13/01/2012

Crise econômica e empregos na Irlanda

Olá pessoal!

Muitos leitores do Vida Na Irlanda tem comentando sobre o assunto da crise européia, afirmando que tem muito medo de vir para a Irlanda e não conseguirem trabalhar.

A Irlanda é um dos países que foi fortemente impactado pela crise econômica mundial que abalou o globo em 2008. Os reflexos desta crise ainda estão presentes em diversos lugares da União Européia, com variações de impacto, e a Irlanda vem tomando diversas medidas desde então para que a economia se recupere (e ainda está em fase de recuperação).

A questão dos empregos aqui não é tão cabeluda quanto parece, mas conseguir uma oportunidade depende de inúmeros fatores: do emprego, do domínio do idioma, da experiência profissional e, especialmente, da sua determinação e dedicação.

Quem realmente quer encontrar oportunidades as encontrará – nem sempre elas serão do modo que você imaginou – talvez a oportunidade seja em um lugar distante de onde você mora/estuda, ou então os horários são diferentes, ou até mesmo não o emprego que você imaginava que iria encontrar (na sua área de formação, por exemplo.). Aqui sempre há oportunidades nos chamados sub-empregos, pois são vagas de alta rotatividade e o número de pessoas indo e vindo da Irlanda é alto, proporcionando que estas oportunidades existam.

É, portanto, absolutamente necessário que você tenha objetivos muito claros para a sua viagem ao exterior. O que você quer tirar desta experiência? Você realmente quer aprender inglês? Utilize a oportunidade de trabalho, independentemente da área ou cargo, para conseguir o que você quer.

Baixe gratuitamente o eBook “Intercâmbio na Irlanda”, onde abordo aspectos essenciais para uma experiência de intercâmbio que tem a ver com você.

Espero que este vídeo contribua com alguns insights e que você consiga realizar tudo aquilo que busca!

Postado por: | Comments (114)

114 Comments »

  1. Oi Tarsila,
    Primeiro parabens e muito obrigado pela sua ajuda.
    Estou planejando um intercambio para Dublin no proximo ano, e uma das minhas duvidas e em relacao a emprego, pois vejos daqui do Brasil noticias sobre a crise e a taxa de desemprego na Europa. Seu video esta senssacional!!
    Sei que nem todos conseguem emprego no primeiro mes, e uma duvida que tenho é de quanto dinheiro devo dispor em media para me manter pelo menos uns 4 meses sem emprego ai, isto incluindo acomoddação (alugel dividido), alimentaçao e transporte.
    Qual a sua opniao?

    Bjs

    Comentário by Rafael — 02/09/2012 @ 1:53 am

  2. Olá Rafael!

    Disponha, é um prazer poder ajudar.
    Bom, O estudante internacional que vier estudar na Irlanda pela primeira vez e que está matriculado em um curso de, no mínimo 25 semanas com carga horário semanal mínima de 15 horas, deve ter acesso a € 3.000, além de comprovar o pagamento das taxas do seu curso.

    Seus gastos dependem muito de onde você irá morar, estudar, e se precisará de transporte público. Gastos também dependem do seu estilo de vida e quanto você gasta com roupas, baladas, passeios, etc. A maioria dos estudantes gasta uma média de €500/€600 por mês, com exceção do primeiro mês que costuma ser mais caro com o valor do aluguel (+ depósito) e a carteirinha da imigração.

    Para se ter uma referência de custos, veja estes posts aqui:

    http://www.vidanairlanda.com/2010/05/se-virando-em-dublin-como-alugar-casa.html
    http://www.vidanairlanda.com/2010/08/se-virando-em-dublin-compras-no-supermercado.html

