11/03/2013

Imigrando: Animais de estimação na Irlanda

Alguns de vocês sabem que agora tenho um cachorrinho aqui na Irlanda, o Pixel, um esperto e danado Jack Russell Terrier. O Pixel é irlandês e não o trouxemos do Brasil, na verdade, o adotamos aqui, mas isto é história para outro artigo.

animal-estimacao-irlanda-dublin-imigracao

Antes de adotarmos o Pixel eu tinha uma linda cadelinha no Brasil, a Estrela, mas havia decidido que não a traria porque seria uma experiência muito estressante, além de burocrática e custosa. Como recebo diversas perguntas sobre o assunto até mesmo escrevi um artigo sobre as restrições e passos para trazer seu bichinho aqui. Desde então as regras mudaram e por isto decidi fazer este artigo, mostrando as atualizações que agora facilitam a entrada dos animais de estimação na Irlanda.

Desde 1 de janeiro de 2012 houve a implementação de um novo sistema de passaportes para animais de estimação dentro da União Européia. Dentro desta nova perspectiva animais de estimação como gatos, cachorros e ferrets podem circular pelos países da União Européia sem problemas uma vez que o passaporte funciona como um comprovante das vacinas que foram dadas e que o bichinho é registrado, ou seja, ele é o que indica que tudo está em ordem.

Qual a documentação necessária para se trazer um animal (gato, cachorro ou ferret) de estimação para a Irlanda?

O Brasil é um dos países considerados de alto-risco e por isto não é considerado como qualificado para trânsito livre de animais. Por este motivo há uma série de quesitos que seu animal de estimação deve preencher caso você queira trazê-lo para a Irlanda

– O animal deve ter um microchip implantado (primeiro passo).
– O animal deve receber a vacina anti-rábica.
– O animal deve ter feito exame de sangue e não ter apresentado problemas, com pelo menos 3 meses de antecedência à entrada no país.
– O animal deve obter um certificado veterinário (Veterinary Certificate) que é emitido ou endossado pelas autoridades brasileiras.
– O animal deve ter passado por tratamento anti-tênia (solitária) entre 24 e 120 horas antes da viagem e estes tratamentos devem constar no passaporte. Não é obrigatório fazer tratamento anti-carrapatos, mas é recomendado.

O que acontece quando eu chegar na Irlanda?

A entrada do animal de estimação deve ser feita por Dublin via aérea. O seu animal de estimação será então transferido para as instalações de quarentena somente para a inspeção e tudo será feito no mesmo dia. Se seu animal de estimação estiver com tudo em ordem ele/ela será liberado/a. Todos os custos, incluindo transporte são por conta do dono do animal.

O que acontece se meu bichinho não estiver com tudo em ordem?

Se o seu animal de estimação que veio do Brasil vier de avião e não atender aos requisitos acima o Departamento competente pode decidir se o animal terá de retornar para o país de origem ou se será encaminhado para quarentena pelo período máximo de 4 meses. Os custos, tanto do retorno como da quarentena, ficam por conta do dono do bichinho.
Se o seu animal de estimação que veio do Brasil vier balsa ele será inspecionado na França antes de sair para a Irlanda.

Posso levar meu animal de estimação com a companhia aérea de minha preferência?

O Departamento da Agricultura recomenda que os animais que vem de países que não fazem parte da União Européia (como o Brasil) devem ser transportados por uma das companhias aéreas aprovadas como Aer Lingus, Lufthansa e Emirates. Para ver a lista completa clique aqui.

Estas são as principais mudanças referentes às regras feitas para o transporte de animais de estimação na Irlanda. Espero que estas informações ajudem a entender como funciona o sistema e caso você queria trazer seu bichinho com você, que você tenha tudo certo em mãos!

Postado por: | Comments (30)

  1. Oi Tarsila! Muito obrigada pelo post novo, falou direto com minhas dúvidas e angústias.
    Eu e o namorido estamos planejando uma estadia de pelo menos um ano por aí e não sabemos o que fazer com nossos gatos. Temos 6! Estamos subornando minha irmã pra ver se ela fica cuidando deles, mas sabemos que se formos ficar mais tempo, e se conseguirmos nos ajeitar com folga por aí tentaremos levá-los.
    Tenho uma dúvida só, que sobrou. Como é a questão de alugar algum lugar que permita animais? É tranquilo ou poderemos enfrentar complicações?
    Aproveito também pra agradecer todo o esforço e dedicação que você coloca no site. É excelente, e tem sido companheiro de planejamento da nossa viagem. Referência obrigatória.
    Muito muito obrigada!

