11/04/2013

Conhecendo a Irlanda: Thomas Davis Memorial

Nas redondezas de dois prédios muito importantes em Dublin, o Bank of Ireland e a Trintiy College, mais precisamente bem no meio da movimentada e charmosa College Green, há uma fonte cheia de história que aos olhos descuidados pode passar despercebida, mas que vez ou outra é alvo da atenção dos transeuntes por estar cheia de sabão e cobrir a rua com espuma, seja por protesto ou farra.thomas_davis_memorial_dublin_irlanda_06Esta fonte, na verdade, se chama Thomas Davis Memorial e é uma homenagem em bronze ao poeta irlandês Thomas Davis, líder do movimento literário Young Irelanders e que escreveu textos de extrema importância histórica para o país.thomas_davis_memorial_dublin_irlanda_02Um dos poemas de maior impacto escrito por Davis é a música “A Nation Once Again* que através de suas letras deixa claro o favoritismo pela independência da Irlanda, portanto seu memorial demonstra justamente isto.thomas_davis_memorial_dublin_irlanda_01 Thomas Davis tem seu lugar na frente da fonte que é composta por quatro trompetistas, na verdade, arautos, que representam as Quatro Províncias da Irlanda e que proclamam esta mesma canção de Davis.thomas_davis_memorial_dublin_irlanda_05 thomas_davis_memorial_dublin_irlanda_03Ao redor da fonte há também tabuletas com imagens que simbolizam a época durante a qual Thomas Davis viveu, por volta de 1840, incluindo a Grande Fome (Great Famine).thomas_davis_memorial_dublin_irlanda_04 thomas_davis_memorial_dublin_irlanda_09O escultor que deu vida à este importante memorial se chamava Edward Delaney, um dos escultores de maior importância e visibilidade na Irlanda. Suas obras são conhecidas por retratar figuras patrióticas como Wolf Tone e Thomas Davis e seu trabalho ganhou destaque por quebrar as normas, sugerindo representações mais figurativas durante os anos 60.thomas_davis_memorial_dublin_irlanda_07Dois trabalhos conhecidos de Delaney podem ser vistos no St. Stephen’s Green Park na frente do Shelbourne Hotel, a estátua de Wolf Tone e, atrás dele, um memorial à Grande Fome.thomas_davis_memorial_dublin_irlanda_10Portanto da próxima vez que você passar pela College Green, atente-se aos detalhes deste memorial, afinal de contas agora você já sabe o porquê ele tem uma posição tão importante na cultura irlandesa.

 

Thomas Davis Memorial
College Green
Dublin 2

* Quem quiser escutar (e ler) a letra de “A Nation Once Again”, confira o vídeo abaixo.

Postado por: | Comments (12)

12 Comments »

  1. Ainda não conhecia Thomas Davis!!!
    Quantos escritores maravilhosos tem a Irlanda.
    Bj
    Andrea

    Comentário by Andrea — 11/04/2013 @ 11:09 pm

  2. Olá Andrea!

    Obrigada pelo comentário! Pois é, para uma ilha pequena a Irlanda tem muitos escritores sim, e excelentes! É um país com uma herança literária de peso. 🙂

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 24/06/2013 @ 3:39 pm

  3. Tarsila, bom dia!

    Meu nome é Rodrigo e eu descobri o “Vida na Irlanda” a poucos dias, após tomar a decisão de juntar uma grana e ir para a Irlanda estudar/trabalhar. Tenho experiencia com o inglês – falo e entendo sem problemas – mas quero aperfeiçoá-lo com a prática diária. Estou no 9º período da faculdade de Direito, tenho 21 anos e formo ainda no fim do ano. Meu plano é ir em dezembro e ficar até fevereiro (pelo que li, o passaporte nos dá direito de ficar por aí durante uns 90 dias).

    Você poderia me informar se houve alguma mudança significativa na legislação ou nas regras de imigração, e se você conhece irlandeses que abrigam estudantes ou algum site onde eu possa procurar uma host family? Estou tentando organizar uma “to do list” para facilitar essa tarefa meio árdua de sair do Brasil.

    E oh, parabéns pelo blog! Estou adorando as leituras e cada postagem sua que leio sinto mais vontade de desbravar a Ilha Esmeralda!