    Espero ter ajudado,

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 06/11/2012 @ 5:10 pm

  3. Olá Tarsila ;
    Quiz dar um tempo do Brasil em 2010, viajei para Dublin para estudar inglês e depois fiz outro curso. Durante todo tempo me dediquei a procurar emprego em minha área Comércio Exterior/Log Internacional. Tenho inglês, espanhol fluentes além de 15 anos de exp. profissional na área, em empresas multinacionais.
    Morei em Dublin por 1 ano e 2 meses.
    Todas as respostas que obtive das empresas foi que não podiam me contratar pois eu não tinha um visto de trabalho ou o “Work Permit” que eles falam, nem ao menos o passaporte europeu.
    Concordo com tudo que vc falou a nível de trabalho mas importante é deixar claro que quem for à Irlanda com a intenção de trabalhar na área (e não tiver passaporte europeu)vai se decepcionar imensamente (independente da experiência e fluência em idiomas) pois o mercado dará sempre preferência à irlandades primeiros, depois europeus da UE.
    O Work Permit é dado somente quando se tem a oferta de trabalho em mãos e hoje em dia é raro alguma empresa pegar algum algum cidadão não membro da UE.
    Abraços p/ vc

    Comentário by Patricia — 11/09/2012 @ 6:47 pm

  4. Olá Patricia,

    Concordo com você que realmente as oportunidades serão dadas primariamente para os cidadãos da União Européia, mas conheço brasileiros que conseguiram oportunidades na própria área sem ter cidadania européia, sendo que a empresa lhes cedeu mediante contratação o Work Permit. Não acredito que é impossível, mas é realmente bem improvável, contudo há diversos fatores que influenciam a obtenção de uma vaga, inclusive a área de atuação, pois a maioria destas pessoas que conheço são da área de TI, que necessita de profissionais qualificados aqui.

    Obrigada pela contribuição!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 02/01/2013 @ 7:32 pm

  5. Olá, Tarsília.

    Com relação ao custo-benefício seria melhor optar em ir a Irlanda por conta própria e lá chegando procurar por um curso para estrangeiros assim como por uma moradia e emprego ou é melhor se inscrever numa instituição que trabalha com intercambio que já vende pacotes prontos. Sou Homem, tenho 32 anos, minha formação e experiencia é em atividades de academias (musculação, ginástica, avaliação física, natação). Tenho garra para enfrentar um “sub-emprego” pois tenho muita vontade de aprender um novo idioma e novas culturas. De início penso em ficar na Irlanda durante 3 meses, más se tudo der certo penso em ficar por mais tempo e quem sabe atuar na minha área. Parabéns pela sua iniciativa, estás ajudando muita gente no Brasil. Abraço.

    Comentário by Wandilson Rodrigues — 25/09/2012 @ 5:45 pm

  6. Olá Wandilson,

    Obrigada pelo comentário.
    Vamos lá: Você deve entrar no país já apresentando o propósito da sua visita (seja estudo, turismo, ou trabalho). Não é possível entrar no país como turista e depois mudar seu visto para estudante ou trabalhador, já que esta é uma condição do visto de turista.

    Caso você tenha entrado no país como turista e queira mudar seu visto, você terá de sair do país e depois retornar como estudante, seguindo todas as regras necessárias como se fosse da primeira vez que entrasse no país e terá de apresentar toda a documentação necessária para tal. Veja mais nestes posts:

    http://www.vidanairlanda.com/2010/10/imigrando-novas-regras-para-estudantes-internacionais-de-2011.html
    http://www.vidanairlanda.com/2010/03/imigrando-como-se-registrar-na-gnib-ou-immigration-office.html

    Fazer um intercâmbio por conta própria implica em lidar com todas as adversidades sem um apoio de uma agência. Algumas pessoas lidam com isso tranquilamente, outras nem tanto e dependendo da escola até pode ficar mais em conta, mas analise tudo que está no pacote, tanto oferecido pela agência como pela escola para ver se realmente há diferença. Eu já adianto que todos os valores dos cursos, acomodação, seguro-saúde daqui devem ser equivalentes aos oferecidos pelas agências de intercâmbio, para não haver concorrência entre escola e agência. O pagamento feito diretamente com a escola na Irlanda deve ser feito a vista, enquanto muitas agências no Brasil parcelam o pagamento, portanto vale a pena analisar suas opções.