    Comentário by Manuela — 12/03/2013 @ 12:52 am

  2. Olá Manuela,

    Obrigada pelo comentário e carinho. Fico feliz em saber que o artigo os ajudou.
    Bom, não é lá muito fácil conseguir um lugar que aceite animais, mas não é impossível. Eu recomendo que vocês já comecem a procurar algo do Brasil mesmo. Alguns lugares aceitam se você negociar, mas normalmente proprietários e agências evitam animais.

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 16/05/2013 @ 8:17 pm

  3. Graças a Deus a exigência de quarentena de 6 meses acabou… Imagine só…
    Muito bom!!!
    Obrigada pelas boas notícias!!!

    Comentário by Vanessa — 12/03/2013 @ 1:30 am

  4. Olá Vanessa!

    Obrigada pelo comentário. Sim, algumas mudanças foram realmente muito bem-vindas!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 16/05/2013 @ 8:17 pm

  5. Ahhhh já to providenciando tudo isso para meus filhos……. 🙂

    Comentário by erika — 12/03/2013 @ 10:31 am

  6. Oi Erika!

    Espero que tenha dado tudo certo!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 16/05/2013 @ 8:27 pm

  7. Oi Tarsila, sempre mto interessantes seus posts… estou indo agora em abril para a Ilha Esmeralda e não tenho animais de estimação aqui no Brasil… havia pensado em adotar um animalzinho aí e quando voltar trazer para o Brasil, será que tem mtos problemas pra fazer essa inversão? Tava pensando em trazer uma cadelinha pra minha irmã. Ouvi dizer q há um imposto para ter cachorros aí, é verdade?
    Desde já qro dizer q sou super fã to teu site, to aprendendo mto por aqui

    Comentário by Junior — 12/03/2013 @ 4:43 pm

  8. Olá Junior,

    Obrigada pelo comentário e espero que esteja curtindo seu comecinho de jornada aqui em Dublin!
    Aqui há sim uma taxa para ter um cachorro que é de €20 por ano ou €140 para a vida toda do animal. Não sei quais são os procedimentos relacionados ao embarque para o Brasil, contudo o website do Ministério da Agricultura no Brasil pode ajudá-lo http://www.agricultura.gov.br/animal/animais-de-companhia/transporte-internacional

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 16/05/2013 @ 8:32 pm

  9. OI tarsi!!
    Vc poderia fazer um post sobre hoteizinhos e lugares para deixar os cachorros quando é necessário fazer uma curta viagem
    Se é que existem, qual é a diária em média???
    Que graça o Pixel. Cara de sapeca!!!
    Coloque mais fotos dele aqui no blog.
    Já virou o mascote do Vida na Irlanda!!!
    Beijoca
    Amdrea

    Comentário by Andrea — 12/03/2013 @ 5:51 pm

  10. Olá Andrea,

    Tudo bem? Espero que sim.
    Eu fiz uma pesquisa recente sobre o assunto e achei alguns lugares:
    http://www.petsittersireland.com
    http://petminderskennels.com
    http://www.peboardingkennels.ie
    e o que me parece de maior confiança:
    http://www.dspca.ie/dspca/petboarding

    Espero ter ajudado

    Comentário by Tarsila — 16/05/2013 @ 8:36 pm

  11. Olá Tarsila! Td bom? Tenho a curiosidade de saber quais os bichinhos que or irlandeses mais preferem ou que são mais comuns por aí? Adoro gatos e gostaria de saber se poderia adotar um por aí! Tks!

    Comentário by Iara Mello — 12/03/2013 @ 9:07 pm

  12. Olá Iara!

    Muito obrigada pelo comentário!
    Vamos lá: Acredito que os animais mais comuns são os cães e gatos mesmo e alguns cavalos. 🙂

    Espero ter ajudado!

    Comentário by Tarsila — 16/05/2013 @ 8:41 pm

  13. Pausa no assunto:

    Piiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiixeeeeeeeeeeeeeeeeeeeel! Adoro todas as fotos no Facebook!

