21/02/2013

Estudar na Irlanda: NCBA – National College of Business Administration

Hoje vocês conferem uma das entrevistas que tem sido muito requisitadas aqui no Vida Na Irlanda. Tive o enorme prazer de bater um papo bacana com um aluno do curso de fotografia na NCBA – National College of Business Administration.

Lhes apresento…O FÁBIO!

04---Fabio---NCBA---01

O Fábio é de Piracicaba – SP e sempre teve o sonho de morar no exterior. Ele até mesmo estabeleceu uma meta para si mesmo que teria de sair do Brasil até os 27 anos e foi exatamente isto que ele fez. Ele deixou para trás o trabalho como designer gráfico e criador de uma revista pela qual era apaixonado em busca da experiência no exterior. O que ele está achando de estar na Irlanda? É só continuar lendo…

Qual é o seu nome e idade?
Fábio Gibelli, 28 anos.

Qual o seu curso e escola?
Fábio – Estudo fotografia na NCBA – National College of Business Administration

Há quanto tempo você está na Irlanda e estuda na NCBA?
Fábio – 1 ano e 7 meses na Irlanda e estou estudando na NCBA há 4 meses, antes estudava inglês na NED.

Por que você escolheu a Irlanda?
Fábio – Pesquisei vários lugares porque queria também viajar. Meus amigos sugeriram a idéia de vir para a Irlanda mas cada amigo foi para um canto e eu fiquei com o sonho de ir para o exterior. Quando conheci a Irlanda e comecei a fazer pesquisas sobre o país e gostei bastante. Claro que gostaria muito de ter vindo com eles e estava muito receoso com o clima, especialmente com o fato da chuva ser constante, mas decidi tentar. Vim, me apaixonei e não quero mais ir embora.

Você optou por vir para a Irlanda sem ter assistência de uma agência? Por quê?
Fábio – Eu pesquisei em diversos sites os nomes das escolas que mais me chamavam a atenção e pedi um orçamento. No começo vim para estudar inglês e tinha uma amiga que trabalhava na NED, então tive a facilidade de ter este contato e optei por estudar lá por conta dela, do apoio que eu tinha.

Comparando os preços que recebi achei melhor fazer tudo por minha conta mesmo, até as passagens aéreas. Quem negociou o seguro e tudo mais foi a própria escola.

Qual é o seu objetivo em estudar na Irlanda e na NCBA?
Fábio – Como sou formado em publicidade queria algo novo e eu não gosto de ficar parado. Como gosto muito de estudar escolhi estudar inglês onde o inglês é falado.

Juntei a minha vontade de morar no exterior e de querer aprender inglês e vim. Aqui tudo tudo é realmente diferente. Eu já tinha a perspectiva de que depois que meu inglês melhorasse que eu pudesse fazer um curso que agregasse algo ao meu currículo, aí entra o curso de fotografia que estou fazendo.

Eu já falava inglês antes de vir, mas não era perfeito, inclusive até hoje não é, mas vim com uma boa noção e isto ajudou. No começo eu era um pouco tímido, mas com o tempo isso passou e se eu falar errado não tem problema porque estou aqui para aprender mesmo. Cheguei até a sair sozinho pelas ruas com o mapa na mão perguntando onde ficavam as coisas (mesmo sem querer ir no lugar) só para ver como eu me virava, me forçando a aprender e ter contato com a língua.

Que tipo de acomodação você escolheu? Como foi esta experiência?
Fábio – Vim com dois amigos, diferentes daqueles com os quais eu pensei na viagem, e como eles chegaram na Irlanda duas semanas antes de mim eles já buscaram acomodação e tudo mais. Quando eu cheguei já tinha uma vaga para mim com eles e é o lugar onde eu moro até hoje. Estes meus amigos já foram embora para o Brasil, mas não consigo me imaginar morando em outro lugar, a localização e ótima e é a minha cara.

Eu moro em um apartamento e meu quarto é dividido. Muitas vezes eu reclamo disso aqui, mas quando eu estava no Brasil de férias e tive meu quarto sozinho, senti falta da companhia.

