21/07/2010

Estudar na Irlanda: Atlas Language School

Olá pessoal!

Essa semana entrevistei dois alunos muito simpáticos da Atlas Language School (a pedidos do Mael e do Gustavo) (para aqueles que estão aguardado um certa entrevista, ela virá semana que vem, ok?)

Por favor saibam que meus posts não servem para divulgar ou promover nenhum lugar, mas somente para informar as pessoas. Os entrevistados não são meus amigos para que não haja nenhum tipo de influência e as opiniões contidas aqui são exclusivamente do entrevistado.

Sem mais enrolação lhes apresento…A SANDRA e o WILLIAM!

A Sandra é jornalista e trabalhava com direitos de crianças e adolescente e direito ambiental. Originalmente de Santa Catarina, ela morava em Brasília antes de vir pra cá em busca de aperfeiçoamento profissional e pessoal. O William é de Boituva-SP e depois de estudar muitas opções decidiu que Dublin era seu primeiro destino na Europa, pois ele quer estudar música por aqui… Quer saber o que cada um está descobrindo com a sua experiência? É só continuar lendo…

Quais é o seu nome e idade?

Sandra Damiani, 35 anos.

William Dalmazzo, 21 anos.

Qual o seu curso e escola?

Sandra e William– General English na Atlas Language School (6 meses de aulas/6 meses de férias).

Há quanto tempo você está aqui na Irlanda e há quanto tempo estuda na Atlas?

Sandra – 3 meses.

William – 3 semanas.

Por que você escolheu a Irlanda?

Sandra – Pesquisei sobre muitos países nos quais eu pudesse trabalhar – Austrália, Inglaterra e Irlanda. A Irlanda me pareceu ser um lugar acolhedor, onde você se sente respeitado, além da facilidade para viajar. Quando resolvi sair do Brasil, me preparei por 1 ano, não queria que fosse uma decisão impulsiva e nem queria fazer más escolhas. Trabalhava com organizações internacionais, lidando com direitos da criança e do adolescente e direito ambiental e interagindo com mais de 40 países. Infelizmente faltava o inglês. Era o momento certo de explorar esse universo e desenvolver o idioma.

William – Escolhi a Irlanda pela aprendizagem do idioma e na verdade eu iria, originalmente, para Bournemouth na Inglaterra porque eu gosto muito de música. Quando contatei a agência de intercâmbio, a CI (Central do Intercâmbio), eu expliquei o que eu buscava e depois de estudarem o que eu queria eles sugeriram a Irlanda.

Por que você escolheu a Atlas Language School?

Sandra – Tive a indicação de um ex-colega de trabalho. Eu também consultei a CI, mas eles me indicaram outra escola, quando conversei com esse rapaz, ele me disse que desconhecia a escola indicada, mas me passou os detalhes da Atlas e disse que era uma escola boa. Entrei em contato diretamente com a escola e vim.

William – A CI recomendou a Atlas. Na verdade eles me ofereceram duas ou três escolas e a agente disse que tinha vendido alguns pacotes para a Atlas e os alunos estavam satisfeitos. Escutei a recomendação deles e estou gostando.

Qual o seu objetivo em estudar na Irlanda e na Atlas Language School?

Sandra – Vim pelo trabalho e por um crescimento pessoal. Quero acompanhar as notícias em inglês, ler livros em inglês, portanto, quero mais do que só o desenvolvimento profissional. Pretendo também fazer um mestrado ou pós-graduação, na Irlanda ou no Brasil, ainda não está definido. Tudo irá depender de quando eu conseguir um trabalho e se conseguir uma bolsa.

William – Eu não vim para farrear. Eu gosto muito de idiomas e línguas diferentes. Eu usava bastante o inglês no Brasil quando eu trabalhava com comércio e quando surgiu a oportunidade financeira decidi que era a hora certa de vir. Apesar de querer melhorar meu inglês, meu objetivo maior é estudar música, pois já estudei música clássica no Brasil no conservatório de Tatuí e isso é o que eu realmente quero. Aliás, gostaria de poder conhecer os outros países da europa como estou fazendo aqui na Irlanda. Sinto que esse é meu primeiro passo.

Qual sua opinião sobre seu curso?

Sandra – Eu acho a Atlas uma boa escola. Gosto dos professores, que são muito bons, sabem responder às nossas perguntas com propriedade. A didática e conteúdo das aulas também é bom e eu acho que a Atlas é uma boa opção custo/benefício. Sei que ela não é perfeita, por exemplo, não temos um espaço enorme de informática, mas muitas escolas nem tem isso.

William – Eu gosto muito do curso. No começo eu fiquei meio navegando, pois não encontrei as informações que queria logo de cara. Claro que depende do objetivo de cada um, mas eu acredito que se vou passar 6 meses aqui, que eu deveria fazer um exame para ter um certificado, como o FCE, TOEFL ou IELTS e achei que isso era padrão, mas não é. Eu tive de perguntar e deixar claro para a escola que queria prestar algum exame. Achei que faltou informação, mas somente sobre isso.

Os professores são qualificados e as duas aulas são interativas. Estou realmente tirando muito proveito, pois não podemos conversar no nosso próprio idioma.

O que você acha que a Atlas Language School oferece de diferencial?

Sandra – As aulas/atividades eletivas no período da tarde. Aqui eles oferecem opções como Estudos Culturais (Irish Culture) ou aula de Teatro/Interpretação (Drama), antes as aulas eram de Pronunciation e News. Tenho contato com estudantes de outras escolas e me parece que o nível de qualidade da Atlas é superior, além disso essas atividades eletivas são gratuitas.

Eles também oferecem viagens com custos reduzidos, pequenos tours pela cidade e promovem atividades que criam integração entre os alunos, por exemplo, promovem QUIZ e GAMES uma vez por mês, oferecem um Book Club (com uma ótima seleção de clássicos, aliás, acabamos de ler 1984 de George Orwell) e Cine Club quinzenalmente. Também temos internet de graça. No Brasil as escolas oferecem recusos audio-visuais, mas aqui a imersão é insubstituível.

