26/07/2012

Estudar na Irlanda: London College Dublin

Olá pessoal! Esta semana vocês conferem a entrevista que fiz com uma moça muitíssimo gentil e querida, também assídua leitora do Vida Na Irlanda, que estuda na London College Dublin.

Lhes apresento…A DANIELLE!

A Danielle vem se preparando para ter uma experiência no exterior há mais de 1 ano e desde então buscou informações para ter a melhor experiência possível. Originalmente de Floripa, mas residente em São Paulo ela percebeu que as pessoas ao seu redor eram mais “viajadas” e com 30 anos e sem falar inglês decidiu que era o momento certo para buscar o que queria. Foi a todas as feiras de intercâmbio para pesquisar agências e países e apesar dos mais difundidos serem Austrália, Nova Zelândia, Canadá e Inglaterra, ela escolheu a Irlanda como destino do seu primeiro intercâmbio. Então saiu do Brasil mesmo em um momento bom profissionalmente, mas veio em busca de algo que faltava: um apetite pelo mundo e outras culturas. O que ela está achando de tudo isto? É só continuar lendo…

Qual é o seu nome e idade?
Danielle Weiss, 31 anos.

Qual o seu curso e escola?
Danielle – General English na London College Dublin, cheguei no nível beginners e estou atualmente mudando de nível para o intermediário.

Há quanto tempo você está aqui na Irlanda e há quanto tempo estuda na London College?
Danielle – Cheguei aqui há 4 meses e comecei a estudar 3 dias após minha chegada.

Por que você escolheu a Irlanda?
Danielle – Primeiro pela localização, por estar na Europa e segundo porque a Irlanda é um dos países mais viáveis financeiramente. Desde minha adolescência tive uma conexão com a música celta, duendes, mitos e lendas…aliás amo Enya e quando descobri que tudo que eu gostava era daqui fiquei ainda mais fascinada.

Você escolheu qual agência de intercâmbio? Por quê?
Danielle – Escolhi a Intercâmbio Vision, por ser uma agência especializada na Irlanda. Como eu já tinha escolhido a escola antes da agência, obtive o contato deles, que são os representantes no Brasil. Aproveitei e fui a todas as palestras fornecidas pela agência e mantive contato freqüente por todos os 3 meses que antecederam minha viagem.

Valeu a pena contratar o serviço de uma agência?
Danielle – Sim, até agora não tive nenhum problema, mas senti que no primeiro mês a agência teve mais contato e depois menos, acho que eles poderiam continuar mantendo um contato mais próximo com os alunos durante o curso, seja por e-mail ou telefone. E para quem for contrata o serviço da Vision eu recomendo comparecer ao café da manhã que eles oferecem para os intercambistas da agência, foi lá onde conheci pessoas de outras escolas.

Por que você escolheu a London College como sua escola?
Danielle – Escolhi a London College pela localização, que não é tão próxima do centro, mas é de fácil acesso. Também escolhi a escola pela metodologia, pelo fato de dizerem que tem poucos brasileiros na sala, pelos passeios diferentes que acontecem todos os dias (outras cidades, museus, parques).

Qual o seu objetivo em estudar na Irlanda e na London College?
Danielle – Meu objetivo nunca foi ser fluente em inglês, até porque 6 meses é pouco tempo. A diferença entre o nível que eu tinha quando cheguei e o que tenho hoje é brutal. Meu primeiro objetivo é sair daqui podendo entender e me expressar em inglês tanto em viagens como no trabalho. Sei que no Brasil vou ter de continuar estudando, mas estes 6 meses para mim são, sem sombra de dúvidas, substitutos de 3 ou 4 anos que estudaria no Brasil. Aqui estudo todos os dias, estudo em casa, falo com as pessoas e estou vivenciado a língua, isto não tem preço.

Meu segundo objetivo é viajar. A Irlanda tem uma localização privilegiada para isto. Posso ir para diversos países e já até conheci alguns; quero conhecer novas cultuas e pessoas e sinto que o mundo está se abrindo para mim a todo momento.

