20/10/2010

Conhecendo a Irlanda: Dublin Castle

Localizado no coração de Dublin está uma das atrações mais históricas da Fair City – o Dublin Castle.

Na verdade o Dublin Castle não é um castelo tradicional e sim um grande forte construído pelos Anglo-Normandos no século XIII, contudo especula-se que o local provavelmente já tinha sido um antigo forte circular gaélico durante a idade média. De qualquer modo, a construção que envolve a proteção de uma cidade sempre foi, durante a história, um elemento chave para evitar invasões e ataques.

O nome Dublin, em gaélico, é Dubh Linn, que significa Black Pool, ou seja algo como Piscina Negra, derivado da confluência do Rio Poddle e do Rio Liffey, formando um lago de águas escuras que ficava onde hoje é o jardim do Dublin Castle.

O castelo já serviu inúmeros propósitos desde sua construção: Já foi um forte militar, uma prisão, abrigou o tesouro nacional, foi um tribunal de justiça e por 700 anos funcionou como um prédio de administração inglesa sobre a Irlanda.

Em 1922, quando a Irlanda conseguiu sua independência, a posse do Castelo foi dada à Michael Collins. Dizem que durante a cerimônia Michael Collins foi recepcionado de uma forma peculiar, mas manteve o espírito irlandês:
“Você se atrasou em 7 minutos Sr. Collins”; e ele respondeu, “Estamos esperando há 700 anos, você pode esperar 7 minutos”.

O Dublin Castle foi reconstruído diversas vezes durante os séculos XVII até o século XX, portanto seu exterior abriga diversos estilos arquitetônicos, inclusive uma torre original, a Record Tower, de 1226.

Hoje o castelo é composto por diversas partes e é dividido em State Apartments (Residência), onde fazem os tours, que é utilizada para recepções importantes e inaugurações presidenciais, ostentando diversos cômodos interessantes…

Saguão de entrada e espera

Hall de recepção

Carpete feito à mão, com detalhes da cultura irladesa

Hall de passagem

James Connolly, um dos revolucionários do levante de 1916, foi trazido para este cômodo vermelho para se recuperar antes da sua execução na Kilmainham Gaol.

Como homenagem, imagens dos revolucionários de 1916 estão expostas aqui.

Abaixo, seguem os antigos quartos, que hoje exibem peças decorativas de importância.

Abóbadas do corredor

Detalhe da maçaneta

Abaixo, o Drawing Room ou salão de visitas, um dos cômodos mais bacanas…

…exibe retratos da Rainha Victoria e do Rei Albert da Inglaterra.

A Sala do Trono, abaixo, foi construída em 1740 e dizem ter sida dedicada ao Guilherme de Orange
(William of Orange) depois da vitória da Batalha de Boyne.

O lustre (enooorme) é decorado com rosas, trevos e cardos, representando a Inglaterra, a Irlanda e a Escócia.

Abaixo está o antigo Banquet Hall, o cômodo mais antigo da Residência e hoje é a Galeria de Retratos (Picture Gallery) de nomes importantes da história irlandesa.

Há três espelhos covexos na parede da Picture Gallery para que as pessoas que estão no meio do cômodo possam ver todos presentes.

Antigamente ele era assim…

source

Abaixo está o mais imponente de todos os cômodos da Residência, o St. Patrick Hall, que abriga os brasões dos extintos Cavaleiros de St. Patrick.

O teto foi pintado por Vicenzo Valdré em 1778 e simboliza o relacionamento do Reino Unido e da Irlanda através de três imagens.

Fora da Residência, você também poderá conhecer a Undercroft (Cripta), que fica onde estava a antiga Powder Tower.

e Chapel Royal (Capela Real).

Há também dois pátios no Dublin Castle.

O Upper Yard (Pátio Superior), onde fica a a Bedford Tower de onde as Jóias da Coroa Irlandesa foram roubadas em 1907 (e não foram encontradas até hoje!).

Nota para a estátua da justiça, acima da Cork Hill Entrance, que está, literalmente virada de costas para a Dublin e é considerada pelos Dubliners como uma imagem de desdém à cidade.

e o Lower Yard (Pátio Inferior) onde ficam os prédios do governo e onde fica a Entrada Principal do Castelo.

Atrás do Castelo há o Museu da Garda (polícia irlandesa), o Jardim do Dublin Castle e uma das galerias mais bacanas de Dublin (gratuita, é claro) a Chester Beatty Library and Gallery of Oriental Art, que exibe exposições temporárias e uma coleção permanente com, até mesmo, manuscritos da bíblia!