William – A interação com pessoas de outros países. Você sai do Brasil e faz amigos do mundo todo! Também me parece que a Atlas prepara os alunos para que eles consigam viver aqui na Irlanda. Por exemplo, durante toda a semana passada trabalhamos em como construir um CV, ir à uma entrevista, como se apresentar…

Sandra –Nas discussões tudo é abordado: mudanças climáticas, economia, emprego, trabalho…A escola até mesmo fornece uma lista de sites para procurar trabalho

William – E sempre puxam os assuntos para a Irlanda…

Sandra – Bom, você está na Irlanda e descobre o que move o povo, quais são as gírias, o modo de vida das pessoas, os valores. Até mesmo o material oferece informações geográficas, sobre arte…tudo traz conhecimento. As aulas são bem ministradas e discutimos temas atuais e pertinentes. Os docentes bem qualificados o atendimento é muito bom e você se sente respeitado. Acho que isso são grandes diferenciais da escola.

Você acha que existe diferença entre estudar aqui e no Brasil?

William – Com certeza. No Brasil falamos inglês na sala de aula, mas fora de lá, não tem onde falar. Aqui você não está somente estudando, você sai e fala em inglês com as pessoas, com seus classmates (colegas de sala)…e quando você fala português acaba misturando com o inglês, é como se ficasse gravado!

Sandra – Claro que há. Primeiramente pelo contato com as pessoas nativas. No Brasil não há a prática e nem o contato constante com a língua. Além disso, professores e alunos caem na tentação de falar português. Aqui é diferente, mas tudo depende do quanto você imerge na cultura local. Somente o fato de se poder falar inglês fora da escola é uma grande diferença. É como estudar na escola, sair na rua e escutar o “phrasal verb” que você acabou de aprender.

O que você mais gosta e menos gosta na Atlas Language School ?

Sandra – O que eu mais gosto é do Book Club e o que eu menos gosto é que poderia existir um grupo de alunos mais adultos, um pouco mais de diversidade.

William – Eu gosto muito das atividades que proporcionam o contato com outras culturas. Já descobri costumes e hábitos diferentes, como o fato dos franceses darem dois beijos para se cumprimentar, ou quando os alemães brindam, eles se olham nos olhos.

Eu sei que nada é perfeito, e em termos de dissatisfação nada me chama a atenção, pois eu me sinto muito bem aqui na escola, não sei dizer o que não gosto.

Você tem alguma sugestão para a melhoria da escola?

William – Quando cheguei achei que a organização das informações a respeito dos exames não estava clara. Talvez a escola pudesse perguntar para o aluno qual o objetivo dele em estudar aqui.

Você gosta de estudar aqui?

Sandra – Sim!

William – Gosto!

Quantos alunos tem na sua sala/curso?

Sandra –  A quantidade de alunos oscila muito, mas uma média de 12 alunos.

William – Aproximadamente 14/15 alunos.

Qual sua opinião sobre o horário e duração das aulas?

William – A primeira aula é das 9:00h às 11:00h. Então temos um “break” de 30 minutos. Depois a segunda aula é das 11:30h às 13:00h. Acho o horário legal, pois as aulas são bem preenchidas e o tempo é bem utilizado. As aulas tem uma duração adequada para quem quer realmente aprender e dá para tirar bom proveito delas. Além disso os professores são flexíveis, e sempre respondem à perguntas extras.

Sandra – É um horário adequado, não cansa tanto, mas a carga horária não é baixa. Acho que funciona bem.

O que vocês gostariam que tivessem lhe dito antes de você chegar na Irlanda?

Sandra – Para procurar mais informações sobre a homestay (host family). Li em muitos lugares que era roubada e ruim. Eu sempre tive facilidade em me comunicar, mas a questão da host family é uma loteria – mesmo! Há pessoas que ficam em casas onde as pessoas são super simpáticas e gentis, outras acabam numa casa onde as pessoas estão alugando um quarto e você está ali, meio que preso na situação. Então meu conselho para quem está vindo é – fique 2 semanas em casa de família. Se gostar, você tem a possibilidade de extender, senão opte por outra coisa.

Eu também li que havia muitos brasileiros em Dublin, mas há muito mais do que eu imaginava. Eu gostaria de ter mais imersão na cultura irlandesa, pois é muito fácil sentir que se vive no Brasil na Irlanda. Talvez as pessoas do interior do país sejam mais abertas e atenciosas, pois Dublin é uma cidade de estrangeiros, cosmopolita, com pessoas de todo o mundo e muitos turistas. Escutamos todas as línguas nas ruas, as vezes o mais difícil de se ouvir é o inglês.

William – Eu acho que poderiam ter mais informações sobre lugares para morar DEPOIS de sair da host family. Claro que depende do que você vem fazer aqui e se fora para aperfeiçoar seu inglês  tenha em mente que quando você sair da host family você provavelmente irá arrumar um trabalho e dividir casa com algumas (ou muitas) pessoas.

Alguma dica para quem está vindo?

Sandra – Venha com a cabeça aberta – você terá uma experiência de vida na Europa! Não fique tão apegado ao Brasil, pois é só por um tempo, muita gente fica saudosa. Você está aqui e será bacana se você se dedicar à isso, pois vai facilitar seu aprendizado. Tente dar abertura às diferentes culturas, pois o tempo aqui passa muito rápido e as pessoas sentem falta das oportunidades que não aproveitaram enquanto estavam aqui.

Também aconselho que as pessoas que estão considerando vir pra Irlanda para aprender inglês em apenas 1 ou 2 meses que considerem o seu nível de inglês. O aprendizado em sala de aula é muito bom, mas aconselho somente cursos dessa duração para quem já tem o nível de inglês bem avançado e só precisam polir um pouco, pois a gente perde muito tempo se adaptando à infra-estrutura inicial quando o domínio da língua não é tão fluente.

William – Muitos brasileiros vem pra cá com uma idéia do que é a Europa e chegam aqui e é diferente. Busquem informações sempre.

Quando o curso acabar, o que você pretende fazer?

Sandra – Como já disse, pretendo fazer um mestrado ou pós-graduação, mas está em aberto. Vamos ver o que vai acontecer.

William – Sinceramente eu gostaria de ir para Londres, pois tenho amigos lá e se eu tiver dinheiro também quero conhecer a Itália e a Rússia.

