03/07/2012

Estudar na Irlanda: IBAT College

Esta semana vocês conferem uma entrevista bastante requisitada aqui no Vida Na Irlanda. Tive a oportunidade de bater um papo muito bacana com a Nathalia, estudante na IBAT College.

A Nathalia é de Nova Iguaçu – RJ e sempre teve vontade de fazer intercâmbio, morar fora e conhecer a Irlanda. Formada em Letras e trabalhando como professora de inglês na CNA, ela decidiu que era a hora de melhorar seus conhecimentos, e desenvolver as habilidades lingüísticas e por isto deixou o emprego para trás e foi economizando. Na hora de procurar agências de intercâmbio ela considerou a conexão que sentia com a Ilha Esmeralda e a Irlanda também oferecia boas condições, então a Nathalia fez as malas e embarcou nesta aventura sozinha. A experiência dela é muito interessante e para saber mais é só continuar lendo…

Qual é o seu nome e idade?
Nathalia Azeveido Nogueira, 25 anos.

Qual o seu curso e escola?
Nathalia – Estou matriculada no curso de General English da IBAT College. O visto é de 1 ano e é composto de 6 meses de aulas e 6 meses de férias.

Há quanto tempo você está aqui na Irlanda e há quanto tempo estuda na IBAT College?
Nathalia – Estou na Irlanda há 8 meses, cheguei em outubro de 2011.

Por que você escolheu a Irlanda?
Nathalia – Sempre tive uma conexão com o país. Algumas pessoas que vieram na mesma época que eu detestaram tudo e já foram embora, mas gosto muito daqui.

Você escolheu qual agência de intercâmbio? Por quê?
Nathalia – Optei pela agência Egali porque senti mais confiança e foi a agência que procurei que me ofereceu a melhor proposta.

Valeu a pena contratar o serviço de uma agência?
Nathalia –Valeu, embora minha viagem e chegada no país tenha sido um pouco complicada. Infelizmente perdi minha conexão na Espanha e fui orientada pela agência para comprar outra passagem. Como nunca tinha saído do Brasil fiquei desesperada, mas retornei ao guichê da companhia aérea que usei (Ibéria) e consegui um vôo para Londres. Chegando em Londres também perdi a conexão do vôo para Dublin porque para vôos dentro da Europa é necessário retirar a própria bagagem e eu não sabia. Quando consegui resolver tudo e fui pegar o vôo o check-in já estava fechado. Então, por conta própria peguei um quarto em um hotel e a Ibéria me ajudou com o vôo para o dia seguinte. Neste aspecto a agência de intercâmbio não fez nada e quando cheguei em Dublin não fui recepcionada como o acordado com o pessoal da Egali. Disseram que alguém me recepcionaria e me levaria até a residência estudantil e eu tentei ligar para eles inúmeras vezes, mas ninguém atendeu o telefone. Contudo tive sorte, encontrei um brasileiro na rua que me ajudou a chegar lá.

Por que você escolheu a IBAT College como sua escola?
Nathalia – Na verdade tinha comprado um pacote para estudar na Abbey College, mas esta escola fechou inesperadamente, pouco tempo antes do meu embarque. A agência então me deu duas opções: estornar parte do meu dinheiro e mudar meu curso para uma escola de valor mais baixo, no caso a ECM College, ou que eu inteirasse o valor e fosse para uma escola melhor, a oferecida foi a IBAT College e optei por ela.

Qual o seu objetivo em estudar na Irlanda e na IBAT College ?
Nathalia – Primeiramente é aprimorar o inglês. Também é adquirir um pouco de cultura, entender uma cultura nova e viajar bastante. No tempo que estou aqui já fui para Londres, Oslo e Paris.

Que tipo de acomodação você escolheu? Como foi a experiência?
Nathalia – Optei pela residência estudantil da própria Egali. Fiz um contrato por 1 mês mas renovei por outro mês porque gostei. A residência fica na Parnell Street e se chama Greeg Court. Eu dividia o quarto com uma pessoa e lá tem internet WiFi, máquina de lavar roupas com secadora… A experiência foi ótima porque morei com pessoas maravilhosas, inclusive um casal de amigos de Pernambuco que amo demais e que fizeram muita diferença, além de uma gaúcha com quem falo até hoje. A localização é boa e central, perto de tudo, a 7 minutos da minha escola e localizada em cima do Ilac Shopping Centre.