Que tipo de acomodação você escolheu? Como foi a experiência?
Danielle – Optei por ficar minhas duas primeiras semanas em acomodação de família que mora em Dublin 4, há 15 minutos da escola; Eles me buscaram no aeroporto e tive convivência harmoniosa com eles, foi uma experiência boa. Tive a oportunidade de ver realmente como é a vida de uma família irlandesa: mãe pai e duas filhas da minha idade. Foi muito bom.

Foi difícil encontrar um lugar para morar depois destas duas  semana?
Danielle – Não. Tive muita sorte também porque como já conhecia os sites de procura de imóveis/vagas e os classificados no Facebook eu já sabia onde eu queria morar mesmo antes de vir, em Dublin 6. É uma área um pouco mais afastada, mas queria algo mais sossegado e residencial e depois da experiência com a host family encontrei uma oportunidade em uma casa que divido com mais 4 pessoas, mas tenho meu quarto individual. Moro com 1 chileno, 1 francesa e duas brasileiras e acho esta mistura boa porque falo inglês até dentro de casa.

Qual é a sua opinião sobre seu curso?
Danielle – Gosto do curso, dos professores, da metodologia e das pessoas. Desde o primeiro dia todos os funcionários, diretores e professores foram super simpáticos e atenciosos comigo. Tenho dois professores, um professor nativo que ensina mais gramática, e às quintas e sextas tenho professor inglês que dá conversação. Os dois tem metodologias diferentes mas se complementam.

O material na escola é xerox e pessoalmente acredito que seria ideal ter um livro, porque o livro não é caro e todos os dias recebemos 5-6 páginas de copias e acho que isto dificulta o estudo. Acompanhamos um livro, mas como ele pertence à escola não podemos escrever nele ou levá-lo para casa.

O que a London College oferece em termos de infra-estrutura?
Danielle – A escola oferece uma sala de computadores com acesso a internet, que usei muito e a escola também tem acesso Wi-Fi , há também uma sala de estar com máquinas que vendem salgadinhos e bebidas. Tem uma biblioteca, mas a maioria dos livros é para cursos de business e contabilidade. Tem também um andar onde há confraternizações entre alunos todos os meses, como um almoço de todas as culturas  no qual cada pessoa leva alimentos de diferentes países. Acho isto bom pois integra alunos de todos os níveis.

Quais são as nacionalidades dos professores na London College ?
Danielle – Conheço um professor Irlandês, um inglês e uma americana, e acredito que os outros sejam irlandeses.

Quantos alunos tem na sua sala/curso? Quais são as nacionalidades dos alunos?
Danielle –Atualmente acho que minha sala está um pouco cheia, mas a média é 12-15 alunos. Agora durante o verão chegaram muitas pessoas, da Espanha, Algéria, Brasil e Arábia Saudita

Há muitos brasileiros na London College ?
Danielle –Bastante. Não tem como pedir que os brasileiros não estudem nas escolas de inglês. Vim com a idéia que havia brasileiros aqui e não procurei evitar. Você tem de saber que você vai encontrar brasileiros em todos os lugares e já vir com a cabeça preparada. Você pode sobreviver falando só português porque há realmente muitos brasileiros, mas se você quiser você pode optar por falar inglês. Dublin é uma cidade pequena com um centro pequeno então é muito comum encontrar outros brasileiros.

Qual sua opinião sobre o horário e duração das aulas?
Danielle –  As aulas são das 9h às 12:15h e há um intervalo de 15 minutos. Acho que o horário é bom e prefiro estudar de manhã porque se eu quiser é possível trabalhar durante a tarde.

O que você mais gosta e menos gosta na London College ?
Danielle – O que mais gosto é a integração entre os alunos, especialmente os passeios diários com pessoas de outros níveis e nacionalidades. Acho que todas escolas deveriam ter isto. O que menos gosto é o material didático que poderia ser repensado e ir além da xerox, talvez o empréstimo de livro para os alunos.

Você tem alguma sugestão para a melhoria da escola?
Danielle – Reconsiderar o espaço físico. Por exemplo, a minha sala é muito pequena para comportar 15 pessoas e também os computadores poderiam ter caixas de som caso o aluno queira contatar a família via Skype, ver vídeos e até praticar o listening. Seria também interessante ter uma cafeteira ou um lugar para tomar um chá ou café.