Por que você escolheu a NCBA como sua escola?
Fábio – Enquanto eu estava estudando inglês pensei no que poderia fazer depois. Quando meu visto estava próximo de acabar fiquei indeciso de voltar para o Brasil ou ficar aqui e eu não tinha motivo para ficar se não tivesse algo para acrescentar, então busquei um curso que tivesse aplicação na minha área.

Eu não queria fazer um curso de inglês de novo por isto comecei a pesquisar cursos de fotografia, que é a minha paixão, e encontrei a NCBA. Eu adorei o que eles ofereciam e achei que era um curso legal, gostei da infra-estrutura que me mostraram e é um curso que serve para a renovação do visto, então decidi estudar lá.

Qual é a sua opinião sobre seu curso?
Fábio – O curso é maravilhoso e desde o primeiro dia eu sabia que era o meu lugar. A sala de aula é, na verdade, um estúdio fotográfico com computadores da Apple, livros de fotografia, etc. é um ambiente descolado e muito gostoso, bem de quem vive nesta área. É uma experiência bastante diferente da de um curso de inglês que normalmente as mesas são todas umas do lado das outras certinhas com o professor no meio falando.

Meu professor é irlandês e ótimo fotografo, infelizmente ele teve de se afastar por um período por motivos pessoais, mas colocaram outro professor para substituí-lo tão bom quanto ele, também irlandês. Eles sabem que estão fazendo e sabem dar aula. Também temos aulas externas e por conta dos professores serem irlandeses eles sabem os melhores lugares para fotografarmos. É muito legal porque a fotografia não é só no estúdio. Todo mundo brinca que está frio para fotografar do lado de fora, mas eles dizem: “Você acha que ser fotografo é fácil? Tem de driblar o frio, o calor, e trabalhar em todas as condições, com geada, chuva, tudo mais!”. Acho isto muito legal porque conhecemos novos lugares e estamos fazendo fotos.

O que você acha da infra-estrutura da NCBA?
Fábio – Não sei avaliar a infra-estrutura da NCBA porque o estúdio fotográfico fica no prédio da MEC (a MEC e a NCBA são escolas conveniadas).

A infra-estrutura do estúdio é ótima e ele fica no outro prédio porque a iluminação é mais adequada. Temos os computadores, projetor e telão que são utilizados quando apresentamos nossas fotos e também para explicações. A estrutura da minha sala de aula é bem legal porque temos acesso a todo equipamento fotográfico que precisamos, como canhões de luz, enfim, todo o aparato necessário que um fotógrafo precisa e se quisermos utilizar o espaço para fazer trabalhos fora do horário de aula, podemos, só não podemos retirar o material, mas podemos usar tudo.

Qual sua opinião sobre o horário e duração das aulas?
Fábio – Tenho aulas às terças e quartas-feiras das 10:30h às 15:30. A princípio achei que era pouco tempo, mas por estar aqui  na Irlanda há mais de um ano também quis me focar em trabalhar. Então acaba sendo um horário bom porque posso trabalhar e tenho um tempo legal de aula.

Quais são as nacionalidades dos professores na NCBA?
Fábio – Só conheço os professores do curso de fotografia e eles são irlandeses.

Quantos alunos tem na sua sala/curso? Quais são as nacionalidades dos alunos?
Fábio – Varia, mas somos por volta de 15 e a sala se divide entre brasileiros e mexicanos.

Há muitos brasileiros na NCBA?
Fábio – Não sei dizer na NCBA, por conta da localização do estúdio, mas na minha sala tem bastante, pelo contato que tenho com outros brasileiros acho normal.

O que você acha que a NCBA oferece de diferencial?
Fábio – Acho este curso e um diferencial, porque os professores são qualificados e a estrutura é ótima, isto é um grande diferencial.  O custo não é tão caro para um curso de fotografia, especialmente porque é um curso certificado através de um órgão de Londres e para conseguir passar tem de apresentar um portfólio com 20 fotos mais o caderno de estudo de todo o curso, ou seja, tudo que fazemos em sala de aula é avaliado.

O que você mais gosta e menos gosta na NCBA?
Fábio – O que eu mais gosto é da qualidade do curso até porque sou apaixonado por fotografia e realmente não tem nada que eu não gosto.