Antes de eu conseguir meu trabalho como Au Pair, eu estava procurando uma acomodação na mesma área.

Foi difícil encontrar um lugar para morar depois destes dois meses?
Nathalia – Não procurei muito porque consegui um apartamento com uma amiga. Também consegui o emprego como Au Pair uma semana antes da minha mudança de casa. Como eu já tinha pagado o depósito do apartamento com minha amiga tive de passar a vaga para pegar o dinheiro de volta, mas nem cheguei a me mudar para o apartamento.

Qual é a sua opinião sobre seu curso?
Nathalia – Agora estou no período de férias, mas gostei muito do curso e valeu a pena. Os professores são ótimos e tem uma ótima dinâmica, ou seja, não é uma aula maçante, pelo menos com os professores que eu tive. Na aula seguimos um livro e o primeiro livro que temos é comprado, mas a própria IBAT recomenda para não tomarmos notas nos livros porque, caso você mude de nível, você pode retornar seu livro atual e pegar o do próximo nível, mas de qualquer jeito o livro é seu e não da escola, você leva ele para casa e onde quiser.

A estrutura da escola é excelente e o prédio é moderno, tem elevadores e tudo que é necessário, a escola é muito boa. Todos os andares tem um espaço de convivência com maquinas e café, snacks e bebidas. A IBAT também tem biblioteca e sala de computadores, que utilizei em aulas, mas não tem cafeteria. Você também pode fazer a carteirinha da IBAT College que dá acesso ao WiFi em toda a escola.

Quais são as nacionalidades dos professores na IBAT College ?
Nathalia – Tive aulas com uma americana e com dois irlandeses em diferentes níveis. Eu mudei de nível porque, como a escola é nova, não havia o nível avançado, mas logo que a turma abriu eu mudei.

Quantos alunos tem na sua sala/curso? Quais são as nacionalidades dos alunos?
Nathalia – Quando cheguei, em outubro, havia por volta de 12 alunos, dentre eles 5 do Brasil, 2  da Venezuela, 3 da China, 1 da Guatemala e 1 da Espanha. As nacionalidades são bem variadas, mas quando terminei o curso a sala do nível avançado era bem menor, com 4 brasileiros, 1 chinesa, 1 venezuelano, 1 mexicano e 1 espanhola.

Há muitos brasileiros na IBAT College ?
Nathalia – Sim, até porque a Egali é uma agência muita forte na Irlanda e como eles negociavam com a Abbey College muitos alunos foram transferidos para a IBAT College.

Qual sua opinião sobre o horário e duração das aulas?
Nathalia – As aulas são de segunda a quinta-feira das 9h às 13h com um intervalo de 15 minutos às 11. Sexta-feira há aulas de conversação que são gratuitas, abertas para alunos de todos os níveis.

O que você mais gosta e menos gosta na IBAT College ?
Nathalia – O que mais gosto são as instalações, que são excelentes e os professores que são muito bons. O que eu menos gosto é o fato de não serem tão organizados, mas como tudo é novo as coisas estão melhorando.

Você tem alguma sugestão para a melhoria da escola?
Nathalia – Como disse, um pouco da organização. Por exemplo, quando cheguei aqui era possível pegar férias quando o aluno quisesse sem procedimento algum, mas quando eu pedi minhas férias foi necessário preencher um formulário com duas semanas de antecedência. Eles estão melhorando.

O que você acha que a IBAT College oferece de diferencial?
Nathalia – A variedade de nacionalidades nas sala e o contato com outras culturas, além dos professores que são ótimos. Ah e a infra-estrutura com o prédio todo novo, é muito bom.

Você acha que existe diferença entre estudo aqui e no Brasil?
Nathalia – Com certeza. No Brasil quando se estuda inglês, você tem uma hora de aula duas vezes na semana e depois vai pra casa e é isso aí. Como estudei Letras até tive mais contato com a língua, mas aqui na Irlanda você sai da escola e tudo é em inglês, você vai ao mercado, no banco, e tudo na sua vida vai pedir para que você utilize a língua. Se a pessoa quiser pode sobreviver falando português, porque tem muita gente aqui que se fecha entre brasileiros.

Aproveitando o gancho, o que você acha do contato com outros brasileiros na Irlanda?
Nathalia – Como estamos todos longe da família e dos amigos de infância, os brasileiros se unem muito e formam uma espécie de família. É como eu vejo meu amigos – minha família de Dublin. Gosto de ter o contato com outros brasileiros porque bate a saudade e são eles que colocam seu pé no chão, bem na hora que você quer voltar para o Brasil.