É isso aí! Sandra e William foi um prazer entrevistá-los e espero que seus planos para o futuro se realizem da maneira mais fantástica possível e que nos encontremos em breve!

Atlas Language School

67 Harcourt Street
Dublin 2
www.atlaslanguageschool.com

Até mais pessoal!

Postado por: | Comments (62)

62 Comments »

  1. Muito boa a entrevista!
    Essa é uma das escolas que estou pesquisando sobre e gostei muito do que li.
    Parabéns pelo ótimo trabalho Tarsila!

    Obrigado!
    Abraços, Cesar Mendes.

    Comentário by Cesar Mendes — 21/07/2010 @ 11:41 am

  2. Oi Cesar!

    Muito obrigada! Fico feliz que a entrevista é útil para a sua pesquisa e espero que você escolha uma escola bacana e que sua experiência na Irlanda seja incrível!

    Se precisar, é só escrever!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 21/07/2010 @ 11:49 am

  3. Olá Tarsila! Primeiro, gostaria de dizer que estou muito feliz por ter descoberto o seu blog! Ele é simplesmente perfeito! Você escreve de forma fácil e tem me ajudado muito. Vou para a Irlanda em novembro e estou na fase final de decisões sobre acomodação e escola. Decidi não viajar por agência após ler vários depoimentos aqui no blog e também após conversar com algumas pessoas que conheço. Enfim, queria mesmo que vc soubesse que o seu blog tem me ajudado bastante!!! Agora, se n for pedir muito, seria possivel você conseguir uma entrevista com algum aluno da The English Academy? Gostei mto da localização da escola, além de eu estar sendo muito bem atendida por eles. Gostaria de saber a opinião de algum estudante sobre as aulas e sobre a estrutura da escola. Muuuuito obrigada!!

    Por fim, queria saber qual a sua opinião quanto a decisao de chegar ai em Novembro. Tenho ouvido que posso me assustar muito com o frio e nao me adaptar com tanta facilidade, o que você acha?

    Bjo

    Comentário by Andressa — 21/07/2010 @ 1:57 pm

  4. Oi Andressa!

    Seja bem-vinda ao Vida Na Irlanda!
    Muito obrigada pelos elogios! Fico muito feliz em saber que as informações que eu passo tem sido úteis e fáceis de compreender, pois busco transmitir o máximo em todos os detalhes para que todos possam usufruir do Vida Na Irlanda!

    Bom, tenho alguns pedidos sobre entrevistas engatados e a The English Academy já está na lista, então é só aguardar!

    Em relação ao clima, bom, Novembro é inverno e é frio. Aqui, nessa época do ano a temperatura raramente passa dos 10 graus e o vento ainda dá uma esfriadinha extra. Eu falo um pouco sobre o clima da Irlanda, especialmente de Dublin aqui http://www.vidanairlanda.com/2010/05/imigrando-como-e-o-clima-na-irlanda.html

    Para quem vem do Brasil nunca é muito fácil se adaptar ao clima irlandês, pois são climas totalmente diferentes, mas aposto que você está vindo para ter uma experiência de vida diferente, não é mesmo? Como eu disse, novembro é um mês frio, mas janeiro e fevereiro são mais, então você terá tempo o suficiente para comprar todas as blusinhas que precisar para se agasalhar. Não acho que existem meses melhores ou piores para vir, é uma coisa de gosto – durante o verão o clima tende a ser melhor, em qualquer lugar do mundo, do mesmo modo, o inverno não é a estação favorita de muitas pessoas por ser frio. Mas eu acho que se você vier cheia de determinação e vontade de conhecer as coisas, não é o clima que vai te parar, não é mesmo?

    Espero ter ajudado e se precisar, é só escrever!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 21/07/2010 @ 2:23 pm

  5. Olá Tarsila,

    Obrigado por ajudar tanto os brasileiros que estão indo para Dublin.

    Gostaria de saber quanto vc irá entrevistar algum aluno da THE LANGAGUE HOUSE.

    valeu.

    Comentário by Rogério Menezes — 21/07/2010 @ 3:03 pm

  6. Olá,

    Gosto muito dos comentários e depoimentos do blog. Acredito que é de muito valor aos estudantes que estão nessa difícil escolha da escola. E nada melhor do que outro aluno para falar das suas impressões, do que gostou ou não 🙂

    Parabéns!!!

    Comentário by Kelly Barcellos — 21/07/2010 @ 3:59 pm

  7. Olá Rogério!

    Magina! É um prazer poder ajudar. A Language House está na minha lista de escolas para entrevista, você e o Danilo já pediram, eu estou me empenhando para conseguir essas entrevistas. Quando eu puder, eu posto no Vida Na Irlanda! 🙂

    Obrigada pela sugestão e se precisar, é só escrever!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 21/07/2010 @ 4:23 pm

  8. Olá Kelly!

    Muito obrigada pelo elogio e pelo comentário! A melhor opinião é sempre a do aluno que está dentro da escola e sabe como as coisas funcionam. 🙂

    Se precisar, é só escrever!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 21/07/2010 @ 4:24 pm

  9. Tarsila,

    Tou chegando por aí em setembro e espero ter a oportunidade de conhecê-la ao vivo e a cores! rsrs

    Continuo apreciando suas informações e cada post tem sido muito útil.

    Muiiito obrigada e um cheiro!

    Comentário by Elieuza — 21/07/2010 @ 6:08 pm

  10. Tarsila,

    Acompanho o blog há algum tempo já, desde que resolvir fazer o intercambio.
    Mas tenho uma dúvida, tenho o ”básico’do inglês acabo o 2 modulo agora em Novembro.
    Vc acha que consigo ir e aprender pelo menos o intermediário? esse é meu maior medo, como não sei muita coisa da lingua inglesa tenho medo!]*

    Muito obrigado

    Comentário by Rafael — 21/07/2010 @ 8:45 pm

  11. Olá Tarsila!
    Realmente muito esclarecedora a entrevista, e o Blog muito interessante. Para quem tem interesse em estudos no exterior e viagens é um prato cheio. E quem está em dúvida fica mais encorajado. A cultura da Irlanda é muito interessante, e ver isso de perto deve ser emocionante. Muitas coisas me chamam atenção lá, por exemplo: U2, The Corrs, The Swell Season, Enya… rsrsrs Além da cultura Celta, é claro! Vendo o Blog fiquei mais interessado em conhecer e estudar na Irlanda, pois assim como meu irmão línguas e música são minhas paixões. Aliás, sou irmão do William, então consegui um pouco mais de informações de como ele está lá! Muito obrigado!!! 🙂
    Abraços

    Comentário by Cristhian Dalmazzo — 21/07/2010 @ 9:20 pm

  12. Aeeeeeeeeeee! xD

    Poxa, Tarsila brigadão mesmo!