    Também recomendo que leia o eBook gratuito “Intercâmbio na Irlanda” http://www.vidanairlanda.com/2011/12/baixe-ebook-intercambio-na-irlanda-gratis.html. Ele oferece bastante informações e reflexões que podem ajudá-lo a ter a experiência que você quer durante o seu intercâmbio.

    Espero ter ajudado.

    Comentário by Tarsila — 04/01/2013 @ 12:42 pm

  7. Sua fofa! Adorei as informações!
    Estou planejando minha ida a Ireland para o começo do próximo ano.
    Uma pergunta: eu tenho a cidadania europeia…como isso pode me ajudar aí?

    bjoo

    Comentário by Ana — 29/10/2012 @ 1:41 am

  8. Olá Ana,

    Obrigada pelo carinho. Fico feliz em poder ajudar.
    Ah, a cidadania européia pode ajudar bastante. Vamos lá: Por princípio você terá os mesmos direitos que os cidadãos Irlandeses, ou seja, terá prioridade em contratação e poderá viver normalmente no país. Cidadãos europeus da União Européia podem trabalhar legalmente em Dublin (e em qualquer outro país da União Européia) sem ter de obter visto. É necessário somente entrar no país, obter seu número de PPS (algo como o nosso CPF) e viver aqui.
    (Não importa se você é brasileira, se você tem a cidadania européia, você é européia).

    Estes são os direitos dos cidadãos europeus que querem viver na Irlanda:http://www.citizensinformation.ie/en/moving_country/moving_to_ireland/rights_of_residence_in_ireland/residence_rights_eu_national.html

    E informações de quem é da União Européia e quer trabalhar na Irlanda: http://www.citizensinformation.ie/en/employment/migrant_workers/coming_from_eu_to_work.html

    Espero ter ajudado,

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 09/01/2013 @ 1:33 pm

  9. Oi Tarsila, boa noite!

    Primeiramente quero dizer que seu blog é simplesmente fantástico, de verdade!!

    Eu li muitas coisas aqui só que ainda tenho muito medo.

    Primeiro, medo sobre qual agência escolher.

    Segundo, medo de ir e não aprender o inglês.

    Terceiro, medo de não arrumar um emprego.

    O terceiro medo é relevante à esse post.

    Meu objetivo e ir para aprender inglês, mas vou precisar de um emprego para me manter e viajar pela europa nas horas vagas.

    Sem contar que já li muito que o emprego ajuda a praticar o inglês também.

    Recentemente vi na internet que a zona do euro está novamente em recessão.

    Sobre essa notícia posso considerar os mesmos conselhos que você aplica neste vídeo?

    Parabéns!!

    Bruno

    Comentário by Bruno Ramos Da Silva — 20/11/2012 @ 10:59 pm

  10. Olá Bruno,

    Obrigada pelo comentário e por todo o carinho.
    Eu entendo seu receio em escolher uma ag&enca, eu não consegir um emprego, mas aprender inglês só depende de você – de você ir às aulas, se dedicar, estudar. Isto não há porque temer. Já que você está com tantas hesitações eu recomendo que leia o eBook gratuito “Intercâmbio na Irlanda” http://www.vidanairlanda.com/2011/12/baixe-ebook-intercambio-na-irlanda-gratis.html. Ele oferece bastante informações e reflexões que podem ajudá-lo a ter a experiência que você quer.

    Espero ter ajudado!

    Comentário by Tarsila — 10/01/2013 @ 2:21 pm

  11. Oi Tarsila,
    Achei e comecei a ler seu blog, e adorei! Vc é bem detalhista e precisa nas informacoes, isso nos ajuda muito a entender o que se precisa para decidir ou planejar a viagem para irlanda.
    Estou planejando ir para Irlanda em maio ou junho desse ano com meu namorado. Atualmente moramos na Australia, e vamos tentar construir nossa vida na Europa. Para isso logico, precisamos de emprego. Procurei no seu blog post sobre o assunto, achei alguns mais antigos e esse talvez como mais recente, mas ainda sim pelo que vi foi escrito no inicio de 2012.
    Gostaria de saber se nesse um ano mudou-se muita coisa na Irlanda, especificamente em Dublin, a respeito de oportunidade de trabalho, salarios e afins. Obrigada!