Como você vê a evolução com o inglês aqui na Irlanda?
Nathalia –  Eu dava aulas de inglês no Brasil e desde que cheguei meu inglês melhorou muito. Até mesmo coisas pequenas aprendi, especialmente com a convivência com a família para qual trabalho de Au Pair. A família é Irlandesa e eu cuido de uma menina de 10 anos que é de ouro. Ela lê bastante e conversamos, ela me corrige e me ajuda e isto tem me ajudado muito, realmente melhorei muito. Antes eu tinha dificuldade para entender o sotaque irlandês, até porque ouvi muito que o sotaque era horrível, mas não achei nada disso, claro o sotaque é forte e algumas pessoas tem mais puxado que outras, mas dá para entender.

Você gosta de estudar na IBAT College ?
Nathalia – Sim e muito. Gostaria de renovar meu visto lá mas o valor está fora da minha verba.

Na sua opinião pessoal quanto um estudante gasta em media por mês na Irlanda?
Nathalia – Como moro com a família não tenho gastos com aluguel e alimentação, mas o custo de vida na Irlanda é bem em conta, com o salário mínimo dá para viver e, se economizar, é possível viajar. Mas é importante fazer uma economia e não ficar gastando com coisas fúteis, acredito que os gastos ficam por volta de €600/mês.

Muitas pessoas tem medo de não conseguir trabalho. Como foi esta experiência para você?
Nathalia – Hoje trabalho como Au Pair e também em um pub chamado The Purty Kitchen. Consegui o trabalho de Au Pair primeiro, em dezembro. Fui com uma amiga fazer a entrevista e rolou uma química muito legal com a mãe e a menina, na semana seguinte eu já estava trabalhando. O trabalho no pub veio depois. Comentei com meu professor que queria um trabalho durante os finais de semana e por acaso, uma brasileira da minha sala comentou que estavam contratando no trabalho dela. Mandei meu CV e fui chamada para o trabalho na outra semana. Está sendo uma experiência ótima!

O domínio da língua inglesa ajudou na sua contratação?
Nathalia – Facilitou, mas não acho que foi o ponto da contratação. Conheço pessoas que não falam nada e conseguiram empregos, no meu caso ajudou muito, mas isto não é desculpa para justificar não ter trabalho.  Acho que existe emprego, mas não dá para ficar esperando, emprego tem é só procurar.

Você teve algum problema aqui na Irlanda?
Nathalia – Sim, mas não com a Irlanda. Perdi minha habilitação aqui e quase perdi minha vaga de Au Pair por causa disto, já que preciso dirigir para o meu trabalho. Não consegui encontrar meio nenhum de conseguir uma segunda vida da minha CNH daqui. Minha experiência estava sendo muito boa e eu não queria abrir mão do trabalho e até considerei procurar outro emprego porque estava sem habilitação, mas a família e eu conversamos e tirei minha habilitação provisória irlandesa.

Você sentiu algum preconceito aqui na Irlanda?
Nathalia –  Nenhum. Fui sempre muito bem tratada por todos.

Você gostaria de dar uma dica ou conselho para quem está vindo para a Irlanda?
Nathalia – Não caia no deslumbramento. Quando cheguei eu não estava preparada para ficar tão deslumbrada com experiência fora do país e acabei gastando além do que deveria em pouquíssimo tempo. Isso me apertou muito. É importante ter o pé no chão, que não tive quando cheguei, mas que agora tenho. Cresci muito e vi que era completamente dependente dos meus pais; morro de saudades, mas percebi que posso viver sem eles.

Quando seu visto acabar, o que você pretende fazer?
Nathalia – Quero renovar meu visto mas quero fazer um curso de Business English. Gosto muito daqui e de morar aqui, mas sei que minha vida mesmo é no Brasil. Meu tempo aqui ainda não acabou e sei que um ano ainda não será o suficiente, mas tendo completado meus objetivos não há nada que me prenda, então vou retomar minha vida no Brasil e acredito que o curso de Business English vai me ajudar.

Nathalia, muito obrigada pela sua disponibilidade e pelo seu carisma e gentileza em dividir sua experiência na Irlanda conosco. Espero que seus trabalhos e viagens lhe rendam ainda maiores descobertas e que o novo curso expanda seus horizontes!