Você tem alguma sugestão para a melhoria da escola?
Fábio – Não. Está ótimo como está.

Você gosta de estudar na NCBA?
Fábio – Eu adoro.

Como você vê a mudança entre quem você era quando chegou na Irlanda e agora?
Fábio – Tudo se resume em um texto que eu escrevi para minha família e amigos no Facebook, mas vou compartilhar o link aqui.

Você acha que existe diferença entre o estudo aqui e no Brasil?
Fábio – Completamente. Aqui você estuda vivenciando o que você aprende, tanto com o inglês como com a fotografia. Se você está estudando inglês, assim que você sai na rua você está fazendo sua lição de casa – no mercado, na farmácia, nas lojas, nas atrações. E com a fotografia eu percebo que aqui tenho muitas opções para tirar fotos, no Brasil também tem, mas pessoalmente não me vejo em outro lugar.

O que você acha do contato com outros brasileiros na Irlanda?
Fábio – Eu adoro o contato com outros brasileiros porque acho que isso faz a gente não sentir “tanta saudade” do Brasil, na verdade ameniza um pouco. Não tem nada melhor do que outro brasileiro para chorar ou dar risada junto. É legal conhecer outras nacionalidades, mas o Brasil é o Brasil. Tenho muitos amigos brasileiros e saímos juntos, quando não saímos eles estão sempre lá em casa, é maravilhoso.

Na sua opinião pessoal quanto um estudante gasta por mês na Irlanda?
Fábio – Eu sou muito baladeiro e eu me programo direitinho para não gastar na hora de entrar nas baladas (porque até um certo horário entra de graça). Nas minhas contas pago aluguel, alimentação, energia, internet, celular e baladas (tirando as viagens, que é um gasto mais variável) acho que gasto por volta de €700. Aqui dá vontade de comprar tudo, então não posso estar com meu humor consumista na hora de sair, porque, por exemplo gosto muito de comprar roupas. Tudo é muito bonito e também quero viajar. Como não vim para a Irlanda para fazer fortuna, quero gastar com viagens e aproveitar.

Você teve algum problema ou sentiu preconceito aqui na Irlanda?
Fábio – Não, muito pelo contrário. Os irlandeses são muito simpáticos. Até por ter bastante brasileiros nos lugares freqüento, percebi que os irlandeses adoram brasileiros.

Muitas pessoas tem medo de não conseguir um trabalho na Irlanda. Como foi esta experiência para você?
Fábio – Quando cheguei na Irlanda tinha uma boa reserva para me manter, pois no Brasil me preparei bem para chegar aqui tranqüilo. Achei um pouco difícil sim conseguir um emprego, mas se não fosse pelos meus amigos brasileiros… Um amigo meu me indicou para o trabalho que tenho hoje, que é de cleaner (limpeza) e já estou lá há 1 ano. Sei que não é a minha área, que morro de saudades, mas o curso de fotografia me ajuda a lidar com esse lado. Sei que o que estou vivendo agora é uma fase, um período da minha vida.

Também descobri aqui que qualquer trabalho é digno, diferentemente do Brasil onde muitos trabalhos são vistos como “menores” e com preconceito. Aqui já fiz de tudo: trabalhei como lixeiro no Electric Picnic, já servi em café, lavei louça e não tenho vergonha de nada do que fiz pois com estes trabalhos aprendi muita coisa sobre convívio, cultura, aprendi inglês e conheci muita gente. É a fonte de onde eu tiro dinheiro para continuar vivendo esse sonho e viajar.

Você gostaria de dar uma dica ou conselho para quem está vindo para a Irlanda?
Fábio –  VENHA!

Quando seu curso e visto acabarem o quê você pretende fazer?
Fábio – Já estou pensando sobre isso. Estive no Brasil em dezembro e tinha uma idéia clara de que em seis meses eu estaria de volta ao Brasil, mas cheguei aqui e tudo mudou. Meu curso de fotografia acaba em junho e meu visto em julho e já estou com a cabeça a mil se fico ou não fico na Irlanda.

04---Fabio---NCBA---02

Fábio, muitíssimo obrigada pelo tempo e por compartilhar conosco a sua experiência aqui na Ilha Esmeralda. Espero que você alcance todos os seus objetivos e fico na torcida para você ficar mais um pouquinho por aqui!