O que você acha que a London College oferece de diferencial?
Danielle – Pelo que vejo a maioria das escolas são bem semelhantes, mas acredito que o diferencial seja a confraternização entre alunos e os passeios.

Você acha que existe diferença entre o estudo aqui e no Brasil?
Danielle – Existe com certeza. Por exemplo, a carga horária do curso no Brasil é de, no máximo, 1 aula de 1 hora duas vezes por semana. Aqui as aulas acontecem todos os dias e duram 3 horas. Além disto você pode ir a biblioteca de Dublin no Ilac Shopping Centre e participar de conversas em inglês todas as sextas-feiras por 2 ou 3 horas. Lá há também cursos online para auto-estudo. Isto tudo é muito bom e é de graça.

O que você acha do contato com outros brasileiros na Irlanda?
Danielle –  Quando mais precisei tive apoio dos meus amigos brasileiros, mas também tive o apoio de amigos de outras nacionalidades. Acho bom ter pessoas da mesma cultura porque às vezes estamos sozinhos em um outro país e quando bate a saudade  é quando você tem o apoio. Você sabe que quando tiver uma dúvida você pode contar com os brasileiros porque aqui a comunidade é muito unida. Você conhece uma pessoa um dia e no outro te chamam para sair. Se envolver com pessoas da sua própria cultura forma um núcleo de segurança.

Como você vê a evolução com o inglês aqui na Irlanda?
Danielle – Quando cheguei aqui estava no nível inicial e sabia dizer somente com o “sorry” e “thank you”. As primeiras semana foram difíceis e ir no mercado era pior ainda, eu nem sabia o que poderia comprar para comer no almoço e acabei indo ao McDonald’s. Eu não entedia os produtos e nem falava com as pessoas.

Hoje freqüento lojas, compro roupas, troco a roupa se estiver no tamanho errado, vou no mercado, vou ao banco e falo o que eu quero. Hoje entendo o que dizem e me expresso do meu jeito, o fato de me entendem é uma vitória. Também assisto televisão, vejo filmes, ouço radio e muita música. Nem sempre entendo tudo, mas compreendo o contexto. Acredito que para 4 meses o salto que dei foi muito grande.

Você gosta de estudar na London College ?
Danielle – Gosto. Já vim sabendo qual era a metodologia, o espaço físico e a localização e até hoje não tive problemas.

Você tem uma rotina de estudos?
Danielle – Sim. Faço de tudo para não faltar às aulas, aliás tenho ótima freqüência e uso todas as oportunidades que tenho para praticar o inglês Estudo em casa depois da aula e ouço diariamente as rádios locais irlandesas; pego o jornal Metro todos os dias, traduzo músicas e freqüento as conversações na biblioteca do Ilac Shopping Centre as sextas-feiras. Também pego de 3 a 4 DVDs emprestados semanalmente BA biblioteca. A biblioteca pública aqui é parte de uma rede de bibliotecas integradas então posso pegar algo na biblioteca do centro e devolver na do meu bairro.

Muitas pessoas tem medo de não conseguir trabalho. Como esta sendo experiência para você?
Danielle – Não vim para a Irlanda com pretensão de arrumar um trabalho porque já tinha um trabalho fixo no Brasil que posso fazer remotamente, ou seja, ele permite que eu esteja na Irlanda. Claro se houvesse oportunidade de trabalhar na minha área (cartografia) aqui seria incrível. Me inscrevi em alguns trabalhos voluntários e acho que seria uma oportunidade legal tanto para o currículo e como para praticar o inglês.

Na sua opinião pessoal quanto um estudante gasta por mês?
Danielle – Um montante suficiente para viver sem luxos é por volta de €500. Dá para pagar o aluguel, comida, transporte, despesas do dia-a-dia e lazer, mas as viagens não estão inclusas neste valor. Para viajar, como eu tenho feito, tem de ter um bom planejamento.

Os 3 mil euros que são exigidos para o registro na GNIB são suficientes para sobreviver por 6 meses mas não dá também para viajar. O melhor é, caso você queira viajar, juntar ou trazer um dinheiro para isso. Se eu não tivesse um dinheiro reserva todo meu dinheiro já teria acabado. Pelas viagens que fiz, de 2 a 3 dias, tenho gastado uma média €250 euros por país.