IBAT College
16-19 Wellington Quay,
Dublin 2
www.ibat.ie

Postado por: | Comments (38)

38 Comments »

  1. Muito legal a entrevista Tarsila, adoro ler a opinião das pessoas. Mais uma vez parabéns pelo seu excelente trabalho com o seu blog, aliás nosso blog… rsrsrsrs Beijos…

    Comentário by Milton Lima — 04/07/2012 @ 12:33 am

  2. Olá Milton,

    Obrigada pelo comentário. 🙂
    Fico muito feliz em compartilhar diferentes experiências.

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 16/07/2012 @ 9:20 pm

  3. valew novamente pela bela atualização é sempre bom ler as opnioes de varias pessoas que moram ai

    tenho uma dúvida como você foi pra Irlanda tipo turista intercâmbista me explique como vc conseguiu ficar ai antes do seu marido conseguir o work permit?

    se tiver o tal work permit a pessoa pode ficar morando ai tem que atualizar visto ainda ?

    valew por enquanto é só abrasss

    Comentário by kelvin — 04/07/2012 @ 3:21 am

  4. Olá Kelvin,

    Obrigada pelo comentário!
    Vamos lá: Viemos para cá como estudantes e tinhamos o visto de estudante. Depois o Eric conseguiu o visto de trabalhador e eu permaneci como estudante até ele completar 1 ano de Work Permit e pedir reunificação de família e mudar meu visto para esposa de trabalhador. 🙂

    Sim, mesmo com o Work Permit você precisa atualizar seu visto todos os anos junto à GNIB.

    Espero ter ajudado,

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 16/07/2012 @ 9:24 pm

  5. Que bacana! Ela é da mesma cidade que eu!
    Estou planejando ir depois que terminar a faculdade, ou seja, fim de 2013. Seu blog está sendo de grande ajuda para mim. Baixei seu e-book e li em 40min! Gostei muito!
    Gostei muito da entrevista da Nathalia. Também curso Letras, mas é com habilitação em Literatura, faço curso de inglês na minha faculdade mesmo e estudo por conta própria também. Já estou trocando e-mails com algumas escolas e tal, lendo bastante sobre como é a vida aí etc.
    Seu blog é demais, Tarsila 🙂
    Então, eu gostaria de saber se eu posso ter contato com a Nathalia? Queria conversar com ela a respeito da vida aí, emprego… essas coisas cotidianas.
    Teria como você entrar em contato com ela e perguntar se ela pode me passar o dela?

    Desde já, agradeço 🙂
    Beijos!

    Comentário by Fernanda Valverde — 04/07/2012 @ 1:55 pm

  6. Olá Fernanda,

    Obrigada por acompanhar o Vida Na Irlanda, por curtir os posts e, claro, por ter lido o eBook, fico feliz em saber que você gostou muito dele! 🙂 Entrei em contato com a Nathalia e estou aguardando uma resposta, viu?

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 16/07/2012 @ 9:31 pm

  7. Olá Tarsila, parabéns pela entrevista, muito consistente como sempre!

    Obrigado por esse belo trabalho, que sempre ajuda nós, futuros intercambistas.

    Em outubro estou ai! rsrsrs

    Abraços com trevos 😀

    Comentário by Rafael Silveira — 04/07/2012 @ 7:41 pm

  8. Olá Rafael,

    Obrigada pelo comentário e carinho. É um prazer ajudar e logo logo você chega! Yay!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 16/07/2012 @ 9:32 pm

  9. Olá Tarsila!!
    Tudo bem?
    Inicialmente, muito prazer e espero que tenha melhorado!!!

    Amei seu site e sua iniciativa de nos informar e ajudar a todos interessados neste país tão lindo!!!
    Sei que há inúmeras informações pelos posts, e pelo pouco que pude ler até agora, notei que todas as nossas dúvidas serão de fato solucionadas.
    Entretanto, tenhos algumas perguntas um pouco mais diretas.
    Considerando a crise que atingiu a Europa, como as dificuldades refletiram na Irlanda?
    Você ainda nos aconselharia uma viagem com fins de estudo e, talvez, trabalho??
    E quanto ao mercado para Fisioterapia? Meu noivo está formado há cerca de 1 ano e meio e precisaríamos ter um pouco de noção sobre as dificuldades que ele enfrentará para exercer sua atividade profissional.
    Quanto a mim, concluo o curso de Direito no final do ano, mas não pretendo seguir na área.
    Nesse sentido, como estaria o atual mercado de trabalho para pessoas entre 24 e 32 anos??