 

NCBA – National College Of Business Administration
7 Lower Hatch Street
Dublin 2
www.ncba.ie

Fotos: Arquivo Fabio Gibelli

Postado por: | Comments (44)

44 Comments »

  1. Tarsila , eu sou mais que fã do seu trabalho, adorei a entrevista, enxerguei no Fábio um rapaz sensato e com objetivos, fiquei muito feliz de ler sobre a realização do sonho dele. Desejo muito sucesso a você Fábio.

    Muito bom! Parabéns Tarsila, que você sempre esteja disposta a escrever, e que Deus permita que a conheça pessoalmente para te dar um abraço e agradecer toda essa sua dedicação!!

    Beijos…..

    Comentário by Milton Lima — 21/02/2013 @ 11:48 pm

  2. Olá Milton!

    Muito obrigada pelo comentário e carinho e a cada comentário gentil e carinhoso fico cada vez mais disposta para escrever. Desejo também muito sucesso ao Fábio!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 09/05/2013 @ 9:45 pm

  3. Bacana demais a entrevista do Fabio. O texto emocionante do seu “renascimento”, ja me fez pensar na minha hora e deu aquele aperto no peito sabendo que no final do proximo mes estarei ai para esta nova fase, este sonho… Ao Fabio, parabens e muito sucesso. E a voce Tarsila, mais uma vez, obrigado por nos trazer essas experiencias e toda sua bagagem. Voce faz um trabalho fantástico, me motiva a cada post, cada cantinho novo.. cada experiencia vivida. Parabéns e que Deus te proteja sempre. Sou seu fã!

    Comentário by Diego de Paula — 22/02/2013 @ 2:30 pm

  4. Oi Diego!

    Ah, que bacana! Fico muito feliz em ter um fã! 🙂
    A experiência do Fabio é realmente emocionante e cada um de nós passa por uma grande transformação mesmo. Fico feliz em poder contribuir e espero que a sua experiência seja inesquecível!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 09/05/2013 @ 9:59 pm

  5. Oi Tarsila, tudo bem com você?

    Eu estou na expectativa e nos preparativos para minha chegada em Dublin, desembarco dia 01/abr/2013.

    Após horas de leitura dos seus posts e acredito não ter encontrado informações sobre 2 assuntos:

    – Operadoras de celular, quais as vantagens e desvantagens, quais os planos oferecidos, possibilidade de chamadas para outros países da União Europeia e Brasil, por exemplo.

    – Óculos de grau: com a receita médica que prescreve o uso de óculos, com a especificação em graus e demais detalhes, é possível eu adquirir uma armação e fazer a lente receitada? Depois de pesquisar no site que você mesma indicou (http://www.tkmaxx.com/womens-accessories/glasses-frames/icat/1301#esp_pg=1) vejo que compensa comprar a armaçao ai, minha duvida é com relação a lente.

    Obrigada desde já.

    Comentário by Liliana — 22/02/2013 @ 6:53 pm

  6. Olá Liliana!

    Seja bem-vinda a Irlanda! Espero que tenha gostado do seu primeiro mês por aqui! 🙂
    Vamos lá:

    – Há uma enorme variedade de operadoras de celular com diferentes planos pré-pagos e pós-pagos. A maioria dos brasileiros opta por operadoras que oferecem tarifas baixas para ligar para o Brasil como a Lycamobile e o Tesco Mobile, que atualmente oferecem ligações a €0.01 por minuto para linhas fixas no Brasil.

    – Não sei até que ponto os oftamologistas daqui aceitam uma receita do Brasil. Se for como o caso dos médicos você terá de fazer um exame com um especialista daqui para fazer o óculos ou colocar a lente na armação de sua escolha.

    Espero ter ajudado!

    Comentário by Tarsila — 09/05/2013 @ 10:04 pm

  7. Oi Tarsila,

    Parabéns pelo site, é excelente!!