O Dublin Castle já foi utilizado como cenário em vários filmes, como Barry Lyndon, Michael Collins, Becoming Jane e The Medallion e até apareceu na série The Tudors.

source

Os tours pelo Dublin Castle são guiados e a visita vale muitíssimo a pena. O castelo é todo charmoso, os guias são muito bem informados e simpáticos e o preço é pra lá de convidativo (menos de €5.00). E para quem quiser há também próximos à entrada principal, um restaurante e uma loja de lembrancinhas.

Dublin Castle
Entrada pela Dame Street, atrás do City Hall.
Há apenas 5 minutos andando da Trinity College.
Tours da Residência e Cripta somente com guia.
Duração de 45 minswww.heritageireland.ie

Postado por: | Comments (18)

18 Comments »

  1. Unbelievable…
    Acho que de todos, este é o lugar que mais amei conhecer (conhecer pelo blog, hahaha)…
    Não dá pra crer que existe mesmo… Como é moderno o design interior… E os detalhes, nossa…
    Uuuuunbelievableeee Tarsila.

    Parabéns… Qualquer dia tu já estás de guia turística na Irlanda, rsrsrs
    Obrigada por nos mostrar estes lugares maravilhosos, com essa riquesa de informações.!

    Comentário by Carina — 20/10/2010 @ 12:44 pm

  2. Oi Carina!

    O Dublin Castle é muito bacana (e uma atração super baratinha!) e eu adoooooro visitas à lugares históricos. Pois é, quem sabe um dia eu não trabalho com turismo aqui, porque eu curto muito mesmo! 🙂

    Fico feliz em poder compartilhar o que conheço com vocês!
    E se precisar é só escrever!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 21/10/2010 @ 11:07 pm

  3. Bom dia Tarsila! Aproveito pra comentar do post anterior também… Fiquei Out of office… rsrs…
    Ficaram lindas vocês! Excelente cabeleireira ela… Bah, tu sabe que eu corto o cabelo com o mesmo barbeiro (sim, é barbeiro não cabeleireiro… hehehe) desde que eu tinha 2 anos??? Sim, por incrível que pareça. Vou ter que me virar aí em Dublin e ainda explicar como eu quero…rsrs
    E sobre o Castelo… indescritível… isso tudo é tão lindo, tão bem feito, arquitetado, que parecem coisas que saem dos nossos sonhos e se projetam à frente de nossos olhos. Vou estudar na Dame Street e de vez em quando darei umas passadas pelo castelo…. =)
    Bjo e excelente quarta-feira pra vc! Faltam 29 dias pra eu chegar.

    Comentário by Émerson — 20/10/2010 @ 1:35 pm

  4. Olá Émerson!

    Muito obrigada pelo elogio, eu adorei os cortes também!
    Você corta com o mesmo barbeiro desde os 2 anos? Que fidelidade hein?!
    Já o Dublin Castle é uma atração surpreendente, cheio de história e coisas para ver, a visita vale muito a pena e já que você vai estudar na Dame Street, vai ficar do ladinho do castelo…

    Beijinhos!

    Comentário by Tarsila — 21/10/2010 @ 11:10 pm

  5. Oi Tarsila 🙂

    Simplesmente espetacular, mais um lugar pra lista dos que vou visitar quando chegar ai, parabéns novamente nunca vou cansar de agradeçer, você é uma guia nata.

    Bjos
    Sônia

    Comentário by Sônia — 20/10/2010 @ 5:00 pm

  6. Olá Sônia!

    Muito obrigada pelos elogios! Assim fico até sem graça!
    O Dublin Castle vale estar na lista de lugares para visitar sim e você já sabe, se precisar é só escrever! 🙂

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 21/10/2010 @ 11:11 pm

  7. Você acertou de novo, Tarsila. Outro post sensacional para conhecermos os pedacinhos mais interessantes da Irlanda. 😉

    Thanks for sharing. = )

    Comentário by Fernando — 20/10/2010 @ 8:44 pm

  8. Oi Fernando!

    Muito obrigada pelos elogios e fico feliz em poder compartilhar minhas andanças pela Terra dos Leprechauns!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 21/10/2010 @ 11:12 pm

  9. Será o primeiro local de Dublin que vou conhecer, lindooo, tudo que gosto de apreciar e estudar. Obrigada sempre Tarsila. Bjuss

    Comentário by Vera — 21/10/2010 @ 4:43 am

  10. Olá Vera!

    Espero que você curta muito o Dublin Castle, pois vale a pena! 🙂

    E se precisar é só escrever!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 21/10/2010 @ 11:16 pm

  11. Oi, Tarsila! Parabéns pelo magnífico site. Indiscutivelmente o melhor! Descobri-o há algumas semanas e já li quase todos os posts. Não tem um que não valha a pena ser lido. Tudo muito muito muito interessante! Meu sonho sempre foi conhecer a Ilha Esmeralda… e quando eu tiver a oportunidade de ir aí, vou começar com o pé direito: fazendo uso dos irishms e conhecendo os vários lugares sobre os quais você escreveu no Vida na Irlanda. A única coisa que eu não gostei foi do clima, pois sou muuuito frienta. Mas depois de um tempo a gente se acostuma, né? Thank you very much for sharing the best of Ireland. Wish you the best.