    Obrigada desde já!!!

    Um beijo,
    Melhoras!!!

    Marina

    Comentário by Marina Arruda Moreira — 05/07/2012 @ 5:29 am

  10. Olá Marina,

    Obrigada pelo comentário e carinho.
    Recomendo que você leia estes posts:

    http://www.vidanairlanda.com/2012/01/crise-economica-e-empregos-na-irlanda.html
    http://www.vidanairlanda.com/2012/07/imigrando-trabalhar-na-irlanda.html
    http://www.vidanairlanda.com/2011/05/video-ingles-e-emprego-na-irlanda.html

    O mercado de fisioterapia pode oferecer oportunidades, contudo não sei dizer ao certo se é necessário ter uma qualificação ou associação com uma organização irlandesa, já que é na área de saúde.

    Espero ter ajudado,

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 16/07/2012 @ 9:53 pm

  11. Tarsila, seu blog está sendo um guia pra mim!
    estou indo para Dublin em julho/2013 também pela Egali que é óóóótima! E vou estudar na iStudy. Queria saber se você já entrevistou alguém que estuda lá ou pretende entrevistar.
    Beeeijos e sucesso ;*

    Comentário by Fabiana Mattos — 05/07/2012 @ 5:40 pm

  12. Olá Fabiana,

    Obrigada pelo carinho! 🙂
    Espero que goste da experiência e sim, já fiz uma entrevista, veja:
    http://www.vidanairlanda.com/2011/10/estudar-na-irlanda-isi-international-study-institute.html

    Espero ter ajudado,

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 16/07/2012 @ 10:03 pm

  13. Tarsilla,

    Estava esperando essa entrevista, estou chegando por ai em Out/2012 e vou estudar na IBAT, so fiquei decepcionada em saber que tem tantos brasileiros nas salas de aula,não que tenho nada contra mas meu objetivo é usar o portugues o qto menos possivel e como sei que adoro bater papo, basta encontrar um brasileiro para não falar mais o ingles…rs. Mas ajudou mto a entrevista pq queria saber se havia mtos alunos em sala de aula tb e aparentemente a infra-estrutura parece boa. Seu site tem me ajudado muuuuito. Parabéns. Bjo

    Comentário by Adriana — 07/07/2012 @ 11:58 pm

  14. Olá Adriana,

    Obrigada pelo comentário. Fico feliz em saber que a entrevista a ajudou. 🙂

    Espero que faça uma ótima viagem e que aproveite a experiência ao máximo!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 16/07/2012 @ 10:32 pm

  15. Muito legal. Venho acompanhando o VIDA NA IRLANDA, pois em janeiro estarei ai.

    Parabens, muito boas as matérias

    Comentário by Guilherme Funk — 08/07/2012 @ 9:26 pm

  16. Olá Guilherme,

    Obrigada por acompanhar e espero vê-lo mais por aqui!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 17/07/2012 @ 5:24 pm

  17. Tarsila,

    Tudo bem?

    Você já entrevisto quem estuda na Leinster College Dublin ?

    Comentário by jean — 09/07/2012 @ 6:10 pm

  18. Olá Jean,

    Ainda não tive a oportunidade em entrevistar um aluno da Leinster College, mas assim que tiver com certeza irá virar post.

    Espero ter ajudado,

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 17/07/2012 @ 5:55 pm

  19. Tarsila,

    Como consigo falar com você? Queria pedir a autorização para postar suas matérias, dicas e afins no meu blog, claro que tudo será linkado, e creditado a sua pessoa (blog).

    Se quiseres pode falar comigo por aqui: imobiliariaxv.guilherme@hotmail.com

    Aguardo retorno,

    Atenciosamente!