    Comprei por um site de compras coletivas um mês de curso na Liffey College, pela agência conexão irlanda de porto alegre, minha idéia era aliar o turismo às aulas, depois acabei me arrependendo pelo impulso, pois não encontrei informações seguras sobre a escola. Eu vi que em muitos dos seus posts pessoas perguntam sobre essa escola, conseguiu alguma informação sobre ela desde então? Pelo “street view” do google maps, no endereço fornecido não aparece nenhuma escola de idiomas. Fiquei preocupada, pois li algumas informações que relacionam prostituição às escolas de idiomas na Irlanda. Poderia me ajudar?

    Irei no fim de março para Dublin.

    Agradeço a disponibilidade e um grande abraço!

    Comentário by Renata Ribeiro — 24/02/2013 @ 12:30 am

  8. Olá Renata,

    Tudo bem? Espero que sim.
    Vamos lá: Eu não tenho uma entrevista com um aluno da Liffey College, mas ela é aprovada por uma série de órgãos educacionais e acredito que não há razão para você ter medo. A escola foi criada há pouco tempo e talvez por isto o Google Street View não mostre a escola lá, acontece com vários lugares.
    Em relação a prostituição é a primeira vez que escuto algo, pois NUNCA havia escutado algo do gênero, nem mesmo escutado relatos assim. Fique tranquila e venha curtir o seu intercâmbio, se as coisas não rolarem como você quer, você tem o contato da agência e sua passagem de volta. 🙂

    Espero que dê tudo certo!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 09/05/2013 @ 10:20 pm

  9. Achei muito bacana, tudo que o Fábio falou, venho lendo à algum tempo sobre Vida na Irlanda, um amigo me indicou para que eu possa pesquisar como funcionam as coisas por lá, bom pretendo cursar Inglês após o término da minha faculdade prevista para este ano, e quero muito aperfeiçoar meu Inglês, bom é isto, moro em Natal e espero levar outros amigos (as).

    Comentário by Angelina — 25/02/2013 @ 12:20 am

  10. Olá Angelina,

    Obrigada pelo comentário e carinho! Espero que seus planos dêem certo e que você tenha muito sucesso!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 09/05/2013 @ 10:31 pm

  11. mais uma vez um otimo depoimento …
    muito bom!

    Comentário by ruan — 25/02/2013 @ 1:56 am

  12. Olá Ruan,

    Muito obrigada pelo comentário!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 09/05/2013 @ 10:31 pm

  13. tarsila… pelo amor do menino jesus cristo..
    me responde onde é realmente o centro de dublin?
    varios sites de intercambio dizem que seus predio ficam no centro de dublin mais sempre sao diferentes..
    qual é o verdadeiro centro de dublin ?
    dublin 1 dublin 2 dublin 3? 4,5,6,7,8,9?

    Comentário by ruan — 25/02/2013 @ 2:26 am

  14. Olá Ruan!

    O ponto zero do centro de Dublin é a O’Connell Bridge, que fica entre Dublin 1 e Dublin 2, mas estas áreas fazem divisa com outras como Dublin 3, Dublin 7 e Dublin 9 do lado norte, e Dublin 4, Dublin 6, Dublin 6w e Dublin 8 do lado sul.
    O centro mesmo de Dublin são consideradas as áreas de Dublin 1 e 2, veja mais aqui: http://www.vidanairlanda.com/2010/03/se-virando-em-dublin-entendendo-o-layout-da-cidade.html

    Espero ter ajudado!

    Comentário by Tarsila — 09/05/2013 @ 10:34 pm

  15. Olá Tarsila,

    Muito bom mesmo, estou indo justamente para essa escola, embarco na proxima semana, este post ajudou a tirar algumas duvidas e tranquilizar um pouco, rsrsrs, a escola parece ser muito boa, logo logo tirarei a prova, estava pensando tambem no curso de fotografia e as dicas do Fábio ajudaram bastante, muito obrigado pelo post, abraços e see you soon.

    Comentário by Antonio — 25/02/2013 @ 5:38 am

  16. Olá Antonio!

    Obrigada pelo comentário e espero que tenha feito uma ótima viagem! Fico feliz em poder tranquilizá-lo e espero que esteja curtindo o curso tanto quanto o Fabio!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 09/05/2013 @ 10:35 pm

  17. Olá amigos do vidanairlanda. Eu estou indo para Dublin no fim deste ano e gostaria muito de saber referências da escola IBSD. Eles estão com um preço super em conta, mas eu não estou encontrando referências. Se alguém as tiver eu agradeço.