    Comentário by Lidiane — 01/02/2013 @ 3:08 am

  12. Olá Lidiane!

    Obrigada pelo comentário e carinho. Ah, eu gosto de explicar as coisas certinhas com detalhes mesmo. 🙂
    Considerando o processo de recuperação da crise econômica mundial tenho de dizer que a Irlanda ainda se mantém no mesmo patamar. É um lugar bacana para se ter uma experiência de vida, mas não é o destino do momento para fazer dinheiro.

    Espero ter ajudado!

    Comentário by Tarsila — 15/04/2013 @ 2:45 pm

  13. OLÁ TARSILA BOA NOITE!!!

    JÁ FAZ ALGUNS MESES QUE ACOMPANHO OS SEUS POSTS E SINCERAMENTE TODOS SÃO EXTREMAMENTE EXCELENTES, 100 DIZER A ATENÇÃO CONCEDIDA PARA CADA DÚVIDA AQUI POSTADA.
    BOM… ASSIM COMO CETENAS DE BRASILEIROS EU TAMBÉM ESTOU COM UM INTERCAMBIO AGENDADO PARA O FINAL DE MARÇO/2013 E TENHO A SEGUINTE DÚVIDA:
    SOU FORMADO EM TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO E PÓS GRADUADO EM GESTÃO AMBIENTAL E GOSTARIA DE SABER SE TEM VALIDADE AI NA IRLANDA OU DEVO MANTER OS MEUS DIPLOS ENGAVETADOS GUANDO EU FOR EMBARCAR???
    FIZ ESSA PERGUNTA PORQUE PRETENDO FICAR UMA LONGA DATA POR AI, POIS PRETENDO RENOVAR O MEU VISTO APÓS UM ANO, MAIS SE OS MEUS DIPLOS FOREM INÚTEIS NA IRLANDA, SINCERAMENTE SEREI OBRIGADO A REPLANEJAR, POIS CERTAMENTE NEM UM PROFISSIONAL QUER COMEÇAR DO ZERO.
    MAIS UMA X MUITO OBRIGADO POR NOS MANTERMOS SEMPRE ATUALIZADOS SOBRE A FANTÁSTICA ILHA VERDE – IRLANDA.
    LÁ VOO EU 31/03/2013

    Comentário by AELSON — 26/02/2013 @ 11:17 pm

  14. Olá Aelson,

    Tudo bem? Espero que sim!
    Fico muito feliz que você curte o Vida Na Irlanda, é um prazer ajudar. 🙂
    Depende. Não basta apenas ter os seus diplomas reconhecidos na Irlanda, pois há muitos fatores envolvidos para se obter um emprego na própria área de formação, como experiência, domínio da língua, personalidade, visto, etc. Tudo conta.
    Se você deseja ter seu diploma validado na Irlanda o processo é feito aqui, na Irlanda mesmo.

    Você entrará no site de Reconhecimento de Qualificações do NQAI (National Qualifications Authority of Ireland) e irá baixar um formulário de aplicação (nele estão todas as instruções necessárias): http://www.qualificationsrecognition.ie/documents/QRIApplicationForm.pdf

    Depois de preenchido e com todos os documentos necessários (nenhum será o documento original, viu?), você deverá enviá-los para o seguinte endereço:

    Qualifications Recognition
    The National Qualifications Authority of Ireland
    5th Floor Jervis House
    Jervis Street
    Dublin 1
    Ireland.

    O departamento de Qualifications Recognition irá lhe enviar uma carta lhe dizendo qual é o nível dentro do National Framework of Qualifications (imagem aqui) que a sua qualificação se encaixa. Deste modo, esta carta mostra o nível Irlandês equivalente à sua formação no Brasil.

    Espero ter ajudado!

    Comentário by Tarsila — 14/05/2013 @ 7:55 pm

Leave a comment

Comentários que não contribuem para o tópico acima serão deletados.