    Agora estou mais certo ainda de que realmente a Atlas vai ser minha opção! E que massa os entrevistados! Se comunicam super bem e parecem ser bem centrados! ;D
    Inclusive a Sandra parece ter objetivos bem parecidos com os meus! ^^

    Bacana ter citado o IELTS, porque pretendo fazer, porque ao que me consta, pra ser admitido nos cursos de pós/mestrado, precisa ter o tal do IELTS 6.0 🙂

    Informações, como sempre, muito úteis! E que textão, hein?! >D
    Inclusive vou até imprimir uma cópia da entrevista pra mostrar pro patrão e pra patroa! 😀
    asdasdhaisdhiauhdd

    Valeu mesmo, poxa! ;]
    Beeijos! :***

    Comentário by Mael Tomaz — 21/07/2010 @ 10:35 pm

  13. Oi Elieuza!

    É só mantermos contato que nos vemos assim que der! Será um prazer conhecê-la!

    Beijos com trevos de Dublin (e um cheiro também porque não é todo dia que recebo um!)

    Comentário by Tarsila — 21/07/2010 @ 10:40 pm

  14. Oi Rafael!

    Fique tranqüilo. Muitas pessoas vem pra cá com o básico de inglês. Eu sempre recomendo que as pessoas estudem ao máximo antes de vir, para que a adaptação seja mais tranqüila, para que você não passe por situações muito estressantes e nem fique frustrado, portanto minha recomendação é: Aproveite que você está estudando e se dedique bastante, o máximo que você puder, e quando você chegar você vai estar com tudo mais fresco e eu acho que pode ajudar bastante.

    Quando você for à escola eles vão fazer um teste de nível, para determinar onde você irá estudar e se você entrar no básico, não se desespere. O convívio e as situações do dia-a-dia vão possibilitar que você se familiarize com a língua e aprenda também fora da sala de aula.

    Não tenha medo. Eu sei que coisas novas e um outro país são coisas intimidadoras, mas encare isso como uma oportunidade para descobrir uma língua que vai abrir as portas para você, uma nova cultura e uma nova experiência de vida que pode ser incrível!

    Espero ter ajudado e se precisar, é só escrever!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 21/07/2010 @ 10:46 pm

  15. Olá Cristhian!

    Seja bem-vindo ao Vida Na Irlanda! Já está pensando em fazer companhia pro seu irmão? Venha sim, tenho certeza de que vai gostar! Fico muito feliz que você tenha gostado do blog e que agora esteja sabendo mais um pouquinho sobre a experiência do William! 🙂

    Espero vê-lo mais por aqui e se precisar, é só escrever!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 21/07/2010 @ 10:49 pm

  16. AEEE Mael!

    Gostou? Pois é eu tardo mas não deixo de atender aos pedidos! Fico feliz que a entrevista é útil e que você até irá imprimi-la! rsrsrs

    Pois você quer fazer um mestrado ou pós por aqui? Que interessante! Vamos ver o que o futuro aguarda! 🙂

    Então, até onde eu sei a nota necessária no IELTS depende do curso que você pretende fazer, variando entre 6.5 / 7.0 / 7.5 (a nota mais alta possível do IELTS é 9.0)

    Espero que essas informações ajudem e se precisar, é só escrever!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 21/07/2010 @ 10:55 pm

  17. Ah, que nada.. Nem tardou não! Nem esperava o post, aliás.. Surpresa mó agradável! 😀

    Ó a instituição que achei a pós! ^^
    http://www.dbs.ie/Law/Postgraduate-LLB.htm

    E sobre o mestrado ou pós, ainda tenho que ver os requisitos, o que vale no brasil, o que a grana vai dar pra bancar, etc e tal.. Mas é algo que eu penso bastante! Como cê disse, vamo ver ae o que o futuro guarda pra mim xD

    Beijos! :*

    Comentário by Mael Tomaz — 22/07/2010 @ 12:24 am

  18. Oi Mael!

    Bom, pelo menos a entrevista é útil para muitas pessoas que ainda estão indecisas em relação à escola. 🙂

    Então a DBS é uma organização beeem antiga aqui de Dublin e também é reconhecida. Há muitos estrangeiros lá, mas há muitos irlandeses também – acho que se a grana der (aí você tem de se focar nisso também) pode ser uma ótima oportunidade para voltar para o Brasil com mais uma qualificação (se você for voltar, claro…)

    Tenho certeza de que o futuro aguarda experiências enriquecedoras!

    Beijinhos!

    Comentário by Tarsila — 22/07/2010 @ 8:30 am

  19. Olá,

    Estou pensando em ir pra Irlanda em janeiro, quero ficar 6 meses apenas para pegar fluência.
    Pois tenho um objetivo de passa no open day da cia aerea EMIRATES.
    Você acha que em 6 meses ja saio fluente?
    Vou conseguir me comunicar assim que chegar aí??Pois tenho nivel II do intermediário apenas.
    Consigo emprego com facilidade?
    E quanto a moradia??Consigo já na primeira semana encontrar?

    Aguardo uma resposta sua, to aflita =)

    Comentário by Fê — 22/07/2010 @ 7:01 pm

  20. Olá Fê!

    Bom, vamos lá – como você se comunica em inglês? Vou ser muito honesta com você – se você estiver com um inglês intermediário, 6 meses não será suficiente para se tornar fluente na língua. É necessário que você já se comunique com alguma facilidade e que compreenda o que lhe é dito, claro, muita coisa depende da sua dedicação e quanto você vai estudar…aconselho você estudar mais no Brasil antes de vir, afinal de contas você estará competindo com pessoas que tem fluência na língua e podem ser até mesmo nativas.

