma oportunidade imperdível, especialmente se você gosta de belos cenários. A área toda de Powerscourt incluem, além da Residência e dos Jardins, um campo de golfe e o internacionalmente famoso hotel Ritz-Carlton.

Comissionados em 1730 por Richard Winglfeld, o Jardim Italiano e a Residência são as partes que compõem a área original de Powerscourt. Entre 1858 e 1875 os outros jardins ornamentais foram sendo adicionados por ordem do sétimo Visconde, que também acrescentou urnas, estátuas e portões colecionados durante suas viagens pela Europa.

A Residência, que foi quase totalmente destruída por um incêndio em 1974, foi restaurada nos anos 9 pela família Slazenger, hoje dona da propriedade.

O passeio pelo Powerscourt Gardens é pago (valor atual de €7.50 para estudantes) começa na Residência, onde há a bilheteria que nos leva diretamente para a primeira parte dos Jardins.

The Italian Gardens

O Jardim Italiano é muito bem cuidado, do tipo que vemos em filme de época. Cuidadosamente pensado pelo arquiteto Daniel Robertson esta área verde e organizada demorou 12 anos para ser construída!

Com uma vista incrível da Sugar Loaf Mountain (sim, aqui também tem um Pão de Açúcar), o Jardim Italiano é encantador.

Suas estátuas mitológicas acrescentam magia à atmosfera e a charmosa escadaria The Perron, decorada por mosaicos de seixos da praia de Bray, nos encanta e leva diretamente ao Triton Lake.

Triton Lake

Ao chegar no Triton Lake você é recebido por dois cavalos alados, o Pégasus, símbolo da família Wingfield, proprietária original da área.

No centro do lago está bela estátua de Tritão, baseada na fonte italiana da Piazza Barberini em Roma, um detalhe que acrescenta ainda mais ao charme dos jardins.

Uma breve caminhada ao redor do lago, para o lado esquerdo irá nos levar para the Japanese Gardens.

The Japanese Gardens

O Jardim Japonês é a área mais exótica dentro de Powerscourt, tendo sido criada em 1908 pelos 8o. Visconde e Viscondessa.

Com arranjos, flores e ornamentos típicos orientais, esta área tem belas Azaléias, Bordos Japoneses e Palmeiras da Fortuna.

A gruta, coberta por musgos, é também muito interessante e uma das primeiras atrações da propriedade.

Continuando a caminhada ao redor do Triton Lake você poderá ir até the Pet’s Cemetery.

The Pet’s Cemetery

Este cemitério é uma curiosidade. Ele é um dos maiores cemitério de animais de estimação de toda a Irlanda e abriga os restos mortais dos bichinhos das famílias que moraram em Powerscourt.

A curiosidade fica por conta dos nomes dos animais, pelos epitáfios e pelo fato de que aqui estão enterrados cachorros, gatos e até mesmo cavalos e gado!

Daqui é possível passear pela trilha Rhododendron Walk ou continuar até the Dolphin Pond.

The Dolphin Pond

Este pequeno lago foi comprado em Paris no final do século XIX pelo 7o Visconde. Ele em si não é tão incrível como o Triton Lake mas é rodeado por belas árvores de cedro vermelho.

Ao fundo você verá o detalhado “English Gate”, com os símbolos da Inglaterra (rosa), Escócia (cardo) e Irlanda (trevo). Ele nos levará para the Walled Gardens.

 The Walled Gardens

Uma das áreas mais floridas e mais antigas de todo Powerscourt, the Walled Gardens inclui um caminho cercado por flores e mais flores.

Um deleite inspirador para os olhos e próximo ao seu final há o “Julia’s Memorial”, uma pequena fonte construída em homenagem à mãe do 7o Visconde.

Ao atravessar o segundo portão dentro do Walled Gardens encontraremos o Rose Garden, um dos mais belos que já vi aqui na Irlanda. A abundância de cores e o cheiro das rosas é, no mínimo, encantador.

Aqui também está o Bamberg Gate, um enorme portão com mais de 240 anos que foi trazido diretamente da Catedral de Bamberg na Alemanha!

E após sair dos Walled Gardens estamos de volta à bela residência de Powerscourt.

Talvez agora seja ideal parar para fazer um lanche e tomar um café no restaurante..

ou então para comprar uns presentinhos na Avoca.