    Comentário by Ricardo — 25/02/2013 @ 12:33 pm

  18. Olá Ricardo!

    Infelizmente ainda não tive a oportunidade de entrevistar um aluno da Irish Business School Dublin – IBSD, mas ficarei atenta e assim que puder faço uma entrevista sim. Desculpe não poder ajudar mais.

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 13/05/2013 @ 6:45 am

  19. ricardo tbm quero ira final do ano…qualquer coisa a gente marca d ir junto meo..

    Comentário by ruan — 27/02/2013 @ 1:11 am

  20. Olá Ruan!

    Espero que seus planos estejam bem encaminhados para a viagem no final do ano! 🙂

    Cheers!

    Comentário by Tarsila — 14/05/2013 @ 7:56 pm

  21. Olá amigos adorei o site VidanaIrlanda, quero muito conhece e trabalha, quero saber se é muito dificiil arrumar emprego aí ? O meu grande medo é ir pra Irlanda e não conseguir nada. Espero algum retorno de vocês. Abração

    Comentário by Bruno Jhone — 02/03/2013 @ 2:43 am

  22. Olá Bruno,

    Para conseguir qualquer trabalho muita coisa depende de você, do seu esforço em fazer contatos, buscar oportunidades, se dedicar. Existem oportunidades para conseguir trabalho para se manter mas tudo depende muito da sua determinação, ou seja, depende de você correr atrás das oportunidades, pois trabalhos não vai cair no seu colo. Existem diversos fatores que influenciam em conseguir um emprego e eu acredito que determinação e dedicação são os principais para se conseguir o que quer.

    Dê uma olhada nestes posts:

    http://www.vidanairlanda.com/2010/04/se-virando-em-dublin-como-procurar-emprego.html
    http://www.vidanairlanda.com/2010/08/abrindo-portas-para-empregos-na-irlanda.html
    http://www.vidanairlanda.com/2010/11/se-virando-em-dublin-dicas-para-procurar-emprego.html

    Espero ter ajudado

    Comentário by Tarsila — 14/05/2013 @ 8:20 pm

  23. Olá gente, primeiramente agradeço à Tarsila pelo brilhante trabalho que ela vem desenvolvendo aqui em Dublin. Antes de decidir vir pra cá, foi exatamente este site que me tirou muitas dúvidas e me ajudou na tomada dessa decisão. Obrigado Tarsila, pela entrevista, e por estar sempre na atividade com esse site maravilhoso.

    Recebi algumas mensagens me parabenizando e dizendo que minha entrevista ajudou bastante, outros dizendo que o meu sonho, o qual estou vivendo aqui, serve para espelhar muitos que também estão em busca dessa vivência.

    Obrigado à todos!
    Fábio.

    Comentário by Fábio Gibelli — 03/03/2013 @ 8:26 pm

  24. Olá Fábio querido!

    É um prazer, ainda mais sabendo que o Vida Na Irlanda o ajudou tanto. Desejo muita luz e sorte para você e que todos os seus objetivos se realizem aqui!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 14/05/2013 @ 8:37 pm

  25. Estou adorando as entrevistas, pretendo ir em abril ou maio e não vejo a hora… Se pudesse já estaria na Irlanda… Quem tb for pra lá nesses meses entre em contato comigo, ou quem tiver mais dicas me passem.

    quelyadm@ig.com.br

    bjo

    Queli

    Comentário by Queli — 04/03/2013 @ 5:51 pm

  26. Olá Queli,

    Obrigada pelo comentário.
    Espero que tenha conseguido contatos e que já esteja por aqui!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 16/05/2013 @ 11:29 am

  27. Oi Tarsila parabéns pelo seu trabalho, nestes últimos meses li muitos blogs, e o seu é um dos mais interessantes, pois é claro e realmente responde nossos questionamentos que por sinal são muitos… estarei ai em Dubin no final desse mês Março, minhas aulas iniciam dia 02 de Abril de 2013. Obrigado pela ajuda.