    Comentário by tatiane — 21/10/2010 @ 8:32 pm

  12. Oi Tatiane!

    Muitíssimo obrigada pelos elogios! Assim fico até sem graça! 😉
    Fico muito feliz em poder ajudar com meus posts e com as informações que tenho! Espero que um dia seu sonho de conhecer a Terra dos Leprechauns vire realidade, usando Irishisms e visitando tudo que tem no Vida Na Irlanda e muuuuito mais (e quando você estiver aqui o frio nem importa tanto…)

    Fique a vontade para ler outros posts, deixar comentários e me mandar recadinhos!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 21/10/2010 @ 11:32 pm

  13. Não percebo como uma sala ou divisão de um palácio pode ser considerado mais ou menos bacana…

    Comentário by Carlos Miguel Martins Fernandes Jorge — 17/05/2011 @ 4:13 pm

  14. Olá Carlos,

    Eu não entendi seu comentário, mas acredito que o Dublin Castle é uma atração muito bacana e vale a pena ser conhecida! 🙂

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 13/06/2011 @ 6:25 pm

  15. Oi Tarcila! Tudo bem? Eu moro em Novo Hamburgo/RS Brasil, meu sonho é morar na Irlanda e pretendo fazer isto quando completar 18 anos, isto seria em setembro de 2014, venho me preparando desde já guardando dinheiro e meu psicilógico para a nova cultura e as responsabilidades, dificuldades que virão e terei de resolver sozinha. Eu trabalho e guardo dinheiro, mas não é muito pois pago meu curso de inglês também, e sou a única pessoa a guardar o dinheiro não recebo ajuda dos meus pais. Minha vontade era fazer um intercambio e trabalhar de au pair, porém o intercambio não cabera no meu bolso, pensei em ir a trabalho tirar um visto(work permit), tenho mais ou menos algum contato de como ter alguma ajuda, caso contrário eu não sei o que fazer (me desespero). Eu vou conseguir ir, eu sei disso, mas queria poder ir logo com 18 anos. Tu teria como me ajudar me informando valores, de quanto ao total eu teria que guardar tendo garantias de sobreviver caso fique desempregada ou tenha que voltar, aconteça qualquer coisa, ou eu não aguente ficar sozinha, não goste sei lá. Incluindo sobriver um mês com comida, hostel, tudo que necessario! Caso eu consiga ficar na casa deste contato seria uma grande economia não? Pelo menos até achar algum lugar para morar, incluindo passagens também a de ida e a garantia de volta.

    Comentário by Camila — 04/04/2013 @ 2:07 pm

  16. Olá Camila,

    Comigo tudo bem e com você? Vamos lá:
    Não é possível você sair do Brasil para trabalhar na Irlanda sem um work permit, ou seja, você teria de tê-lo antes de chegar na Irlanda. Por este motivo muitas pessoas escolhem vir para a Irlanda como estudantes, através de um intercâmbio, porque é um modo de poder estudar, e caso for preciso, também trabalhar para se manter.
    Normalmente um estudante aqui vive sem luxo algum com €600/mês, mas isto é para se manter com o básico e não inclui gastos maiores (que ocorrem no primeiro mês) nem viagens.

    Espero ter ajudado!

    Comentário by Tarsila — 17/06/2013 @ 10:03 pm

  17. Além é claro de eu ter pesquisado muito sobre isto, as informções sobre intercâmbio são MUITAS, mas sobre ir a trabalho são bem poucas, isso é um pouco desesperador! Queria muito trabalhar de Au Pair pois adoro crianças e para me estabilizar seria bom, mas é permitido apenas para quem está fazendo intercambio não? ou eu posso arranjar tal emprego estando lá apenas a trabalho! Continuação da mensagem de cima que me esqueci

    Comentário by Camila — 04/04/2013 @ 2:15 pm

  18. Olá Camila,

    Muitas meninas trabalham aqui como Au Pair ou como babás, mas não há, por enquanto, cursos que já garantem o programa de Au Pair na Irlanda. Há contudo empresas que fornecem e facilitam este serviço como o Au Pair in Ireland. Recomendo que procure mais informações junto à estas empresas. 🙂

    Espero ter ajudado!

    Comentário by Tarsila — 17/06/2013 @ 10:05 pm

Leave a comment

Comentários que não contribuem para o tópico acima serão deletados.