Você teve algum problema aqui na Irlanda?
Danielle – Sim, fiquei bem doente há mais ou menos 1 mês atrás e tive de acionar o seguro saúde. No meu caso o medico veio até em casa no mesmo dia que fiz contato e fui bem atendida. Acho importante ter um bom seguro-saúde e recomendo que qualquer pessoa sempre viaje com seguro saúde, porque não podemos pensar que nunca vamos ficar doente, já que imprevistos acontecem em qualquer lugar.

Você sentiu algum preconceito aqui na Irlanda?
Danielle – Não, pelo contrário. Vejo bastante pequenas gentilezas por aqui. Por exemplo, eu estava transportando meus produtos do mercado e a sacola rasgou, imagine que uma pessoa, completamente estranha, que estava passado me ofereceu uma outra sacola.

Você gostaria de dar uma dica ou conselho para quem está vindo para a Irlanda?
Danielle – É importante pesquisar sobre o pais onde você pretende estudar e é também legal sair do Brasil com um inglês intermediário, mas não se preocupe porque se você não tiver, dá também, só é mais complicado.

De qualquer jeito se informe sobre pais, leia, procure informações na internet, com as agências, fique a par do que este acontecendo para não ter grandes surpresas. Quem tem o conhecimento fica mais preparado.

Venha sem medos. Você terá inúmeros desafios e com certeza mais aprendizados, o nosso mundo está em plena expansão, dá uma satisfação ver o mundo e os horizontes se abrindo a todo momento assim que você chega, a cada nova descoberta deste fantástico mundo chamado intercâmbio. Entendemos que temos muito mais para entender e descobrir. Estamos só no começo e para mim é um privilégio viver isso, por isso venha.

Quando seu curso/visto acabar, o que você pretende fazer?
Danielle – Pretendo voltar ao Brasil em setembro e durante meus últimos trinta dias fora do Brasil quero viajar para vários países da Europa.

 

Muito obrigada Danielle por compartilhar sua experiência transformadora aqui na Terra dos Leprechauns. Espero que cada segundo desta experiência esteja valendo a pena e que você retorne ao Brasil cheia de conhecimento e estórias para contar.

 

London College Dublin
26 Merrion Square North
Dublin 2
www.londoncollegedublin.com 

Postado por: | Comments (48)

48 Comments »

  1. outro post otimo!!! cada vez fico mais ansioso pra chegar 2013.

    Comentário by Marcos Castro — 26/07/2012 @ 7:48 pm

  2. Olá Marcos,

    Muito obrigada pelo carinho. 🙂
    E 2013 está quase aí!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 30/07/2012 @ 9:49 am

  3. Olá Tarsila!!

    Acabei nem agradecendo suas orientações, mas esta tudo tão corrido nestes dias. A viagem esta em cima … Nossaaa muito ansiosa!
    Adorei post!!! Como sempre!!!
    Beijosss

    Comentário by Camila — 26/07/2012 @ 10:56 pm

  4. Olá Camila,

    Magina, nem se preocupe! Fico feliz em poder ajudar!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 30/07/2012 @ 9:53 am

  5. Nice!

    Comentário by Gabriel — 27/07/2012 @ 2:51 am

  6. Olá Gabriel!

    Thanks a million for your comment! 🙂

    Cheers

    Comentário by Tarsila — 30/07/2012 @ 9:56 am

  7. Estou virando fã de carteirinha deste blog 🙂
    Adorei a entrevista…Para quem vai fazer o intercâmbio e tem essas dúvidas ajuda demais…
    Estou sempre acompanhando e adoro seu jeito de escrever e suas entrevistas…
    Vc é ótima no que faz 🙂
    Bjossss!

    Comentário by janaina — 27/07/2012 @ 3:48 am

  8. Olá Janaina,

    Obrigada pelo carinho e comentário.

    Fico feliz em poder ajudar. 🙂

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 30/07/2012 @ 9:56 am

  9. Mais uma vez muito bacana! Gostei muito da entrevista.

    Camila voce vai quando?