    Comentário by Rodrigo — 12/04/2013 @ 4:17 pm

  4. Olá Rodrigo!

    Obrigada pelo comentário e carinho.
    Vamos lá: Não há nenhuma novidade em relação às regras da imigração desde este artigo: http://www.vidanairlanda.com/2011/01/imigrando-novas-regras-da-imigracao.html

    Há sites onde você pode procurar acomodação como o Daft.ie ou então o Airbnb, depende do que você está procurando e lembre-se que sair do Brasil não é uma tarefa árdua, ela apenas exige um bom planejamento. Você já baixou o eBook gratuito “Intercâmbio na Irlanda”? Ele propõe uma série de questionamentos e reflexões interessantes, confira: http://www.vidanairlanda.com/2011/12/baixe-ebook-intercambio-na-irlanda-gratis.html

    Espero que você se organize e que encontre o que procura!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 24/06/2013 @ 3:51 pm

  5. OI Rodrigo:
    Não sou a Tarsila mas como já li bastante o blog dela posso te adiantar algumas informações.
    Os 3 meses são para turista. E quem vai como turista não pode trabalhar..
    Vc teria que entrar com visto de estudante e fazer toda a papelada previamente no Brasil para poder estudar e trabalhar na Irlanda.
    Veja o que diz a lei com relação a trabalhar e estudar como é a sua intenção: para conseguir o visto de estudante e poder trabalhar vc tem que fazer um curso com duração mínima de 25 semanas e com carga horária semanal mínima de 15 horas.

    Comentário by Andrea — 12/04/2013 @ 8:33 pm

  6. Olá Andrea!

    Muito obrigada pela resposta e por ter me ajudado.
    Há sim cursos com duração de até 3 meses, com visto de estudante, mas que não permitem o trabalho no país, portanto para trabalhar realmente tem de seguir as exigências que você mencionou.

    Obrigada mais uma vez e beijinhos!

    Comentário by Tarsila — 24/06/2013 @ 3:56 pm

  7. Rodrigo, veja o que a Tarsi escreveu

    3. Posso entrar na Irlanda como turista e depois pegar o visto de estudante?

    Não. A lei da Irlanda é clara: Você deve entrar no país já apresentando o propósito da sua visita (seja estudo, turismo, ou trabalho). Não é possível entrar no país como turista e depois mudar seu visto para estudante ou trabalhador, já que esta é uma condição do visto de turista.

    Caso você tenha entrado no país como turista e queira mudar seu visto, você terá de sair do país e depois retornar como estudante, seguindo todas as regras necessárias como se fosse da primeira vez que entrasse no país e terá de apresentar toda a documentação necessária para tal. Veja mais nestes posts:

    http://www.vidanairlanda.com/2010/10/imigrando-novas-regras-para-estudantes-internacionais-de-2011.html
    http://www.vidanairlanda.com/2010/03/imigrando-como-se-registrar-na-gnib-ou-immigration-office.html

    Comentário by Andrea — 12/04/2013 @ 8:37 pm

  8. Oi Andrea,

    Mais uma vez, obrigada querida! 🙂

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 24/06/2013 @ 3:56 pm

  9. De novo, ouvindo The Dubliners, eu amooo essa banda 🙂 🙂

    Comentário by Eduardo — 16/04/2013 @ 12:58 am

  10. Olá Eduardo!

    Mas é um amor enorme hein? 🙂 Eles são bons mesmo.

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 25/06/2013 @ 1:53 pm

  11. Rodrigo, como vc já tem algum entendimento em inglês, vc pode ligar diretamente para uma das centenas de escolas que fazem intercâmbio na Irlanda, principalmente em Dublin. Faça sua inscrição, pegue os comprovantes via internet, e também converse com o pessoal da instituição para reservar para vc uma host. Não se preocupe com a entrada no país.. Se o seu passaporte não tiver nenhuma restrição, entre confiante, porque as autoridades irlandesas não fazem muito charme para quem tem uma inscrição prévia comprovada em um curso lá. Mas seja exigente. Faça opção por uma acomodação próxima a escola, para que vc não precise de transporte público, apesar deles funcionarem com um relógio na Irlanda e ser bastante eficiente, é melhor vc não ter este gasto. Não reserve também a host para longo tempo. Pague apenas por uma experiência de 15 dias. Caso não goste, vc tem milhares de outras para escolher. Dublin é um lugar muito legal, mas a Irlanda tem outras grandes atrações. A comunidade brasileira lá também é imensa. Mas é bom evitar se refugiar numa tribo, porque se não vc retornar para o Brasil com o português ótimo.. rs rs rs. boa sorte.

    Comentário by Moseiltom — 27/04/2013 @ 8:01 pm

  12. Olá Moseiltom,

    Obrigada pelo comentário e pela contribuição. 🙂

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 26/06/2013 @ 3:32 pm

Leave a comment

Comentários que não contribuem para o tópico acima serão deletados.