Powerscourt Estate
Enniskerry
Co. Wicklow
www.powerscourt.ie 

 

Para chegar em Powerscourt Estate através de transporte público é preciso chegar até Enniskerry e de lá andar até Powerscourt.
Ônibus até Enniskerry: 185 ou 44.
DART: Estação Bray (de lá pegar o ônibus 185)

Há também empresas de turismo que fazem Day Tours para Powerscourt, basta visitar um dos escritórios de turismo no centro de Dublin ou procurar online.

Postado por: | Comments (22)

22 Comments »

  1. Que bom poder dizer que eu fui a Wiclow, eu visitei esse lugar. Um dos passeios mais lindos que fiz na vida. É realmente fantástica a beleza e a paz que sentimos ao visitar esses jardins. Parabéns Tarsila pelo registro fotográfico de extrema qualidade, mais bonito só o olhar humano, ao vivo. Beijos.

    Comentário by Telma — 17/10/2012 @ 11:22 pm

  2. Olá Telma!

    Obrigada pelo comentário. Fico muito feliz em saber que você visitou Powerscourt e que gostou, é lindo né? Dá vontade de ir lá todo final de semana só para tomar café da manhã olhando os jardins…

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 05/01/2013 @ 9:27 pm

  3. Tarsila…Parabéns pelo seu blog!!!
    Entro todos os dias para acompanhar seu posts novos e amo toodossss…Principalmente os achados!! Rsrs
    Estou pensando fazer intercambio ano que vem para Dublin, porém meu maior medo é referente a saúde.
    Como é ai em relação a saúde?
    Se eu tiver algum problema, é facil me virar?
    Tenho medo de precisar de hospital e não conseguir.
    Parabéns novamente!!! Beijos….

    Comentário by Thaís — 18/10/2012 @ 1:08 pm

  4. Olá Thaís,

    Obrigada pelo comentário, fico muito feliz em saber que você ama os posts e os “Achados em Dublin”!
    Aqui normalmente não há grandes perregues relativos a saúde, até porque você é obrigado a ter seguro-saúde ao estudar aqui, logo você deve acioná-lo caso precise. Eu nunca precisei (ainda bem), mas conheço pessoas que utilizaram o serviço de seguro, até em hospital, e foi tudo tranquilo. Recomendo que a sua agência explique em detalhes a cobertura e como você deve proceder para utilizar o seguro caso precise. 🙂

    Espero ter ajudado!

    Comentário by Tarsila — 07/01/2013 @ 6:26 pm

  5. Faz tempo que venho adiando a visita, mas acho que nesse sábado eu vou 🙂

    Comentário by Karina — 19/10/2012 @ 3:25 pm

  6. Oi Ka!

    Já visitou? Se sim, o que achou? 🙂

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 07/01/2013 @ 6:32 pm

  7. Caramba, que lugar lindo! Aliás, são tantos os lugares que eu vejo aqui no V.I que acho que em 6 meses não vou conseguir visitar todos hehehe

    Comentário by Wilberson — 22/10/2012 @ 2:44 pm

  8. Olá Wilberson,

    Obrigada pelo comentário. Olha o Powerscourt Estate é lindo mesmo e vale a visita. Bom, 6 meses bem planejados dá pra ver bastante coisa. 🙂 Espero que aproveite tudo que você quer conhecer por aqui.

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 09/01/2013 @ 12:14 pm

  9. A Irlanda é linda,Dublim é lindo ,estive lá e me apaixonei quero voltar um dia

    Comentário by leila — 29/10/2012 @ 9:39 pm

  10. Olá Leila,

    E tenho certeza que descobrirá muito mais outras coisas lindas quando voltar!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 09/01/2013 @ 1:34 pm

  11. Oi !!!

    Amei seu site e TODAS as suas fotos.
    Tenho muita vontade de conhecer a Irlanda e gostaria de saber qual a melhor época do ano para os turistas.
    Qual é a melhor forma de ir para a Irlanda daqui do Brasil, por conta ou com alguma empresa de turismo?