    Beijos valeuuuuu… Tarsila 🙂

    Comentário by Rafael Júnior — 27/07/2012 @ 3:49 am

  10. Olá Rafael!

    Muito obrigada pelo comentário! 🙂

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 30/07/2012 @ 9:57 am

  11. Olá Tarsila, tudo bem?
    Gostaria de fazer algumas perguntas não muito relacionadas ao post, espero que não se importe.
    Primeiro vou contar a nossa situação:
    Meu marido e eu estamos planejando ir pra ai passar um ano para ter uma experiencia nova de vida e aprender inglês. Mas só poderemos fazer isto quando eu terminar a faculdade de Direito,daqui a tres anos e meio,o que nos dá basante tempo pra planejar e juntar algum dinheiro. Eu já estou num curso de inglês pois achei muito importante pra minha futura profissão. Além disso pretendemos trabalhar!

    Então a minha dúvida real é:
    Se daqui a três anos e meio de curso de Inglês no Brasil, mais um ano de pratica estudando e trabalhando no país, feito o exame de proeficiencia eu poderia renovar o visto ingressando em um curso de pós graduação na minha área, e se o meu marido poderia continuar no país só trabalhando ou teria que ingressar em outro curso também?

    Quais são as possibilidades de renovação do visto e por quanto tempo?

    Pergunto isso porque deixaremos nosso negócio aqui e queremos um nova vida e novas experiencias então não sabemos exatamente o que vamos fazer depois que voltarmos. Será um tempo pra nós mesmos, de crescimento pessoal, por isso cogitamos a possibilidade de ficar mais tempo.

    Seu blog tem me esclarecido muitas coisas e tem sido muito importante nessa decisão! Seu otimismo e positividade são contagiantes! É lindo ver um casal que conseguiu sucesso nesse país e achou um lugar pra chamar de seu, pois sabemos que nem sempre este será o lugar que nascemos, as vezes temos que encontrá-lo.

    beijos com trevos, Jéssica!

    Comentário by Jéssica — 27/07/2012 @ 2:42 pm

  12. Olá Jéssica,

    Obrigada pelo carinho. 🙂
    Vamos lá:

    Cada visto é considerado de forma individual, ou seja, cada um de vocês é responsável pelo seu visto. Você pode ingressar em um curso de pós-graduação se tiver as competências exigidas e ele também pode proceder como quiser, mas vocês não podem ficar aqui como trabalhadores a menos que obtenham o visto de trabalho. Recomendo que leiam este post: http://www.vidanairlanda.com/2010/10/imigrando-novas-regras-para-estudantes-internacionais-de-2011.html

    Espero ter ajudado e desejo muito sucesso para vocês dois!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 30/07/2012 @ 10:11 am

  13. Olá Tarsila, tudo bem?
    Acompanho seu Blog há um tempinho e gosto muito das suas publicações!
    Não querendo ser chata, mas já sendo rs
    Queria saber se você sabe de alguém que estudou na ICOT.
    Estou planejando ir p/ ai em junho/2013 pela bfa e eles me recomendaram The Carlyle e a ICOT, o que me deixou em duvida =s
    Agradeço desde já!

    Comentário by Fernanda Longanezi — 27/07/2012 @ 3:27 pm

  14. Olá Fernanda,

    Muito obrigada pelo carinho e comentário.
    Ainda não tenho contato de um estudante da ICOT, mas assim que tiver farei uma entrevista! 🙂

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 30/07/2012 @ 10:37 am

  15. Oi Tarsila!!
    Parabéns pelo seu blog! Ele tem me ajudado muito, já que pretendo ir para a Irlanda em janeiro do próximo ano! Não vejo a hora! rsrs Você está me ajudando bastante mesmo. Parabénssss pelo trabalho!!!
    bjos

    Comentário by Cheila — 27/07/2012 @ 7:12 pm

  16. Olá Cheila,

    Obrigada pelo carinho e disponha! Fico feliz em poder ajudar.

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 30/07/2012 @ 10:37 am

  17. Mais um post excelente!!!!!!!!! Eu adorei muito essa entrevista, me identifiquei demais!!! Meu nível de inglês é básico mas pretendo estudar muuuuuuuuuuuuuuuito antes de ir. Gostei demais do que ela falou sobre buscar conhecimento antes de ir. Isso com certeza ajuda demais!!!
    Obrigada Tarsila e Danielle tb… haha Beijos

    Comentário by Raysa — 27/07/2012 @ 9:33 pm

  18. Olá Raysa,

    Muito obrigada pelo carinho e comentário. 🙂
    Fico feliz em poder ajudar.