    Escrevi um post em relação à empregos aqui: http://www.vidanairlanda.com/2010/04/se-virando-em-dublin-como-procurar-emprego.html

    Se você busca uma moradia que não é casa de família eu aconselho que você procure um lugar antes mesmo de vir. Dê uma lida nesse post aqui:
    http://www.vidanairlanda.com/2010/05/se-virando-em-dublin-como-alugar-casa.html

    Não fique aflita, tenha tranqüilidade que com calma e informação tudo se resolve! 🙂

    Espero ter ajudado e se precisar, é só escrever!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 22/07/2010 @ 9:58 pm

  21. Então, eu entendo tudo que leio..mas não falo..me prendo.
    Mas a seleção não precisa ser total fluência, preciso me comunicar com os entrevistadores,
    acredito que isso eu consiga.
    Tem uma amiga que está indo em agosto, ela já vai vendo um lugar pra ficar pra mim aí antes de eu ir.
    Minha única preocupação era essa, se vou conseguir me virar.

    Obrigada pelas dicas!!!
    take care dear!!!

    XX

    Comentário by Fê — 23/07/2010 @ 4:40 pm

  22. A maioria das pessoas ficam muito focadas em conseguir chegar no intermediário ou no avançado e se esquecem do curso natural do processo.. de que adianta chegar e fazer o teste e cursar no avançado e depois nao acompanhar as aulas e nao entender metade do que entenderia se caso tivesse ficado em um nivel mais baixo?!?!!?

    Eu não me preocupo nenhum pouco em q nivel vou ficar qdo chegar na escócia (e muito menos em qual nivel vou chegar durante o tempo q vou ficar lá), o importante é q eu consiga me virar e me virar bem e acompanhar as aulas, senão será tempo e dinheiro gastos “meio à toa”!! eu penso assim pelo menos…

    sem contar que ir ao mercado, bares, pontos turisticos, fazer amizades, tudo isso de alguma forma é um aprendizado “extra” que aqui no brasil a gnt não faz isso em inglÊs!!!

    Comentário by bruna — 23/07/2010 @ 8:35 pm

  23. Oi Fê!

    Dou a maior força se você sente que seu inglês vai ser bacana para poder desenvolver em seis meses. Contudo, aconselho bastante dedicação. O legal é que você tem um foco, é só não perdê-lo de vista!

    🙂 Desejando uma super boa sorte nessa aventura!

    Tarsila

    Comentário by Tarsila — 23/07/2010 @ 10:31 pm

  24. Oi Bruna!

    Concordo com você. Acho que a experiência de viver muitas situações do cotidian em inglês é, de fato, o grande diferencial de estudar / morar fora. Fico feliz que você esteja super empolgada para praticar, praticar, praticar…afinal de contas, é assim mesmo que se aprende!

    Beijos com trevos!

    Comentário by Tarsila — 23/07/2010 @ 10:33 pm

  25. Excelente matéria, só fui ler agora quando estava passeando pelo FaceBook da minha futura escola. Parabéns pelo trabalho mais uma vez e por acalmar nós que estamos indo na dúvida de que se escolhemos a escola certa ou não.

    Bjos.

    Comentário by Gustavo — 01/08/2010 @ 10:30 pm

  26. Olá Gustavo!

    Muito obrigada! Que legal que a entrevista tenha lhe passado mais segurança, pois eu sei como dá uma ansiedade na gente em não saber como é o lugar onde estamos investindo tanto dinheiro, não é mesmo? Espero que a sua experiência aqui na Irlanda seja muito bacana e se precisar, é só escrever!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 01/08/2010 @ 10:48 pm

  27. Oi Tarsila, sou estudante da Atlas e assino embaixo o depoimento dos 2 alunos. Apenas uma correcao: o break eh de 20 minutos (11h as 11h20) e nao de meia hora como o William comentou.
    Bjos!

    Comentário by Daniel — 31/08/2010 @ 11:33 pm

  28. Olá Daniel!

    Seja bem-vindo ao Vida Na Irlanda! Fica anotada a sua correção em relação ao break e espero que você esteja curtindo sua experiência na Atlas! Aliás, deixe sua opinião sobre a escola aqui! 🙂

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 01/09/2010 @ 8:34 am

  29. Olá, Tarsila.

    Estou com dúvidas quanto à duração do curso, pois durante a entrevista o William disse que o General English na Atlas Language são 6 meses de aula + 6 meses de férias, ou seja, estarei matriculada na escola por 1 ano, o que me dá direito de permanecer no país durante todo esse período.

    Porém, fui na CI para fechar meu intercâmbio e me disseram que esse mesmo curso tem duração de apenas 6 meses, e após concluído, eu perco o visto de estudante. Você saberia me informar como é esse esquema de 6 meses aula + 6 meses férias??? Ou você poderia me passar o contato do Willian para que eu tire essa dúvida, ja que ele também foi agenciado pela CI?

    Comentário by Jaqueline Favero — 16/09/2010 @ 5:26 pm

  30. Olá Jaqueline!

    Tudo bem?
    Vamos à sua dúvida: Contatei a Atlas e eles oferecem o curso de 6 meses de aula com 6 meses de férias. Existe também a opção só de 6 meses de aulas sem as férias (com pequena redução no preço).

    Isto depende do que a sua agência oferece. Vale a pena conversar com a agência que você escolheu, ou contatar outras agências para explorar suas opções, afinal de contas o curso com 6 meses de aula e 6 meses de férias (com direito à visto por 1 ano) existe na Atlas sim.

    Se quiser falar diretamente com a escola, você pode mandar um e-mail em português para marilidia@atlaslanguageschool.com

    Espero ter ajudado e se precisar é só escrever!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 17/09/2010 @ 10:46 am

  31. Oi Tarsila,

    Fiquei sabendo que para trabalhar como au pair é bem fácil..você saberia me dizer como que funciona????Minha amiga foi pra Irlanda faz um mês e já conseguiu trabalho e moradia na casa de familia como au pair, e sem nenhum nivel de inglês.
    Como é o procedimento?Se cadastra no site??