    Comentário by Bruno Rodrigues — 13/03/2013 @ 7:26 am

  14. Oi Bruno!

    Hehehe. O Pixel manda lambidas de “hello”!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 16/05/2013 @ 8:43 pm

  15. Olá Tarsila.Olha o que eu penso e gostaria que você me falasse sobre isso.

    Veja o meu caso: Moro em Salvador,com temperatura de 32 graus,e tenho um cachorro.Imagine eu tirar ele daqui e levar para a Irlanda, com temperaturas tão baixas em relação ao lugar onde ele vive.Acho que é complicado isso!

    Opa,em breve estou chegando ai. Já comprei o seu presente! bjos

    Comentário by Anderson Seippel — 14/03/2013 @ 12:42 am

  16. Olá Anderson!

    Eu concordo com você, inclusive eu não trouxe a minha cadelinha quando vim para cá até porque eu acho que viajar de avião é bem estressante, e imagino que para os cachorrinhos também deva ser.

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 16/05/2013 @ 8:54 pm

  17. Oiee Tarsila, td bem?? Vou viver em Dublin..no momento estou aqui na Itália tirando minha cidadania italiana…e preciso mtooo falar com vc…..tem email ou facebook?
    Desde já agradecida…

    Comentário by Bianca Petenucci de Souza — 18/03/2013 @ 4:12 pm

  18. Olá Bianca,

    Desculpe pela demora na resposta. Infelizmente não tenho como passar meu email pela enorme quantidade que recebo diariamente, espero que compreenda.

    Obrigada!

    Comentário by Tarsila — 20/05/2013 @ 9:19 am

  19. Oieee Tarsila, tudo bem? vc é a mesma tarsila do blog vida na irlanda certo? rsrsrs. Preciso da sua ajuda..so seu conselho se puder me dar..estive em Dublin mes passado…fiquei como turista só por 4 dias como turista..na imigração mostrei reserva do hotel, passagem de volta, etc….agora estou na itália no processo de tirar minha cidadania italiana, pois quero viver em dublin. O vigile ja passou pra me ver..agora ja posso ir embora e esperar minha cidadania ficar pronta em dublin….em torno de 2 meses mais ou menos…quero voltar pra dublin como turista….problema, imigração. pensei em reservar um hostel por 30 dias…e na imigração digo que estou aqui na italia pois estou tirando minha cidadania italiana, e que quero passar uns tempos em dublin…que tenho amigos ai…ai mostro a reserva do hostel, mostro minha passagem de volta pra itália….o que acha??

    Comentário by Bianca Petenucci de Souza — 18/03/2013 @ 9:35 pm

  20. Olá Bianca,

    Bom, este é o Vida Na Irlanda, então acredito que sim! 🙂
    Imagino que você não terá problemas. Explique que você veio como turista por 4 dias, que saiu para ir para a Itália e que está aguardando uma documentação sua sair lá, enquanto isso você quer passear na Irlanda. Vale a pena lembrar que com o visto de turismo você não pode trabalhar nem estudar na Irlanda.

    Espero ter ajudado!

    Comentário by Tarsila — 20/05/2013 @ 9:21 am

  21. Oi Tarsila, Tenho uma Pinscher. Ela tem 12 anos. Ela foi companheira da minha mae por 11 anos. Minha mae faleceu o ano passado. Meu irmao mora na Irlanda fazem 8 anos. Eu pensou em mudar para la tambem e penso muito na minha cachorrinha( heranca da minha mae). Nao penso em deixa la, mas tambem penso no stress que ela vai passar. Nao consigo achar os comprovantes de vacinas e documentos dela. Gostaria de saber sua opiniao quanto a idade dela ( esta velhinha ja perdeu um dente) e tambem quanto a todos os procedecimento requeridos. Obrigado desde ja!

    Comentário by cesar — 16/08/2013 @ 2:51 am

  22. Olá Cesar,

    Imagino que seja uma situação bem complicada. Eu recomendaria conversar com o veterinário para discutir quais são as possibilidades e como é a condição de saúde dela para fazer a viagem se necessário. Seu veterinário também deve estar a par dos procedimentos, alguns deles descritos acima neste mesmo artigo.

    Espero ter ajudado e muita boa sorte para todos vocês!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 10/05/2014 @ 10:34 am

  23. Gostei muito do seu post! Vc quer dizer que se o cachorro que for para Irlanda ja sair do Brasil com tudo regularizado e certificado ele pode ir pra casa dos donos sem ter que ficar em quarentena na Irlanda por vários meses? Então essa tal quarentena pode ser realizada no Brasil com acompanhamento de veterinário e realização de exames? E isso? Obrigada, Thais

    Comentário by Thais — 15/09/2013 @ 12:50 pm

  24. Olá Thais,

    Como explicado no artigo acima dependendo das condições do seu bichinho, se ele não for aprovado, ele terá de ficar em quarentena. Para mais informações leia aqui também: http://www.vidanairlanda.com/2010/07/imigrando-bichos-de-estimacao-na-irlanda.html

    Espero ter ajudado!