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 30/07/2012 @ 10:38 am

  19. Ah Tarsila, eu também queriatirar umas dúvidas com você. Provavelmente vou pra Irlanda com 17 aninhos (e 6 meses hahahaha) e queria saber como é essa questão de entrada em pubs, baladas, etc… Não bebo, mas é permitido pelo menos que eu entre e tome um refri, e dance um pouquinho?? hahhahahaha Obrigada.

    Comentário by Raysa — 27/07/2012 @ 10:02 pm

  20. Olá Raysa,

    Os pubs normalmente não tem restrição de entrada, exceto para o consumo de bebida. As baladas sim tem restrições, embora existam também lugares mais jovens. 🙂

    Espero ter ajudado,

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 30/07/2012 @ 10:55 am

  21. Oi Tarsila!!

    Sai do Brasil no dia 3 de agosto e chego aí dia 4 ….

    Como esta por ai?
    beijoss

    Comentário by Camila — 29/07/2012 @ 12:56 am

  22. Oi Camila,

    Aqui está um clima ensolarado, mas friozinho para os padrões brasileiros (agradável para os padrões irlandeses), ou seja, 14 graus. Ontem por exemplo fez sol, daí choveu, daí fez sol, daí choveu o dia inteirinho. Hoje só está sol e ainda não choveu, mas nunca se sabe. 🙂

    Espero ter ajudado,

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 30/07/2012 @ 11:09 am

  23. Ola,
    sou nova aqui como não encontrei maneira de contactar alguem, sera que me podem ajudar?!
    Estou indo viver para a irlanda do norte mas tenho um filho com 4anos e queria saber como vou fazer com ele tem escolas de lingua portuguesa ai? com 4anos tera dificuldade em adquirir a nova lingua?
    agradeço desde ja a ajuda

    Comentário by catia — 30/07/2012 @ 5:38 pm

  24. Olá Catia,

    Seja bem-vinda ao Vida Na Irlanda.
    Infelizmente não tenho informações sobre regras e leis na Irlanda do Norte já que ela não pertence à República da Irlanda e sim ao Reino Unido. Desculpe não poder ajudar mais.

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 31/07/2012 @ 2:56 pm

  25. Oi Tarsila,
    Muito obrigada pela resposta, o post que você indicou ajudou a esclarecer nossas dúvidas.
    Vou continuar lendo o blog para que a nossa experiencia na Irlanda seja incrível!

    Bjos

    Comentário by Jéssica — 30/07/2012 @ 10:02 pm

  26. Olá Jéssica,

    Fico muito feliz em poder ajudar! E espero que tudo dê certo!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 31/07/2012 @ 3:37 pm

  27. Olá Tarsila.

    Parabéns e obrigado por sua ajuda à todos nós.
    Poderia por favor entrevistar alguém da English in Dublin?
    Um grande abraço e que Deus continue te iluminando.

    Comentário by wescley — 31/07/2012 @ 2:49 am

  28. Olá Wescley,

    Muito obrigada pelo comentário. Eu já entrevistei um aluno da English em Dublin, veja aqui:http://www.vidanairlanda.com/2010/07/estudar-na-irlanda-english-in-dublin.html

    Espero que ajude!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 31/07/2012 @ 3:40 pm

  29. Oi Tarsila obrigado pela resposta(muito rápida). Li a entrevista com o Fábio. Li quase todas as entrevistas e algumas escolas tem entrevistas com alunos diferentes e em períodos diferentes, então se possível e quando possível gostaria de saber a opinião de outro aluno, como estão as coisas no momento nessa escola.
    Pretendo fazer intercâmbio no próximo ano e estou na dúvida entre algumas escolas e uma delas é a English in Dublin.
    Muito obrigado pela sua atenção e pelo grande serviço que você presta a todos nós “pré intercambistas”.
    Grande beijo.

    Comentário by wescley — 31/07/2012 @ 11:39 pm

  30. Olá Wescley,

    Disponha, fico feliz em poder ajudar.
    Estou buscando novos contatos de diferentes escolas e contatos de outras e sempre que posso faço entrevistas. 🙂
    Assim que puder farei outra com um aluno da English in Dublin.