    Comentário by Guilherme Funk — 10/07/2012 @ 9:55 pm

  20. Olá Guilherme,

    Eu não autorizo a reprodução do conteúdo (texto e/ou imagens) do Vida Na Irlanda, mas fico feliz se você escrever artigos que fazem referências com links para cá! 🙂

    Obrigada!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 17/07/2012 @ 6:15 pm

  21. Ola Tarsila tudo bem?adoro o seu blog me tirou muitas duvidas mais queria saber se você pode me ajudar bom eu faço inglês a quase 4 anos pois sempre quis fazer intercambio e sempre tive muita vontade de ir para Dublin para estudar e trabalhar muitos falam que la a musica é muito respeitada então queria saber aqui no Brasil eu mexo com musica toco baixo e queria saber se seria muito difícil eu conseguir um emprego como professora de musica que é o que faço aqui pois quero estudar e trabalhar para poder me sustentar,e queria tentar conseguir um emprego na areá da musica será que é muito difícil? e se a pessoa quiser ficar mais tempo para trabalhar se precisa renovar visto essas coisas?agradeço desde já e aguardo sua resposta bjos =)

    Comentário by Aline — 11/07/2012 @ 1:27 am

  22. Olá Aline,

    Muito obrigada pelo carinho.
    Infelizmente não sei dizer se você vai conseguir trabalhar na sua área já que conseguir um trabalho envolve diversos fatores – vaga, experiência, qualificações, etc. Veja estes posts:

    http://www.vidanairlanda.com/2010/04/se-virando-em-dublin-como-procurar-emprego.html
    http://www.vidanairlanda.com/2010/08/abrindo-portas-para-empregos-na-irlanda.html
    http://www.vidanairlanda.com/2010/11/se-virando-em-dublin-dicas-para-procurar-emprego.html

    Espero ter ajudado,

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 17/07/2012 @ 6:20 pm

  23. Oi, adorei a entrevista, minha vontade é de arranjar alguns amigos para algum dia ir pra irlanda tbm.

    Comentário by Jéssica — 13/07/2012 @ 8:49 pm

  24. Olá Jéssica,

    Obrigada pelo comentário. Olha há muitas pessoas que vem para a Irlanda sozinhas e isto não é problema algum, viu?

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 17/07/2012 @ 7:28 pm

  25. olá!
    gostaria de saber se para o emprego de all pair é necessário experiência com crianças?
    obrigada!

    Comentário by janaína — 16/07/2012 @ 6:51 am

  26. Olá Janaína,

    Normalmente o trabalho de Au Pair é como qualquer outro trabalho e para consegui-lo é necessário uma série de coisas dependendo de quem irá contratá-la. Experiência sempre conta, mas nem sempre é exigida, contudo é muito comum participar de uma entrevista na qual você irá interagir com a(s) criança(s) de quem pretende cuidar para ver a “química” entre vocês. Lembre-se que não existe emprego “mais fácil”, tudo depende de você. 🙂

    Espero ter ajudado,

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 17/07/2012 @ 8:00 pm

  27. Olá!

    Me identifiquei mto com esse post pq tb sou do Rio, tb faço letras e tb escolhi a agência Egali, porém pra estudar na International House. To chegando em outubro!!! To na contagem regressiva!!!!

    Olha Tarsila, entre pesquisa, programação e execução do meu intercambio dá mais ou menos um ano e durante todo esse tempo o seu blog É o melhor que encontrei. Existem taaaantos blogs sobre a Irlanda, Dublin etc e tal, mas a maioria com um “que” de bestialidade! mas vc sempre simpatississima, centralizada, adoro! Foi de IMENSA ajuda, principalmente pq tive q mudar meu destino de ultima hora… Não sou mto de comentar, btw esse é meu segundo comment, mas acompanho sempre! Parabéns pelo trabalho!

    Gostaria de deixar um relato que pode servir como dica: Achei bastante coisa insteressante no youtube, inclusive como são as acomodações oferecidas pela propria agencia, como fazer o trajeto do aeroporto até lá, como ligar, onde ir, tudo mto explicado e somados aos seus posts ficou perfeito. Pesquisa e referências são fundamentais!

    Beijos!

    Comentário by Camila — 20/07/2012 @ 10:32 pm

  28. Olá Camila,

    Obrigada pelo comentário e todo o carinho. Fico muito muito muito feliz mesmo em saber que você acha o Vida Na Irlanda, o MELHOR que você encontrou. 🙂 Obrigada, tanto pela gentileza como por acompanhar (aliás, sei que minhas postagens tem sido escassas, mas aos poucos estou conseguindo voltar ao normal).

    E acredito que com todas estas informações e pesquisas você saberá lidar com contratempos com muito mais tranquilidade e desejo muito sucesso na sua vinda! Não deixe de manter contato, viu?