    Obrigada

    Comentário by Fê — 20/09/2010 @ 7:11 pm

  32. Olá Fê!

    Eu não sou Au Pair, mas de acordo com a Angela que entrevistei, basta de cadastrar no site http://www.aupair-world.net. Também vale a pena procurar por famílias que precisam de Au Pairs. Algumas agências no Brasil já vendem seus pacotes de intercâmbio com opção de trabalho como Au Pair, mas as meninas que conheço que vieram assim dizem que conseguir ser Au Pair por aqui é mais fácil e mais barato do que contratar uma agência, mas isto é a opinião pessoal delas.

    Vou buscar mais informações sobre como ser Au Pair e faço um post sobre isso assim que puder. 🙂
    Obrigada pelo comentário e espero ter ajudado.

    Se precisar é só escrever!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 22/09/2010 @ 7:53 pm

  33. Olá Trasila, boa noite !!

    Hoje fiquei bem preocupada sobre o que vi no jornal – noticia sobre a crise na Irlanda
    O jornal mencionava que a situação se encontra bem ruim, só não pior que a Grécia, você vê requisios disso no seu cotidiano por ai, para conseguir trabalhos ???
    Como está a situação real ?

    Como havia mencionada em post anterior estava fechando meu intercambio para Galway, por isso gostaria de saber a relaidade dos fatos.

    Beijos e tenha uma ótima noite !

    Comentário by Lays Cavallini — 17/11/2010 @ 1:22 am

  34. Olá Lays!

    Tudo bem?
    Bom, é o seguinte, os jornais tem publicado que os efeitos da crise ainda são fortes, especialmente para os Irlandeses e que a direção da União Européia quer que a Irlanda pegue empréstimos para lidar com esta questão, contudo o governo irlandês alega que dá conta do recado. O que isto significa, na prática? Nem todos os negócios estão indo bem, mas nem todos estão tão mal assim.

    Considerando que o Brasil é um país que praticamente vive em crise eu não vejo esta questão econômica aqui ser tão ruim assim. A grande maioria dos brasileiros que eu conheço aqui estão trabalhando e bastante, pois trabalho tem, especialmente agora na época que antecede o Natal.

    Não sei como esta questão é em Galway, pois é uma cidade menor que provavelmente conta com pequenos negócios e a realidade de cada um depende da condição e modo como vemos esta questão. Por exemplo, já escutei que novas empresas estão investindo no país e que vão gerar novos empregos, do mesmo modo que também ouvi que este ano está sendo muito ruim. É uma questão de perspectiva e da área de atuação. Eu acredito que, se houver muita determinação, cabeça e braços abertos um trabalho surgirá, mas tem de se procurar com bastante afinco, pois nenhum trabalho vai cair do céu.

    Espero ter ajudado e se precisar é só escrever!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 17/11/2010 @ 10:20 am

  35. Olá Tarsila, bom dia !!!

    Obrigada pela resposta, sim também acho que é isso mesmo depende do ponto de vista de ver um “país em crise” !
    Vou conversar com um contato que está morando em Galway para saber como está a crise por lá e se há vestigios dela por lá nos setores de trabalho

    Exatamente o Brasil é um pais que vive em crise,

    Mas de novo muito obrigada pela pronta respostas, espero estar sempre por aqui
    Adorei as sugestões de cafês e baladas de Dublin – gostaria de saber uns pubs em Galway

    Beijos e até !

    Comentário by Lays Cavallini — 17/11/2010 @ 2:35 pm

  36. Olá Lays!

    Disponha, fico feliz em poder ajudar. Acho interessante conversar com alguém que more em Galway porque eu posso dar minha opinião sobre Dublin, mas não moro em Galway, por isto não tenho muitas informações sobre lá. De qualquer jeito, quando eu fizer uma visitinha ou souber de algo, eu coloco no Vida Na Irlanda! 🙂

    E se precisar é só escrever!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 18/11/2010 @ 8:57 am

  37. Olá Tarsila!

    Seu site está me ajudando muito! heheh
    eu tentei enviar um email para marilidia@atlaslanguageschool.com , que seria o contato em português, mas o envio do email falhou. Você sabe outro email pra contato em portugues ou se esse ainda é válido?

    Obrigado desde já =]

    Comentário by Juca — 29/11/2010 @ 1:07 am

  38. Olá Juca!

    Fico feliz em saber que estou ajudando! 🙂
    Infelizmente eu não sei qual outro e-mail em português eles tem, mas se você mandar um, em português mesmo, acredito eles irão responder, pois eles tem funcionários que falam português. Tente o info@atlaslanguageschool.com

    Espero ter ajudado e se precisar é só escrever!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 29/11/2010 @ 5:23 pm

  39. Olá Tarsila. Depois da grande pesquisa pelas escolas, estou quase decidido a estudar na Atlas. Você podereia me passar o email da Sandra e do William para eu conversar um pouco com eles antes de fechar negócio com a escola?
    Agradeço novamente pela ótima entrevista e pela sua dedicação.

    Comentário by Roberto — 18/03/2011 @ 3:50 pm

  40. Olá Tarsila, tudo bem?
    Primeiro gostaria de agradecer de coração todas essas dicas que voce coloca no blog, tem me ajudado muito. Eu chegarei em Dublin dia 6/6. Vou estudar na MEC.

    Voce pode tirar uma duvida? Qual seria a melhor localização em Dublin? A localização do MEC é boa? Pergunto em relação a arrumar emprego.