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 01/08/2012 @ 11:52 am

  31. Agradeco as boas informações realmente , adorei tar tão bem informado ,agradecido pelas dicas

    Comentário by Ricardo — 01/08/2012 @ 2:20 am

  32. Olá Ricardo,

    Magina, é um prazer poder ajudar!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 01/08/2012 @ 12:00 pm

  33. Olá Leitores do Vida na Irlanda, e um olá para a Tarsila! Sou a mocinha da entrevista…ehehehe… adorei conversar com a Tarsila, ela ajuda muita gente doando seu conhecimento e tempo para nos dar informações importantes sobre intercâmbio na Irlanda, Valeuu =), no momento estou na Bélgica, terminando meu mochilão, rsrsrs, amanhã chego em Dublin, …ficarei muito feliz em ajudar também, quem tiver dúvida é só perguntar! … Beijinhos… e Boa sorte

    Comentário by Danielle Weiss — 01/08/2012 @ 10:20 am

  34. Olá Dani!

    Muito obrigada por passar aqui. Me ligue para marcarmos um café antes de você ir embora, por favor?

    Mil beijinhos

    Comentário by Tarsila — 01/08/2012 @ 12:10 pm

  35. Também sou uma “pré intercambista” (thanks Wescley! rsrs) e sou muito grata a você Tarsila por esse blog maravilhoso que eu descobri a uma semana. Você é uma mulher iluminada! É muito lindo essa sua dispoisção em ajudar à pessoas que você não conheçe. Tenho certeza que seu nome é constante em muuuitas orações aqui antes de dormir! rsrs

    Danielle (a mocinha da entrevista) rsrsrs, ja abusando de você, me responda: Você realmente foi sem falar nada nada de ingles? Nenhuma noção ou nenhuma aula no Brasil antes do embarque?? Se a resposta for “sim” eu já estou animada (já que agora vc está num nível bom), pq eu tb não fala nada!. rsrs

    Hoje, conhecendo o processo de “imigração” da Irlanda, você ainda teria contratado a agência de intercâmbio??

    A algum brasileiro que trabalha na escola? Se “sim” vc poderia me passar o contato de email dele?

    Dani e Tarsila,
    cada uma de vcs tem meu sincero agradecimento.

    bjos

    Comentário by Cyntya — 03/08/2012 @ 2:50 am

  36. Olá Cyntya,

    Fico muito feliz em poder ajudar e todo seu carinho. 🙂 Obrigada mesmo.

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 01/11/2012 @ 7:20 pm

  37. ola mais uma vez,
    obrigado pela resposta apesar de nao me poderem ajudar nessa questao.
    Tenho outra duvida, meu marido é brasileiro e eu portuguesa somos casados a mas de 4 anos ele tem um cartao de residencia( familiar de cidadao europeu) ele nessa condição pode viajar comigo para a irlanda para vivermos e trabalharmos ai? ou tem de ter o BI para poder ir comigo?
    Obrigado

    Comentário by catia — 03/08/2012 @ 9:58 pm

  38. Olá Catia,

    Sim, seu marido pode ir com você para a Irlanda, mas deve se registrar junto à GNIB (Garda National Immigration Bureau) pelo simples fato de ser brasileiro, mesmo sendo casado com você. Lá ele será registrado como esposo de pessoa da União Européia e deverá receber o Stamp 4 que permite que ele more e trabalhe na Irlanda.

    Espero ter ajudado,

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 01/11/2012 @ 7:47 pm

  39. Oi Cyntia? Obrigada!

    Eu vim falando o básico mesmo! eu tinha aulas no Brasil 2 vezes na semana de 1 hora, mas nunca foi o suficiente,… aqui eu tenho todos os dias 3 horas de aula!

    venha sem medo, tenho certeza que com dedicação, em alguns meses, vc evoluirá e muito na língua!
    Boa sorte.

    Comentário by Danielle Weiss — 05/08/2012 @ 9:39 pm

  40. Oi Dani!

    Obrigada pela contribuição!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 01/11/2012 @ 8:14 pm

  41. Obrigada Dani!
    Prentendo ir em Julho/2013, e começei meus estudos em Ingles no começo do ano para não chegar tão “crua” ai! rsrsr
    Obrigada flor.
    Sorte para vc aí.

