06/10/2011

Conhecendo a Irlanda: Famine Memorial

Há poucos metros da charmosa Custom House em Dublin, mais precisamente na Custom House Quay em Docklands há um monumento muito interessante: Famine Memorial.

Este conjunto de estátuas foi criado pelo escultor irlandês Rowan Gillespie e foi presenteado à Fair City em 1997. Elas representam a Grande Fome (The Great Famine) que acometeu a Irlanda entre 1845 e 1849 e matou mais de um milhão de pessoas, incluindo homens, mulheres e crianças, além de forçar mais um milhão e meio a abandonar a Ilha Esmeralda.

Estes corpos lânguidos e sofridos estão caminhando em direção ao porto de Dublin, como se juntassem suas últimas forças e esperanças deixando para trás suas vidas onde nasceram e cresceram.

São esculturas comoventes e tão expressivas que nos fazem refletir sobre a dura condição da época e sobre a história deste país e até mesmo sobre os valores remanescentes na cultura atual, como a solidariedade.

A Grande Fome foi um dos eventos da história moderna mais devastadores. Uma praga que atingiu toda a Europa atacando especialmente as plantações de batata, a principal fonte de sustento na alimentação da Irlanda. A batata é uma ótima fonte de vitamina C, B6, potássio e contém traços de inúmeros minerais essenciais, é de fácil cultivo, acessível…e é claro, cresce até em solos difíceis, como o irlandês e por isto era (e é) um elemento essencial na culinária daqui.

Sem alimento disponível a população começou a passar fome sofrendo de dores agozinantes, conseqüencia de doenças especialmente relacionadas à falta de nutrientes. Crimes aumentaram significantemente preenchendo os espaços dos corredores da Kilmainham Gaol e infelizmente centenas de pessoas sairam do país e centenas mais morreram aqui ou na esperança de condições melhores.

Com uma história cheia de conflitos incluindo sua complicada independência e uma moderna ascenção e recessão econômica, o espírito Irlandês ainda carrega valores remanescentes de uma época dura: Em grande parte são muito acolhedores e evitam desperdícios, mas alimentam muito bem seus convidados.

Para refletir.

The Famine Memorial
Custom House Quay
Dublin 1

 

Postado por: | Comments (23)

23 Comments »

  1. Tarsila,

    Que coisa mais incrívell. Eu e minhas colegas planejamos hoje ainda ir a Dockland… Ao mesmo tempo que tive uma de inglês falando sobre a Grande Fome… Escutamos até uma música sobre a Old Skibbereen
    Nossa, eu que já sou apaixonada pela cultura daqui, quase chorei na aula, hahaha.
    Vou estudar mais a respeito disso… Afinal é tri e ainda ajuda a melhorar meu inglês, heheh.
    Obrigada pelos maravilhosos posts… Sempre muito bem escritos!

    Comentário by Carina Portal de Oliveira — 07/10/2011 @ 12:47 am

  2. Olá Carina!

    Há quanto tempo! 🙂 Obrigada pelo carinho.
    A história da Irlanda é realmente emocionante e ajuda a melhorar o inglês, não é mesmo?
    E quando vamos nos conhecer pessoalmente? Espero que breve!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 04/11/2011 @ 12:19 pm

  3. De fato, essa é uma forte e triste historia a ser relembrada, mas que ao mesmo tempo nos revigora por dentro em saber que diante de tão grandes dificuldades, parecendo ser impossível vencer, podemos dar a volta por cima e superar cada barreira que se interpõe diante de nós. A Irlanda é um desses vencedores, que apenas começa a refletir a luz de sua gloria, beleza e força, porque o melhor ainda está por vir.

    Comentário by Sandra Kelly — 07/10/2011 @ 3:04 am

  4. Olá Sandra!

    Obrigada pelo comentário. Tenho de concordar com você, a Irlanda é um país vencedor e também acho que o melhor está por vir. 🙂

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 04/11/2011 @ 12:20 pm

  5. Nossa, que monumento mais impactante! Adorarei conhecê-lo e tirar algumas fotos… Março/2012 me espera! hehe

    Comentário by Juliana Lima — 07/10/2011 @ 12:07 pm

  6. Olá Juliana!

    Pois é, estas estátuas mexem com a gente e em breve você estará por aqui para conferí-la de perto.
    Onde você irá estudar? 🙂

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 04/11/2011 @ 12:21 pm

  7. Oie Tarsila,

    já escrevi antes e sempre acompanho seu blog, acho super interessante e cheio de dicas…

    mas queria que você falasse sobre a crise, como estão as coisas por ai, porque tenho uma grana guardada, mas não conseguiria com ela só para me manter por um ano…. até pensei em ir para a Inglaterra, já que conheço algumas pessoas que estão por lá e disseram que a crise está tranquila, mas o valor é muito alto para lá.

    Agradeço novamente pela ajuda.

    bjusss !!!

    ps: e como vc está?? melhorou das dores??

    Comentário by Renata — 07/10/2011 @ 2:03 pm

  8. Olá Renata!

    Obrigada pelo comentário.
    A crise na Irlanda é uma coisa que tem sido muito discutida pelos leitores do Vida Na Irlanda. Na verdade a situação atual é um reflexo da crise mundial que aconteceu em 2008. A maior dúvida que as pessoas tem é em relação aos empregos, mas isto é uma coisa que depende de você, pois oportunidades existem, mas depende do seu esforço, dedicação e disposição para conseguir algo e de acordo com os jornais locais a situação da Irlanda está melhorando.

    Espero ter ajudado!