    Comentário by Jose luis — 04/03/2013 @ 7:44 pm

  28. Olá Jose Luis,

    Obrigada pelo comentário e carinho. Fico feliz em poder ajudar.
    Espero que esteja curtindo este seu segundo mês de Irlanda e que tudo esteja dando certo!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 16/05/2013 @ 11:29 am

  29. Olá Tarsila,

    Parabéns, adorei os posts, muito informativos! Bom, eu pretendo ir para Dublin, mas não gostaria de fazer curso de inglês, já investi muito tempo nisso e acredito que com a convivência esse amadurecimento em relação à língua começa a surgir. Gostaria de estudar algo diferenciado, já que quero visto de estudante. Sabes me dizer se existem cursos profissionalizantes além do inglês, como moda, entretenimento, gerência de restaurantes ou outra área, que sejam válidos para a obtenção de visto? Espero que possas me dar uma luz!!! Obrigada!!

    Lali.

    Comentário by Lali — 07/03/2013 @ 6:46 pm

  30. Olá Lali,

    Muito obrigada pelo comentário e carinho.
    Vamos lá: Muitas das escolas de inglês já oferecem outros tipos de curso que são técnicos, profissionalizantes ou de graduação e pós justamente porque há alunos como você. O requisito para se obter o visto de estudante (que permite o acesso ao trabalho) é que ele seja de período integral, ou seja, que tenha duração mínima de 25 semanas e carga horária mínima de 15h por semana. 🙂
    Recomendo que veja os sites:
    NCAD – National College of Art and Design
    IBAT College
    NCBA
    Dublin Business School – DBS
    Leinster College
    AB College
    opções não faltam…

    Comentário by Tarsila — 16/05/2013 @ 11:48 am

  31. Olá, gostei da entrevista; e me tirou muitas dúvidas. Estou pensando em ir para Dublin mas tenho algumas restrições… Nunca estudei inglês a não ser no colégio que faz tempo..rs! Tenho 29 anos e pela idade não posso ir para outros lugares para trabalhar de Auper, então pense em Irlanda, pois uma professora minha da faculdade foi e morou 2 anos no país. EStou achando muito caro ir por agência aqui do Brasil. Tem outras formas pra gastar menos, tenho umas economias mas se pagar tudo pela agencia, tipo: curso, moradia e tal não terei emprego tão fácil pra me manter por uns meses. Gostaria de ajuda de quem puder é claro. Super obrigada. Att Giselle

    Comentário by Giselle — 08/03/2013 @ 4:15 am

  32. Olá Giselle,

    Muito obrigada pelo comentário. Fico feliz em poder ajudar.
    Fazer um intercâmbio por conta própria implica em lidar com todas as adversidades sem um apoio de uma agência. Algumas pessoas lidam com isso tranquilamente, outras nem tanto e dependendo da escola até pode ficar mais em conta, mas analise tudo que está no pacote, tanto oferecido pela agência como pela escola para ver se realmente há diferença. Eu já adianto que todos os valores dos cursos, acomodação, seguro-saúde daqui devem ser equivalentes aos oferecidos pelas agências de intercâmbio, para não haver concorrência entre escola e agência. O pagamento feito diretamente com a escola na Irlanda deve ser feito a vista, enquanto muitas agências no Brasil parcelam o pagamento, portanto vale a pena analisar suas opções.

    Espero ter ajudado!

    Comentário by Tarsila — 16/05/2013 @ 11:52 am

  33. adoro as entrevistas do blog, as pessoas são muito sinceras e muitas duvidas e curiosidades são esclarecidas! todos envolvidos estão de parabéns!!

    Comentário by Mariana — 11/03/2013 @ 5:36 am

  34. Olá Mariana,

    Obrigada pelo comentário. Fico feliz em fazer e compartilhar estas entrevistas pois há muita gente bacana por aqui. 🙂

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 16/05/2013 @ 12:36 pm

  35. Tarsila, desde já, adianto que o seu blog tem sido uma ferramenta fundamental para meu planejamento de viagem à Irlanda!
    Site riquissimo em informações!