    Voce pode passar o contato do William? Eu moro em Tatui, cidade vizinha a dele. beijo

    Comentário by Thiago Fidêncio — 14/04/2011 @ 5:38 am

  41. Olá Roberto!

    Obrigada pelo comentário e elogio.
    Já lhe enviei os contatos. 🙂

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 13/06/2011 @ 6:33 pm

  42. Olá Thiago!

    Muito obrigada pelo carinho.
    Espero que você tenha chegado bem e que tudo esteja dando certo.
    A MEC fica em um bom lugar, de fácil acesso e relativamente central, aprox. 30 min andando do ponto central da cidade. 🙂
    Já lhe mandei o contato do William!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 13/06/2011 @ 6:35 pm

  43. Olá Tarsila,
    muito legal o seu site e estou aprendendo muito com o site, até informações sobre a cultura local nós conseguimos achar aqui, muito com essa iniciativa sua, tenho certeza que muitas pessoas estão sendo beneficiadas. Se você puder me tirar uma dúvida eu agradeceria:
    Eu vou prestar prova para o certificado internacional da Universidade de Michigan (EUA) daqui a um mês, e como sendo um certificado de proficiência, gostaria de saber se não seria melhor ao invés de fazer um curso de general english, que ficaria um tanto quanto básico para mim, se não seria melhor começar um curso TEFL ? Gostaria de saber o que você acha e se poderia me passar mais informações sobre o Tefl (parece que não precisa ser graduado para fazê-lo, vi informações na internet sobre isso), já que você já fez esse curso e se o fato de ser um certificado americano influencia negativamente, apesar da língua ser a mesma ?

    Desde já agradeço, Magnus Nunes.

    Comentário by Magnus Nunes — 15/10/2011 @ 9:13 pm

  44. Olá Magnus!

    Obrigada pelo comentário e todos elogios. 🙂
    Bom para fazer o curso TEFL (Teaching English as a Foreign Language) você precisa ter sim uma formação superior e exige que você preencha um formulário onde irão availar se você poderá ou não participar do curso; agora se você está se referindo ao curso focado no exame de proficência TOEFL, aí sim não é preciso ter formação. Em ambos os casos o inglês é um dos requisito, independentemente da variante.

    Espero ter ajudado,

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 04/11/2011 @ 3:39 pm

  45. Olá, Tarsila.

    Parabéns pelo blog! É realmente muito bom e útil para quem está se preparando para uma aventura em Dublin. Estou com quase tudo certo, só estou com uma grande dúvida em relação à escola. Li várias entrevistas e, no fim, todas se resumiram quase na mesma coisa, com qualidades e defeitos muito similares. É bem difícil escolher. A Atlas foi uma das poucas da qual vi mais elogios do que críticas, mas acho que vale uma entrevista mais atual, pois as coisas mudam bastante com o tempo. O que acha?? Seria possível uma nova entrevista??

    E na sua opinião, quais escolas estão entre as mais conceituadas e com preços mais acessíveis? Me falaram na Éden, na ISI, na SEDA e agora na Atlas… Decisão difícil! Poderia me ajudar?

    Abraços e obrigada!

    Comentário by Monique — 11/01/2012 @ 6:55 pm

  46. Olá Monique!

    Muito obrigada pelo comentário e carinho. 🙂
    Vou buscar entrevistar um novo aluno da Atlas sim, para ter uma opinião mais atualizada, contudo já há algumas outras escolas na fila, mas é só esperar. 🙂

    Infelizmente eu não indico escolas pelo simples fato de não estudar em nenhuma delas. Não posso dizer qual é melhor ou pior já que os critérios de escolha de cada aluno são muito particulares, por isto entrevisto diferentes alunos de diversas escolas para que eles mesmos possam dar a opinião de como é estudar lá.

    Espero ter ajudado!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 08/02/2012 @ 9:04 pm

  47. Incrível a entrevista, é maravilhoso saber que tem todas estas informações sobre a Irlanda, ainda mais relatadas por brasileiros que vivem lá, o que dá mais veracidade aos fatos, e deixam os brasileiros que se preparam para ir para lá mais bem informados e tranquilos! Vou estudar na Atlas, a partir de abril/12, e esta entrevista foi o melhor que já li sobre a escola! Parabéns!!!!! E obrigado!!!!

    Comentário by Fabricio Borchardt — 05/02/2012 @ 8:00 pm

  48. Olá Fabricio!

    Obrigada pelo comentário e elogio.
    É um prazer poder ajudar e se você manter contato quem sabe não faço uma entrevista com você? 🙂

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 10/02/2012 @ 7:53 pm

  49. WOW!!!! Já pensou!? Sair do Brasil para a primeira entrevista da vida??? Que chique hein? kkkkkkk!!! Obrigado pela resposta! E, sério, este é o melhor dos blogs e sites que já encontrei sobre a Irlanda, recomendei para alguns!!! Obrigado e Parabéns!!!!!!! Bjs…

    Comentário by Fabricio Borchardt — 11/02/2012 @ 8:57 pm

  50. Olá Fabricio!

    E por quê não? É só manter contato que fazemos a entrevista sim. 🙂
    Fico muito feliz em saber que você curte e honrada pelas recomendações.

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 17/02/2012 @ 11:54 am

  51. Olá, realmente foi de uma ajuda inacreditavel seus posts no teu blog!!
    Me fez clarear algumas duvidas que tinha a respeito da Irlanda… Bom como vc disse concordo em ja ir pra Irlanda com uma base legal em ingles, até porque para não ficar totalmente perdido.. hehehe
    Pretendo ir em dezembro desse ano(2012) e ficar 6 meses, estudando na Atlas, nesse periodo estarei completando 2 anos de curso de ingles, ja irei com uma base que como disse acho importante.
    Voce tambem falou a respeito de ter sempre o “foco”, e isso é a mais pura verdade; no meu caso estou indo pra pepgar uma fluencia no ingles, conversação, escrita e leitura, e provavel que quando volte ao Brasil eu continue no curso de ingles novamente!!!
    Quanto a escola, agencias, ja me decidi, pesquisei bastante, o único ponto negativo que vi na Irlanda foi a quantidade de brasileiros que vivem ae, mas para quem tem foco não acredito que isso possa se tornar um problema!!
    No mais PARABENS PELO SEU BLOG.. PELO SEU COMPROMISSO EM ESCLARECER AS DUVIDAS DE NÓS BRASILEIROS QUANTO A IRLANDA…
    espero que quando eu for possa te conhecer..
    Beijos…

    Comentário by Hélio Lourenço — 15/02/2012 @ 7:33 pm

  52. Olá Hélio,

    É um prazer poder ajudar. Fico muito feliz em saber que você está cheio de determinação, empenho e foco! 🙂
    Espero que tudo dê certo e vamos mantendo contato!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 17/02/2012 @ 2:15 pm

  53. Ola novamente…
    alem de ter verificado por meio deste blog e em muitos outros a competencia da escola ATLAS para se ensinar o ingles… Uma dúvida que eu tenho é em relação aos brasileiiros na sala de aula, que com certeza terão, uma vez que a quantidade de brasileitos na Irlanda é muito grande… Mas queria saber se eles misturam as turmas, e não so colocam brasileiros em uma única sala?? Vce saberia me responder??
    Outra dúvida é quanto ao sotaque irlandes, é muito difícil de entender e pronuncia-lo, ou se assemelha muito ao ingles britanico falado em Londres??
    Muito obrigado!!!