    Beijinhos

    ps. Eu estou supimpa! Obrigada. 🙂

    Comentário by Tarsila — 04/11/2011 @ 1:30 pm

  9. Oi Tarsila.
    Ja faz mais de um mês q venho acompanhado seu post.
    Provavelmente, se tudo der certo, mes q vem em novembro to indo ai pra dublin.
    Tava vendo com a escola SEDA, mais queria saber se a escola tem os certificados
    necessarios pra imigração aceitar meu visto.
    Desde ja agradeço.

    obs: procurei um post referente a isso e nao achei por isso to postando aqui minha
    duvida hehehhe.

    Comentário by Douglas Welter — 07/10/2011 @ 8:00 pm

  10. Olá Douglas!

    Obrigada por acompanhar o Vida Na Irlanda!
    Já chegou aqui? Chega em breve?
    Sim, a SEDA oferece cursos aprovados pelo NQAI – The National Qualifications Authority of Ireland, portanto sim, ela é aprovada pelo governo irlandês.

    Espero ter ajudado!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 04/11/2011 @ 1:32 pm

  11. Os rostos dessas pessoas me lembraram do romance do Graciliano….Vidas Secas. Fiquei mexida. Ainda mais por hoje ter visto o filme Michael Collins. Adorável o filme.

    Comentário by Camila — 07/10/2011 @ 10:28 pm

  12. Olá Camila!

    Obrigada pelo comentário.
    Realmente lembra o Vidas Secas e já que você gosta de história você vai poder explorar muita coisa por aqui, como a Kilmainham Gaol – http://www.vidanairlanda.com/2010/04/conhecendo-a-irlanda-kilmainham-gaol.html – o Dublin Castle – http://www.vidanairlanda.com/2010/10/conhecendo-a-irlanda-dublin-castle.html – e o Glasnevin Cemetery & Museum – http://www.vidanairlanda.com/2011/06/conhecendo-a-irlanda-glasnevin-cemetery-museum.html

    Espero ter ajudado!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 04/11/2011 @ 1:38 pm

  13. Lindo post! Merece reflexão… A escultura do cachorro me fez lembrar obra litéraria de Graciliano Ramos: Vidas Secas. No livro, o nome da cachorrinha era baleia e no caso eles fugiam de uma grande seca no Nordeste do Brasil.

    Comentário by Petter — 14/10/2011 @ 12:40 am

  14. Olá Petter!

    Obrigada pelo comentário.
    É realmente uma escultura que mexe conosco, a Camila acima também se lembrou de Vidas Secas.
    Podemos ver como a compaixão pelo próximo cruza todas as barreiras – clima, cultura, língua…

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 04/11/2011 @ 2:55 pm

  15. Nossa não conhecia esta parte da história.. Linda memória!!

    Comentário by Taline — 25/10/2011 @ 6:10 pm

  16. Olá Taline!

    Obrigada pelo comentário. Às vezes nos pegamos descobrindo coisas emocionantes aqui na Terra dos Leprechauns, não é mesmo?
    Espero que você tenha muitos outros momentos assim.

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 04/11/2011 @ 9:26 pm

  17. Oi, Tarsila!
    Vou estudar na Emerald, que fica em Dublin 6 (como se você já não soubesse – rs).
    Decidi por esta escola, pois só ouço bons comentários sobre ela. Você concorda?

    Abraços e mais uma vez parabéns pelo seu site… Simplesmente maravilhoso!!!

    Comentário by Juliana Lima — 04/11/2011 @ 12:27 pm

  18. Olá Juliana!

    Ah, me desculpe, eu fico confusa com as escolas. 🙂
    Eu também escuto muitas coisas boas sobre a Emerald, mas não estudo lá e é exatamente por isto que faço as entrevistas.
    Mais uma vez, obrigada pelo comentário e carinho.

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 07/11/2011 @ 10:15 am

  19. Oi Tarsila

    Ainda nao cheguei, embarco dia 15 de novembro.
    Daqui a duas semana mais ou menos ja estou ai.
    Fechei com a escola ECM, a acho q nao fiz uma má escolha,
    fica no centro e tudo ja facilita pra mim.
    O que você acha da ECM? ja ouviu alguma coisa sobre a escola.
    vlw e obrigado, to contando os dias.
    bjs

    Comentário by Douglas Welter — 04/11/2011 @ 3:21 pm

  20. Olá Douglas!

    Uau, seu embarque é logo logo. 🙂
    Eu fiz uma entrevista com um aluno da ECM, confira aqui: http://www.vidanairlanda.com/2011/04/estudar-na-irlanda-ecm-college.html

    Espero ter ajudado,

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 07/11/2011 @ 10:18 am

  21. Oi Tarsila…
    Tempão né?? Já faz mais de um mês que cheguei… e agora tenho até emprego, hahahaha.
    Me manda um email, que quando for meu day-off e eu for para o centro te aviso e podemos tomar um café, sou tua fã, hahah!
    Beijos

    Comentário by Carina Portal — 05/11/2011 @ 8:51 pm

  22. por favor alguem sabe quantos alunos tem por classe na Irlanda

    Comentário by duile — 08/04/2013 @ 1:49 pm

  23. Olá Duile!

    Depende da escola. Algumas escolas oferecem até 10 alunos por sala, outros tem até 20. Peça mais informações para a escola que você deseja estudar.

    Espero ter ajudado!

    Comentário by Tarsila — 24/06/2013 @ 2:50 pm

Leave a comment

Comentários que não contribuem para o tópico acima serão deletados.