    Muito obrigada

    Comentário by Thais Lopes — 30/10/2012 @ 1:01 am

  12. Olá Thais,

    Obrigada pelo comentário e carinho (inclusive pelas fotos!).
    A melhor época para o turismo é, sem dúvidas, o verão (entre junho, julho e agosto). As atrações ficam abertas até mais tarde, há mais variedade de coisas para fazer e a cidade ferve com o turismo. Se seu plano é fazer uma viagem turística é possível planejá-la sozinha já que você terá mais autonomia para fazer o que quiser quando quiser, através das agências você pode ter uma experiência mais programada, então realmente depende do que você está buscando. 🙂

    Espero ter ajudado!

    Comentário by Tarsila — 09/01/2013 @ 1:38 pm

  13. O melhor e o Seafood Chowder no cafe. Ja fui ai varias vezes.

    Comentário by Ana — 05/11/2012 @ 11:47 am

  14. Oi Ana!

    Que legal saber que o Seafood Chowder é gostoso! Vou experimentar!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 09/01/2013 @ 4:23 pm

  15. O teu blog é simplesmente encantador. Imagens espetaculares que faz despertar uma grande vontade de conhecer este País maravilhoso.Você realmente desfruta de um belo lugar,uma nova cultura, costumes diferentes,clima especial.Uma férias neste paraíso vale apena investir.Um abraço do seu amigo blogueiro,que está conhecendo a Irlanda através de excelente blog.Sucesso neste lindo país.

    Comentário by Cícero Barros — 06/11/2012 @ 4:44 pm

  16. Olá Cícero,

    Obrigada pelo carinho e todos os elogios! 🙂
    Eu realmente busco desfrutar de tudo que a Irlanda oferece, afinal de contas ela é meu lar! Espero que um dia possa vir conhecer e aproveitar tudo que a Ilha Esmeralda tem a oferecer!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 09/01/2013 @ 5:14 pm

  17. Parabéns Tarsila!
    Devorei as imagens e comentários. Sempre quis conhecer a Irlanda e seus encantos. após visitar seu blog penso que não posso adiar por mais tempo.
    Obrigada e feliz ano novo!

    Comentário by Ana Maria PASCHOALINI — 30/12/2012 @ 1:15 pm

  18. Olá Ana Maria,

    Obrigada pelo comentário e carinho. Espero que possa vir conhecer as belezas da Irlanda de perto – e continue devorando o Vida Na Irlanda!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 26/02/2013 @ 8:24 pm

  19. Olá, Tarsila. O seu blog me ajudou muito a montar um roteiro com a minha amiga, pois estamos indo em Junho passar alguns dias em Dublin e depois que entrei aqui, foi impossivel não incluir esse lugar. É realmente maravilhoso. Ainda estamos tendo dificuldade em entender como ir de Dublin até Powerscourt, mas vamos descobrir.
    Parabéns pelo blog e sucesso na sua vida.
    Beijos

    Comentário by Raquel — 15/04/2013 @ 2:52 am

  20. Olá Raquel!

    Obrigada pelo comentário! Fico feliz em poder ajudar.
    Espero que curtam o passeio em Powerscourt e é meio complicadinho chegar lá por conta própria mesmo.
    No final do artigo eu explico como:

    “Para chegar em Powerscourt Estate através de transporte público é preciso chegar até Enniskerry e de lá andar até Powerscourt.
    Ônibus até Enniskerry: 185 ou 44.
    DART: Estação Bray (de lá pegar o ônibus 185)

    Há também empresas de turismo que fazem Day Tours para Powerscourt, basta visitar um dos escritórios de turismo no centro de Dublin ou procurar online.”

    Espero ter ajudado!

    Comentário by Tarsila — 25/06/2013 @ 1:32 pm

  21. Obrigada pela resposta, Tarsila. Mas justamente pela dificuldade de se ir sozinha, minha amiga e eu optamos por visitar uma agência assim que chegarmos para ver se fechamos um day tour.
    Mesmo assim, valeu por enaltecer como ir por conta própria. Escrevi que ia em Junho e na verdade é Julho, rss.
    Beijos.

    Comentário by Raquel — 25/06/2013 @ 2:54 pm

  22. Olá Raquel,

    Disponha! Ah e olha, eu acho que os passeios de day tour valem a pena, pois você recebe bastante informação durante o caminho e não tem de ficar se estressando se está pegando o transporte certo ou não. 🙂

    Tudo de bom para vocês!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 08/08/2013 @ 12:42 pm

Leave a comment

Comentários que não contribuem para o tópico acima serão deletados.