    Gostaria de saber se você tem alguma informação de estudantes que foram estudar na Irish Business School …se houver, por favor, me informe o post ou veja a possibilidade de falar sobre!
    Obrigada

    Comentário by Flávia — 14/03/2013 @ 8:57 pm

  36. Olá Flávia!

    Muito obrigada pelo comentário e carinho. Fico feliz em ajudar!
    Infelizmente ainda não tenho uma entrevista com um aluno da Irish Business School, mas estou indo atrás!
    Obrigada pela sugestão!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 17/05/2013 @ 6:32 am

  37. Adorei essa entrevista em especial porque já estava de olho nesse curso de fotografia, legal saber que o curso é bom! Já fechei o de inglês com a NED, e se ficar mais tempo depois pretendo fazer tbm esse de fotografia ou hotelaria na NCBA, então vou seguir os mesmos passos do Fábio 😉

    Comentário by Bethânia — 16/04/2013 @ 4:52 pm

  38. Olá Bethânia!

    Que bacana saber que você já tem seu roteirinho pronto! Como sempre muito sucesso e espero que aproveite tudo por aqui!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 25/06/2013 @ 2:11 pm

  39. Olá, já andei lendo quase tudo que pude no seu blog, estou adorando!
    Eu vou viajar pelo programa Ciências sem fronteiras e tenho que escolher 3 instituições para aplicar, infelizmente minha nota de proficiência não foi muito boa então não consegui atingir notas para Dublin, vou tentar só uma para ver se eles me aceitam com a nota abaixo. E tenho opções em Galway, Dundalk, Carlow, Athlone… e estou super indecisa, já li e reli sobre as cidades e não chego a uma conclusão. Você poderia me falar um pouco sobre elas?
    Eu pretendo viajar algumas vezes então queria uma que fosse de fácil acesso a aeroportos. De preferência uma cidade mais universitária, com boas opções de lazer e bons meios de transporte que me permita fazer pequenas viagens em fins de semana por exemplo.
    Dundalk eu vi que fica mais próximo a Dublin, mas não achei muita informação sobre lá, vc conhece?
    Se puder me ajudar eu ficaria muito agradecida, preiso aplicar até o dia 20 de maio…

    Um abraço!!

    Comentário by Hallana — 16/05/2013 @ 4:42 pm

  40. Olá Hallana!

    Obrigada pelo carinho e por ler quase tudo aqui no Vida Na Irlanda.
    Infelizmente eu não tenho como comentar sobre a vida nestas cidades pois moro em Dublin e também não posso comparar visitas com o dia-a-dia, pois são coisas muito diferentes. 🙂
    Qualquer uma delas oferece tudo que é necessário para viver com um tamanho menor. Galway é a terceira maior cidade do país, portanto ela oferece mais que outras cidades, mas muitas pessoas gostam do estilo de Dundalk, Carlow e Athlone. Analise a instituição e daí decida qual é a cidade, pois o seu objetivo principal é aprender. 🙂

    Espero ter ajudado!

    Comentário by Tarsila — 26/07/2013 @ 9:11 am

  41. Cara Tarsila,

    Já vi vários cursos de inglês na Irlanda.. e achei a NCBA mais em conta, até porque só poderei fazer 1 mês que é a minhas férias do trabalho. você recomenda? Já tenho conhecimento em inglês ( fiz 4 anos de curso a muito tempo atrás) e estou começando um curso intensivo de 8 meses.

    beijos

    Comentário by Debora Melo — 07/08/2013 @ 3:19 pm

  42. Olá Debora!

    Eu não faço recomendações sobre escolas, pois cada uma oferece coisas diferentes que podem ou não casar com os SEUS objetivos. Por isto faço as entrevistas, mostrando a opinião de cada aluno, de modo que você tire suas próprias conclusões.

    Espero ter ajudado!

    Comentário by Tarsila — 09/05/2014 @ 9:18 am

  43. Olá!
    Eu gostaria do contato do Fábio, seria possível?!
    Obrigada.

    Comentário by Ruthiely — 24/05/2014 @ 11:40 am

  44. Olá Ruthiely,

    Infelizmente não passo mais os contatos dos meus entrevistados por pedido dos mesmos. Desculpe não poder ajudar mais.

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 27/05/2014 @ 12:09 am

Leave a comment

Comentários que não contribuem para o tópico acima serão deletados.