    Bjos

    Comentário by Cyntya — 06/08/2012 @ 4:42 pm

  42. Olá Cyntya!

    Desejo tudo de bom na sua empreitada e se dedique no inglês! 🙂

    Good luck!

    Comentário by Tarsila — 01/11/2012 @ 8:20 pm

  43. Olá Cyntya.

    Pretendo fazer meu intercambio em julho/2013 também, comecei mes passado minhas aulas pretendo daqui 1 ano estar no basico pelo menos.. Você já viu alguma agência? Essa é a parte mais dificil neh, já visitei várias mas ainda não escolhi por qual eu vou. Pode me dar alguma dica?

    Obrigada.

    Comentário by Fernanda Rodrigues — 07/08/2012 @ 4:03 pm

  44. Olá Fernanda,

    Recomendo que leia o eBook gratuito “Intercâmbio na Irlanda” http://www.vidanairlanda.com/2011/12/baixe-ebook-intercambio-na-irlanda-gratis.html. Ele oferece bastante informações e reflexões que podem ajudá-la a encontrar o programa, a agência e o lugar certo para o seu intercâmbio.

    Espero que ajude,

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 02/11/2012 @ 1:25 pm

  45. Adorei o post!!!
    Estou pretendendo fazer intercâmbio, e sempre quis conhecer a Irlanda. Esse blog está me ajudando muito!!! As dicas são maravilhosas!

    Obrigada!

    Comentário by Tayse — 14/08/2012 @ 3:20 pm

  46. Olá Tayse,

    Fico muito feliz em poder ajudar e espero vê-la mais por aqui! 🙂

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 06/11/2012 @ 12:24 pm

  47. Olá Danielle Weiss,

    Muito legal você compartilhar a sua experiência na Irlanda, tirou muitas duvidas minhas e de várias pessoas,
    inclusive a dúvida que eu tinha de qual pais com melhor custo beneficio para se fazer intercâmbio que parece ser a Irlanda mesmo.

    Faço faculdade de Marketing e curso de inglês nível pré-intermediário, pretendo fazer intercâmbio daqui 1 ano quando me formo e passo a ter um nível melhor no inglês, como você disse é interessante chegar lah em um nível maior que o básico.

    Minha segunda maior dúvida eu gostaria de comentar com você. É difícil conseguir trabalho na área de atuação do intercambista na Irlanda? no meu caso área de Marketing, aceitaria na área de Administração também. Sem trabalhar fazer intercambio ficaria pesado para mim.

    6 meses serial o ideal para se ter uma boa comunicação no inglês ou menos tempo ja estaria de bom tamanho na sua opinão? Te perguntei o tempo ideal porque estava pensando em ficar 3 meses caso só for estudar.

    Obrigado 😉

    Boa sorte, abraço

    Comentário by Julio Tavares — 23/08/2012 @ 10:54 pm

  48. Olá Julio,

    Para conseguir qualquer trabalho muita coisa depende de você, do seu esforço em fazer contatos, buscar oportunidades, se dedicar. Existem oportunidades para conseguir trabalho para se manter mas tudo depende muito da sua determinação, ou seja, depende de você correr atrás das oportunidades, pois trabalhos não vai cair no seu colo. Existem diversos fatores que influenciam em conseguir um emprego e eu acredito que determinação e dedicação são os principais para se conseguir o que quer.

    Dê uma olhada nestes posts:

    http://www.vidanairlanda.com/2010/04/se-virando-em-dublin-como-procurar-emprego.html
    http://www.vidanairlanda.com/2010/08/abrindo-portas-para-empregos-na-irlanda.html
    http://www.vidanairlanda.com/2010/11/se-virando-em-dublin-dicas-para-procurar-emprego.html

    Qualquer tempo dedicado para aprender algo demonstrará resultados, mas isto depende muito da sua dedicação e do seu processo de aprendizado. Não existe um tempo fixo para se aprender algo, depende de você.

    Espero ter ajudado,

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 06/11/2012 @ 3:55 pm

Leave a comment

Comentários que não contribuem para o tópico acima serão deletados.