    Comentário by Hélio Lourenço — 17/02/2012 @ 9:32 pm

  54. Olá Hélio,

    Vamos lá, cada escola tem suas próprias políticas de organização, portanto recomendo que você entre em contato com a escola e pergunte se eles buscam misturar as turmas, isto também depende do nível de domínio do inglês dos alunos e quais alunos estão na escola no mesmo período que você pretende estudar.
    Em relação ao sotaque é bem relativo, mas de modo geral, por não termos contato com a variante irlandesa no Brasil achamos o sotaque difícil sim, até porque ele é diferente do padrão “americano” ou “britânico”, mas com calma você vai se acostumando. Não acredito que seja um impedimento para aprender a língua. 🙂

    Espero ter ajudado,

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 11/03/2012 @ 12:46 pm

  55. Ola Tarsila,
    Estou adorando ler tudo o que vc posta aqui no Blog, é muito rico.. Mas tenho muitas dúvidas e vou te aborrecer de tantas perguntas que eu tenho pra fazer kkkk . Mas o que está me incomodando de imediato é sobre esta crise que está na Europa, estou meio receoso em ir, até porque eu ainda não sei até aonde atingiu a Irlanda. Estou enrolando a agência pra fechar o contrato , mas devo ir em Março. Vc pode me ajudar ??
    bjs

    Comentário by anderson — 24/02/2012 @ 3:03 pm

  56. Olá Anderson,

    Obrigada pelo comentário. Recomendo que você veja estes posts:
    http://www.vidanairlanda.com/2012/01/crise-economica-e-empregos-na-irlanda.html
    http://www.vidanairlanda.com/2010/11/crise-economica-na-irlanda.html

    Espero ter ajudado,

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 11/03/2012 @ 3:02 pm

  57. Oi Tarsila,seu blog trás muitas informações importantes para que vai para Irlanda,é muito interessante.
    A minha filha tem 19 anos e está indo pela primeira vez para Dublim,ela irá estudar na Atlas language school, e ficara com uma Host Family.Estou preocupada,em relação a este tipo de acomodação e gostaria da sua opinião.

    aguardo

    joelia

    Comentário by joelia — 10/06/2012 @ 2:22 am

  58. Olá Joelia,

    A experiência em casa de família pode ser muito bacana, já que propicia o contato direto com a cultura irlandesa. As casas de família são selecionadas pelas escolas e tem de atender à um número mínimo de requisitos como quarto adequado, banheiro, café da manhã, etc. Quando o Eric e eu viemos para cá ficamos em casa de família e tivemos uma ótima experiência (até hoje temos contato com eles e estamos aqui há mais de 5 anos!). Algumas pessoas tem experiências que não são tão bacanas e neste caso é importante contatar a escola e agência de intercâmbio para comunicar quaisquer dúvidas ou possíveis conflitos.

    Espero ter ajudado,

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 16/07/2012 @ 1:29 pm

  59. Boa tarde, primeiramente parabéns pela dedicação na elaboração deste site, simplesmente fantástico. Gostaria de saber se é possível escolher a casa de família pelo site, pois as escolas geralmente cobram uma comissão muito alta para este tipo de serviço.

    Obrigada

    Comentário by Amanda — 03/08/2012 @ 8:24 pm

  60. Olá Amanda,

    Obrigada pelo comentário e carinho. 🙂
    Normalmente quem organiza as casas de família são as escolas e elas normalmente cobram um preço fixo para tal. Não conheço nenhum site que forneça este serviço, até porque as escolas se responsabilizam pelas famílias com as quais estabelecem contratos.

    Espero ter ajudado,

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 01/11/2012 @ 7:42 pm

  61. Boa tarde, estou querendo ir em abril de 2014 fazer um curso de inglês 25/25 estudo/ferias, sou formada em processamento de dados, vc sabe me informar em quais áreas da informatica tem mais oferta de emprego, tenho conhecimentos em Excel intermediário, Conhecimentos gerais em HTML, FTP, Office, Windows 98, 2000 Server, NT 4, XP, Vista, 7 e 8, NT 4 e Manutenção de Hardware e Redes. WebStandards, PHP, Ajax, MySql, será que com este conhecimento eu consigo arrumar trabalho na irlanda, sou total mente leiga, pois, nunca tive um experiencia fora do brasil, se alguém tiver sugestão para eu me aperfeiçoar em alguma areá relacionada para conseguir uma colocação mais fácil, por favor me informe, ah meu inglês é bem básico.

    Comentário by Juliana Suellen — 08/03/2013 @ 10:04 pm

  62. Olá Juliana,

    Para conseguir qualquer trabalho muita coisa depende de você, do seu esforço em fazer contatos, buscar oportunidades, se dedicar. Existem oportunidades para conseguir trabalho para se manter mas tudo depende muito da sua determinação, ou seja, depende de você correr atrás das oportunidades, pois trabalhos não vai cair no seu colo. Existem diversos fatores que influenciam em conseguir um emprego e eu acredito que determinação e dedicação são os principais para se conseguir o que quer.

    Dê uma olhada nestes posts:

    http://www.vidanairlanda.com/2010/04/se-virando-em-dublin-como-procurar-emprego.html
    http://www.vidanairlanda.com/2010/08/abrindo-portas-para-empregos-na-irlanda.html
    http://www.vidanairlanda.com/2010/11/se-virando-em-dublin-dicas-para-procurar-emprego.html

    Espero ter ajudado!

    Comentário by Tarsila — 16/05/2013 @ 12:04 pm

Leave a comment

Comentários que não contribuem para o tópico acima serão deletados.