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 21/07/2012 @ 12:10 am

  29. Adorei a entrevista! Estava torcendo para você fazer uma entrevista com alguém da IBAT. Fechei meu pacote com eles e precisava de opiniões! E bom, faço Letras e também dou aula de inglês então me identifiquei com a Nathalia.

    Obrigada pelas informações mais uma vez! rs

    Comentário by Isabela Martinez Milanezzi — 23/07/2012 @ 8:43 am

  30. Olá Isabela,

    Obrigada pelo comentário e espero que encontre ainda muitas outras informações úteis aqui no Vida Na Irlanda! 🙂

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 24/07/2012 @ 11:08 am

  31. Olá Tarcila, tudo bem!?
    seu blog/site é incrível…. eu a meses atras usei muito dele quando decidi vir para a Irlanda e cheguei a mandar um ou dois comentários e você foi muito atenciosa! 😉
    Eu estudo (amanha acaba meu curso!) numa escola que não é conhecida dos Brasileiros The LinguaViva Centre. Seu blog foi muito importante quando decidi escolher estudar aqui, na época vc sugeriu que podiamos fazer um entrevista depois que eu estivesse aqui, pois bem, se ainda for conveniente, estou aa disposição de dar o meu feedback sobre o meu intercambio e minha escola aqui, e se possivel ajudar outros que estão pensando em vir para ca também!!! abs

    Comentário by Vinicios Chen — 26/07/2012 @ 3:41 pm

  32. Olá Vinicios,

    Obrigada pelo comentário e carinho e vamos nos encontrar sim! 🙂

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 30/07/2012 @ 9:33 am

  33. Olá pessoal

    Gostaria de saber qual a escola da Irlanda que possui o melhor custo beneficio para os estudantes? Aquela que o valor não é tao caro e tem um bom ensino!
    Estou muito ansiosa pois pretendo ir em maio de 2013 e gostaria de encontrar uma escola com o valor mais baixo que a IBAT!

    Beijosss

    Comentário by Livia correia — 14/08/2012 @ 12:16 am

  34. Olá Livia,

    Infelizmente eu não indico escolas pelo simples fato de não estudar em nenhuma delas. Não posso dizer qual é melhor ou pior já que os critérios de escolha de cada aluno são muito particulares, por isto entrevisto diferentes alunos de diversas escolas para que eles mesmos possam dar a opinião de como é estudar lá.

    Para encontrar uma opção que esteja alinhada com seus objetivos veja os posts da categoria “Estudar na Irlanda” – http://www.vidanairlanda.com/category/estudar-na-irlanda

    Espero ter ajudado,

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 05/11/2012 @ 11:19 pm

  35. Oi gata, já nos falamos algumas vezes, tenho uma dúvida, tem idade limite para estudar na Irlanda? aguardo resposta bjs tudo de bom

    Comentário by Jane Pereira da Silva — 26/11/2012 @ 4:27 pm

  36. Olá Jane,

    Não há idade limite para se estudar aqui não, mas dependendo do curso há uma idade mínima (normalmente 18 anos).

    Espero ter ajudado!

    Comentário by Tarsila — 08/02/2013 @ 1:38 pm

  37. Oi Tarsila!

    Primeiramente quero te parabenizar pelo site, pois tem ajudado a esclarecer várias dúvidas que temos. Uma das principais dúvidas é em relação a escola, pois queremos um ensino de qualidade e que não fique excessivamente cara. Gostei do depoimento da Nathália, ainda mais que ela é minha conterrânea. Se, possível, queria ter o contato dela para conversarmos sobre as experiências na Ilha Esmeralda.

    Grande Abraço.

    Andreia.

    Comentário by Andreia Ferreira — 26/12/2012 @ 12:22 am

  38. Olá Andreia,

    Obrigada pelo comentário e carinho. É um prazer ajudar.
    Infelizmente não passo mais o contato dos meus entrevistados a pedido dos mesmos. Espero que compreenda.
    Enquanto a busca pela escola eu recomendo que você leia o eBook gratuito “Intercâmbio na Irlanda” http://www.vidanairlanda.com/2011/12/baixe-ebook-intercambio-na-irlanda-gratis.html. Ele oferece bastante informações e reflexões que podem ajudá-la a ter a experiência que você quer!

    Beijinhos

    Comentário by Tarsila — 25/02/2013 @ 9:55 pm

Leave a comment

Comentários que não contribuem para o tópico acima serão deletados.