    Comentário by Tarsila — 13/05/2014 @ 10:42 am

  25. Ola querida! Primeiramente gostaria de agradecer pela existencia do seu blog … estou para fazer um intercambio em Dublin para 2014 e, atraves da sua vivencia, esta me ajudando a esclarecer muuuitas duvidas … o que e normal para quem esta saindo de seu pais origem, pela primeira vez, para um lugar totalmente diferente. As expectativas sao enormes e certamente serao satisfatorias … creio muito!! Bom, vamos la … dentro desse assunto sobre animais, as atualizacoes postadas aqui ja me trouxe um grande alivio … porem, me surgiu
    algumas duvidas: tenho um gatinho chamado Fred e, estou correndo atras de tudo o que seja necessario para transporta- lo e com seguranca … e possivel que ele va comigo dentro do voo … ao meu lado? O tempo de voo ja sera estressante e ele longe de mim, sera uma tortura!!! Sabe qual cia aerea possibilitaria isso? Sei que podera ter custos, taxas… em relacao ao chip … e permitido compra-lo da Irlanda e transplanta-lo no pais de origem para quando chegar no destino esteja tudo ok? Ou como seria esse procedimento na Irlanda? A minha preocupacao e que mexam indevidamente com o meu gatinho e, com isso contrair alguma doenca … ja que aqui no Brasil tenho uma pessoa de confianca que cuida da saude do Fred. Em questao a veterinarios … e um servico de facil acesso por ai? Ufa! Surgindo mais duvidas, vou postando aqui ta?! rs
    Aguardo breve e ansiosamente seu retorno. Parabens!!!! Super bjo 🙂

    Comentário by Graciele — 06/10/2013 @ 5:54 am

  26. Olá Graciele!

    Obrigada pelo carinho e comentário. Fico muito feliz em poder ajudar.
    Só há um modo de descobrir se o Fred pode ir com você dentro do vôo: entrando em contato com a Cia Aérea que você vai utilizar, pois são eles que tem regras sobre isso.
    Em relação a todos os procedimentos para viagem, eles devem ser feitos ANTES de você embarcar, ou seja, com o seu próprio veterinário no Brasil.
    Há até que bastante clínicas e hospitais veterinários na Irlanda, mas o preço é bem salgadinho.

    Espero ter ajudado!

    Comentário by Tarsila — 14/05/2014 @ 8:49 am

  27. Nossa, ainda bem que li esse artigo agora! Que trampo… já vou correr atrás disso com bastante antecedência! Pois não vou viver sem minha bebe!

    Comentário by Camila — 12/06/2014 @ 3:53 am

  28. Olá Camila!

    Obrigada pelo comentário e é isso aí, antecedência e planejamento é tudo!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 12/06/2014 @ 10:12 am

  29. Oi Tarcila, tudo bem?

    Tenho um amigo que está indo morar em Dublim com a esposa e tem um cãozinho de 1 ano que ele simplesmente adora.
    Alguem falou para ele que a raça american staffordshire é proibida em Dublin, você já ouviu falar nisso ou é mito?

    Obrigada,

    Ale

    Comentário by Alessandra Sleiman — 21/06/2014 @ 12:27 am

  30. Olá Alessandra!

    Vamos lá: A raça Staffordshire bull terrier não é proibída na Irlanda mas existem algumas restrições sim para poder ter o animalzinho de acordo com o Control of Dogs Regulations 1998 (http://www.irishstatutebook.ie/1998/en/si/0442.html)

    Cães desta raça (entre outras e misturas também contam) devem:

    1- Sempre estar em guias curas e fortes e serem levados por pessoas com mais de 16 anos que tenham habilidade para controlá-los.
    2 – Sempre utiliza focinheiras quando estiverem em espaços públicos.
    3 – Sempre ter consigo coleira com nome e endereço do dono.

    Veja mais aqui: http://www.citizensinformation.ie/en/environment/animal_welfare_and_control/control_of_dogs.html

    Espero ter ajudado!

    Comentário by Tarsila — 21/06/2014 @ 8:23 pm

Sorry, the comment form is closed at this time.